Cãibras nas pernas: o que são, causas, sintomas e prevenção

As caibras podem surgir quando menos se espera, aparecendo subitamente, sem avisar. Trata-se de um “desconforto” pelo qual muitos de nós já passamos em um algum momento.

Geralmente, a cãibra manifesta-se durante a prática de exercício físico, principalmente se o indivíduo estiver em baixa condição física ou se apresentar alguns fatores de risco, como veremos mais à frente.

Neste artigo, vamos abordar os principais fatores que causam as cãibras nas pernas e o que fazer para evitar essa dorzinha sorrateira e inconveniente. Acompanhe!

O que são cãibras?

Os músculos são formados por feixes de fibras que se contraem e relaxam alternadamente para executar um determinado movimento. Em virtude de uma “descoordenação” desta atividade do músculo, ocorre o que chamamos de cãibras.

As cãibras são contrações involuntárias dos músculos que aparecem subitamente e sem aviso prévio. Apesar da panturrilha ser a grande vítima dessas contrações, o pescoço, as mãos, o abdómen, as coxas e os pés também sofrem com esta “dorzinha inconveniente”.

Na maioria das vezes, as caibras não são graves, variando de intensidade (de leves a intensas), podendo ser evitadas com alguns cuidados simples. São mais comuns em adultos do que em crianças, podendo tornar-se mais frequentes à medida que vamos envelhecendo.

As cãibras nas pernas podem ocorrer durante a noite?

Sim. Neste âmbito é importante referir que as cãibras que ocorrem durante o sono não estão associadas às doenças graves. Tratam-se de movimentos bruscos e inconscientes. Entre os fatores que podem desencadear as cãibras noturnas estão o excesso de esforço físico durante o dia e o uso de alguns medicamentos. Para evitar este problema durante o sono, recomenda-se fazer alguns alongamentos 15 minutos antes de deitar.

As cãibras são o mesmo que espasmos musculares?

Não. A grande maioria dos nossos músculos funciona de forma voluntária, isto é, contraem e relaxam de acordo com a nossa vontade. Quando um ou mais músculos se contraem repentinamente de forma involuntária, denominamos de espasmo muscular. Caso esse espasmo seja persistente e muito intenso, então chamamos de cãibra muscular.

Quais os sintomas das cãibras nas pernas?

Entre os principais sintomas das cãibras nas pernas, destacamos:

  • Dor intensa nos músculos;
  • Perda de sensibilidade no local afetado;
  • Músculos e tendões visivelmente contraídos;
  • Sensação de fraqueza;

Quais as causas das cãibras nas pernas?

Entre as principais causas para o surgimento da cãibra, podemos destacar:

  • Falta de água nos músculos (desidratação);
  • Falta de alongamento antes e após o exercício;
  • Má circulação nas pernas;
  • Prática de exercício físico intenso (hiperexcitação dos nervos);
  • Défice de magnésio, potássio e sódio;
  • Uso de alguns tipos de medicamentos.

Quais os fatores de risco?

Embora não se tratem de causas diretas, existem alguns fatores que podem tornar mais propícia as cãibras nas pernas, nomeadamente:

  • Dieta restritivas, pobres em vitaminas;
  • Gravidez;
  • Lesões vasculares;
  • Insuficiência renal;
  • Varizes;
  • Deficiência de vitaminas B1, B5 e B6;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Hemodiálise;
  • Sedentarismo;
  • Uso de alguns medicamentos.

Como prevenir as cãibras nas pernas?

Embora, regra geral, as cãibras nas pernas não sejam algo grave, é sempre possível atuar preventivamente, nomeadamente antes e depois de atividades físicas. Deixamos alguns exemplos de como evitar as cãibras:

  • Hidratação em primeiro lugar – Hidrate-se! Se for treinar, leve uma garrafa de água para lhe fazer companhia! Os líquidos são ótimos aliados dos músculos, ajudando na hidratação do corpo e na reposição da perda de sais minerais. Quando bem hidratados, os músculos contraem e relaxam muito mais facilmente, evitando contrações musculares.
  • Alongue antes de depois do exercício físico – Os alongamentos preparam os ossos e músculos do corpo para o esforço físico, aumentando a elasticidade e a flexibilidade, além de diminuir a tensão e reduzir o risco de lesões.
  • Alimentação saudável – Prefira alimentos ricos em vitaminas e sais minerais. Consuma frutas e verduras, dado que estas garantem os nutrientes necessários para o bom funcionamento dos ossos e dos músculos.

Exercícios para aliviar os sintomas das cãibras nas pernas

Existem alguns exercícios que são recomendados para o alívio dos sintomas:

  • Cãibra na frente da coxa: fique de pé e dobre a perna para trás, enquanto segura o pé (o mesmo movimento que usamos para alongar as pernas). 
  • Cãibra atrás da coxa: sente-se no chão com as duas pernas esticadas e incline o corpo para frente ao ponto de tocar com os dedos das mãos nas pontas dos dedos do pé. Permaneça nesta posição por cerca de um minuto.
  • Cãibra na panturrilha: sente-se no chão com as pernas esticadas e peça a alguém que empurre os seus pés em direção ao seu corpo. Para melhores resultados, mantenha-se nesta posição por cerca de um minuto.

Como tratar as caibras nas pernas?

Felizmente, as cãibra nas pernas desaparecem por si só. Alguns segundos ou minutos são suficientes para que o incómodo passe, não fazendo propriamente sentido falarmos em tratamento para este problema.

Não obstante, caso as cãibras sejam algo recorrente e sem causa aparente, recomendamos que consulte um médico especialista de forma a ser avaliado.

Não obstante, recordamos que as cãibras são um sintoma e não propriamente a causa. Desta forma, nos pacientes que apresentem fatores de risco, como varizes, obesidade, sedentarismo, o tratamento terá de estar relacionado com a causa.

A redação do trabalhador.pt