Como cozer polvo congelado?

Marisco saboroso e muito saudável, o polvo é um ingrediente que pode intimidar até os mais experientes na cozinha, sobretudo pela sua cozedura delicada. Quando cozido inadequadamente, o polvo tende a ficar duro, adquirindo uma consistência pouco mastigável. Dessa forma, optar pela sua versão congelada é uma ótima alternativa, já que o processo de congelamento quebra as fibras musculares e preserva a suculência, tornando a confeção mais fácil.

Para o ajudar a aprender como cozer polvo congelado, compilamos neste artigo aquelas que entendemos serem as dicas necessárias para preparar esta iguaria.

Antes de começar…

Para que a confeção seja adequada o primeiro passo que deve ter em conta é certificar-se de que comprou um polvo de qualidade e que a quantidade adquirida é a correta para o número de pessoas que pretende servir.

Nesse âmbito referir que, quando servido como prato principal, recomenda-se a aquisição de um quilo de polvo congelado por pessoa. Embora possa parecer exagerado, o polvo é um marisco que liberta bastante água durante a cozedura, ficando consideravelmente menor quando confecionado.

É preciso descongelar polvo congelado?

Embora para cozer polvo não seja necessário descongelá-lo, o ideal é que o faça. Portanto, recomendamos que no dia anterior à sua confeção, deixe o polvo a repousar no frigorífico por aproximadamente 24 horas.

Passo a passo para cozer polvo congelado

Caso não queira descongelar o polvo, siga o passo a passo infra para aprender a melhor forma de cozer polvo congelado diretamente do frigorífico, garantindo uma textura e sabor agradável ao paladar, mesmo dos mais esquisitos:

1. Descongelamento

Mesmo congelado, a preparação do polvo envolve a sua limpeza, bem como os eventuais cortes adequados para a receita em apreço. Dessa forma, é fundamental verificar se a receita que pretende confecionar exige algum tipo de preparação específica, como a cozedura do polvo inteiro ou em pedaços.

2. Preparação

A preparação do polvo envolve a sua limpeza, bem como os eventuais cortes adequados para a receita em apreço. Dessa forma, é fundamental verificar se a receita que pretende confecionar exige algum tipo de preparação específica, como a cozedura do polvo inteiro ou em pedaços.

Dito isto, deverá dar início à preparação, executando os seguintes passos:

  1. Cortar os tentáculos do polvo: apoie o polvo sobre uma tábua de corte e, com uma faca afiada ou uma tesoura de cozinha, remova cada tentáculo da base no corpo;
  2. Remover o bico e o saco de tinta: corte o corpo e a cabeça do polvo ao meio, separando a cabeça dos tentáculos e expondo as vísceras, o bico e o saco de tinta. Em seguida, corte a parte central da cabeça (incluindo o bico) e remova o saco de tinta e quaisquer outras partes não comestíveis do animal no centro do corpo.

3. Cozedura

Independentemente da receita que escolha, o segredo para um polvo tenro está na cozedura. Assim sendo, nesta etapa, existem genericamente três formas de cozer polvo congelado: numa panela normal (cozedura lenta), numa panela de pressão (cozedura rápida) ou diretamente no forno.

Cozer polvo congelado lentamente:

  1. Numa panela, adicione aproximadamente dois litros de água, leve ao lume e deixe ferver;
  2. Para apurar o sabor, quando a água estiver a ferver, acrescente legumes e ervas aromáticas da sua preferência como salsa e tomilho, bem como erva doce, cenoura, cebola e pimenta preta;
  3. Com o caldo de legumes a ferver, espere que reduza por alguns minutos de forma a intensificar o sabor;
  4. Em seguida, coloque o polvo na água e então tape a panela;
  5. Espere até que cozinhe completamente e então estará pronto.

O tempo de cozedura do polvo poderá diferir de acordo com a quantidade de polvo. Sendo assim, considere 40 minutos de cozedura para cada quilo de polvo.

Cozer polvo congelado rapidamente:

  1. Numa panela de pressão, adicione aproximadamente dois litros de água e deixe ferver;
  2. Para apurar o sabor, quando a água estiver a ferver, acrescente legumes e ervas aromáticas da sua preferência como sala e tomilho, bem como erva doce, cenoura, cebola e pimenta preta;
  3. Espere até o caldo de legumes reduzir por alguns minutos e em seguida, coloque o polvo na panela de pressão;
  4. Tape a panela e aguarde até que ganhe pressão;
  5. Ao ganhar pressão, deixe cozinhar por cerca de 12 minutos.

Quando armazenado no frigorífico, o caldo de legumes abordado no passo a passo acima dura de três a quatro dias e pode ser reaproveitado para outras receitas com polvo, nomeadamente arroz do mesmo, risoto ou paella, por exemplo.

Cozer polvo congelado no forno:

Embora necessite de mais tempo de cozedura, o forno é outra boa forma de cozer povo congelado e atingir uma textura macia. Veja como fazer:

  1. Pré-aqueça o forno a 200 graus por 10 minutos;
  2. Tempere o polvo com sal e pimenta preta;
  3. Em seguida, coloque o polvo numa assadeira e cubra-a com duas camadas de papel alumínio;
  4. Leve ao forno numa prateleira baixa e deixe a assar a 170 graus por aproximadamente duas horas;
  5. Ocasionalmente, verifique a textura do polvo perfurando-o com um garfo até obter a textura desejada;
  6. Espere até arrefecer e bom proveito.

Receita de polvo grelhado

Embora possa ser servido apenas cozido ou assado, o ideal é que escolha alguma receita para finalizar o prato e harmonizar com os sabores do polvo que foram devidamente acentuados durante o processo de confeção. Nesse sentido, grelhar o polvo é uma das melhores e mais populares formas de finalização, que acrescentam sabor e incrementam a textura macia.

Veja como fazer polvo grelhado:

  1. Após a cozedura, seque bem os tentáculos utilizando um papel de cozinha;
  2. Tempere o polvo com um pouco de sal, pimenta preta e limão;
  3. Numa frigideira quente, adicione alguns fios de azeite e posicione os tentáculos de modo a que todos fiquem em contato com o fundo quente da frigideira;
  4. Espere até que grelhe bem e então vire o tentáculo;
  5. Quando o polvo estiver integralmente grelhado, adicione uma colher de manteiga, alguns talos de tomilho e dois dentes de alho inteiros;
  6. Regue o polvo com a manteiga derretida para que adquira mais sabor;
  7. Sirva-se!

Como sugestão de acompanhamento simples para este prato, ode grelhar na mesma frigideira alguns legumes da sua preferência, como pimentos, rabanetes, entre outros. Sirva o prato e saboreie esta iguaria do mar!

Dicas para um polvo tenro

Agora que já aprendeu como cozer polvo congelado da forma certa, confira algumas dicas que na hora da degustação o polvo estará tenro e macio:

  1. Bater o polvo: com o auxílio de um rolo de massa ou de um batedor próprio para carnes, bata suavemente os tentáculos do polvo para que a carne fique mais macia.
  2. Pré-cozer: antes de cozer polvo, faça uma pré-cozedura escaldando os tentáculos numa panela com água a ferver e vinagre. Para isso basta mergulhar o polvo algumas vezes na água até que os tentáculos fiquem completamente enrolados. O choque térmico irá garantir um polvo tenro, sendo esta a melhor forma de cozer polvo.
  3. Estar atento ao ponto de cozedura: assim como as lulas, quando o polvo não atinge o ponto de cozedura ideal é possível que fique com uma consistência emborrachada e pouco mastigável. Por isso, é preciso certificar-se que não deixar o alimento a cozer mais tempo do que necessário.

A redação do trabalhador.pt