Aloé vera: quais os benefícios desta planta para a saúde?

A aloé vera, popularmente designada como “babosa” em virtude do gel que possui no seu interior, é conhecida pelos benefícios fitoterápicos que tem para a saúde e para a beleza. Esta planta possui propriedades que atuam na regeneração dos tecidos, funcionando, também como um antioxidante natural.

São vários os estudos que procuraram determinar os benefícios da aloé vera, apontando muitos para os seus efeitos anti-histamínicos, anti-inflamatórios e antioxidantes. É também tida como um excelente estimulante da produção de colagénio e um excelente vasoconstritor.

A aloé vera também já se mostrou eficiente no tratamento da psoríase, da herpes e das lesões causadas pela acne (efeito cicatrizante).

Neste artigo procuramos dar resposta às perguntas mais comuns sobre a aloé vera, nomeadamente quais os seus benefícios, quais os produtos que a contêm e quais os seus efeitos secundários.

O que é a aloé vera?

A aloé vera é uma planta medicinal, da espécie aloe, da família asphodelaceae, que cresce em climas tropicais por todo o mundo. Embora seja amplamente conhecido o seu uso medicinal, é também usada para fins agrícolas.

Uma planta que possui um caule grosso e longo e que por ter estas características consegue extrair certos nutrientes do solo, tornando-se uma planta muito rica em vitaminas e outras propriedades importantes para o corpo humano.

Quais os benefícios da aloé vera?

Sendo utilizada principalmente em cosméticos e medicamentos fitoterápicos, a aloé vera possui inúmeros benefícios para a saúde. Destacamos alguns:

  • Ação nutritiva e regeneradora, que estimula a formação de novas células do organismo através dos aminoácidos presentes na planta;
  • Ação digestiva, que auxilia nos casos de prisão de ventre e no tratamento de doenças gastrointestinais, como a gastrite e o refluxo;
  • Ação hidratante, pois através do seu alto poder de hidratação, pode ser utilizada na pele e no cabelo;
  • Ação cicatrizante, já que possui propriedades calmantes, anti-inflamatórias e cicatrizantes, que podem ser utilizadas no tratamento de feridas e queimaduras;
  • Ação antiviral, alguns estudos apontam para a possibilidade da aloé vera agir como um antiviral contra doenças como a herpes e a varicela
  • Função estimulante, que contribui para a formação do colagénio, melhorando a aparência da pele;
  • Fortalece o sistema imunológico, combatendo infeções, gripes, resfriados, asma, bronquites e rinites;
  • Rejuvenesce as articulações, auxiliando no tratamento de doenças como bursite, tendinite, e artrite reumatoide;
  • Controla o colesterol, através da remoção do excesso de gordura das artérias;

Quando usar a aloé vera?

A aloé vera pode ser utilizada para tratar, cuidar ou estimular o corpo humano nas seguintes condições/doenças:

  • Acne;
  • Ferimentos e queimaduras;
  • Gastrites e refluxos gastrointestinais;
  • Cuidados dos cabelos e da pele;
  • Gripes e outras doenças respiratórias;
  • Desidratação da pele;
  • Problemas de circulação sanguínea;
  • Celulite;
  • Colesterol alto.

Que produtos contém aloé vera?

A aloé vera é amplamente utilizada em cremes, pomadas, loções, sabonetes, champôs e outros produtos de uso tópico, principalmente devido à sua ação hidratante e que potencia a cicatrização.

Em alguns países, a aloé vera só pode ser utilizada em produtos de uso tópico, sem ser autorizada para a ingestão oral. Já noutros, a aloé vera é indicada como suplemento, sumos e isotónicos para o tratamento da obesidade.

Quais os efeitos secundários da aloé vera?

O uso da aloé vera não é recomendado de forma caseira, porque a sua casca contém algumas substâncias que podem ser tóxicas e causar lesões estomacais. Também por esse motivo, é importante que os produtos à base de aloé vera que adquira sejam de fabricantes confiáveis.

Existem relatos de efeitos secundários como diarreia, disfunção renal e dermatite pela ingestão/utilização incorreta de produtos à base de aloé vera. O uso na pele, se feito de incorretamente, também pode causar alergias, irritações e edema na região onde a aplicação for feita.

Esperamos que o presente artigo tenha sido útil para compreender alguns dos benefícios da aloé vera. Agora é consigo, cuide-se!

A redação do trabalhador.pt