Como criar um cartão virtual?

Sabia que, mais de metade dos portugueses faz compras online? Isso mesmo, segundo o novo Barómetro E-commerce da Marktest, os hábitos de compra online estão a aumentar em Portugal e mais do que duplicaram ao longo da última década: 4,8 milhões de portugueses afirmaram comprar produtos através de plataformas digitais e 42% fazem-no, pelo menos, uma vez por mês.

Este novo hábito no ambiente digital é sinónimo de facilidade, contudo, nem sempre combina com segurança: a clonagem de cartões está a aumentar e é cada vez mais sofisticada. Portanto, antes de andar por aí a passar os dados do seu cartão de crédito ou débito, é preciso verificar se o site ou aplicação onde faz compras online é mesmo seguro para evitar muitas dores de cabeça.

E foi justamente o aumento de fraudes e clonagens de cartões de crédito que fez com que surgissem os cartões virtuais, cartões que facilitam as compras online e oferecem mais segurança que um cartão físico.

Se não abre mão da comodidade de comprar pela internet, então precisa de saber como criar um cartão virtual para manter os seus dados protegidos; para isso, continue a leitura deste artigo onde respondemos a todas as suas dúvidas acerca deste assunto.

O que é um cartão virtual?

O cartão virtual, também conhecido por cartão MB WAY, é um método de pagamento que ganha cada vez mais adeptos em Portugal e em todo o mundo. A ideia consiste em gerar versões digitais do seu cartão físico, mas com dados diferentes deste. Uma vez os cartões virtuais utilizam o saldo e outros dados do cartão físico, é indispensável que se possua um cartão físico antes de criar a versão virtual.

Ao criar um cartão virtual terá de definir se pretende que este se destine a uma compra única, só podendo ser usado uma vez, ou a compras recorrentes, permitindo mais do que uma compra. Referir também que, regra geral, a criação de cartões virtuais é totalmente gratuita, podendo criar os cartões que pretender.

Considerando que se tratam de cartões temporários, assim que efetuar uma compra online, poderá, se assim entender, cancelar o cartão virtual, o que traz mais segurança para as compras online, visto dificultar a possibilidade de serem efetuadas clonagens, por exemplo.

Como aderir ao serviço MB WAY?

Para criar um cartão virtual terá de aderir ao serviço MB WAY. Genericamente existem duas formas de o fazer, sendo a primeira – e mais comum – através do multibanco, e a segunda através da sua aplicação de homebanking (apenas disponível para alguns bancos).

Aderir ao MB WAY no multibanco

Para tal basta que se desloque a uma caixa multibanco e execute os seguintes passos:

  1. Introduza o seu cartão de crédito ou débito ao qual estará a associar o serviço;
  2. Selecione opção “MB WAY” no multibanco;
  3. insira o seu número de telemóvel e defina um PIN MB WAY com seis dígitos (nunca partilhe estas informações com ninguém – são pessoais e intransmissíveis).

Concluídos os passos anteriores, deverá fazer download da app no seu telemóvel e inserir o número de telemóvel e o PIN MB WAY que definiu no multibanco. Receberá uma SMS com um código de ativação para inserir na app MB WAY e o serviço fica pronto a ser utilizado.

Aderir ao MB WAY através da app

Como referimos também poderá aderir ao serviço MB WAY através da app, sendo necessário que tenha o seu número de telemóvel devidamente atualizado no seu Banco.

Para aderir ao MB WAY através da app terá de ser cliente de algum dos bancos que elencamos infra e seguir os seguintes passos, caso contrário terá de fazer a adesão no multibanco:

ABANCA, Activo Bank, ATLANTICO Europa, BBVA, Banco CTT, Best Bank, Bankinter, BIG, BPI, Crédito Agrícola de Mafra, Caixa Agrícola de Torres Vedras, Caixa de Crédito de Leiria, Caixa Agrícola Bombarral, Caixa Geral de Depósitos, Cofidis, CEMAH, Cetelem, Credibom, Crédito Agrícola, Deutsche Bank, Eurobic, Millennium BCP, Banco Montepio, Novo Banco, Novo Banco dos Açores, Santander, UNICRE e Wizink. 
  1. Fazer download da app MB WAY no seu telemóvel (Android/iOS);
  2. Abrir a app e selecionar a opção “Ainda não tem MB WAY?”
  3. Introduzir os dados do seu cartão físico (débito ou crédito);
  4. Definir o seu PIN MB WAY com 6 dígitos;
  5. Indicar o seu número de telemóvel.

Como criar um cartão virtual na app MB WAY?

Após aderir ao serviço, passa a estar apto a criar cartões virtuais. Para o fazer, basta abrir a app MB WAY no seu telemóvel e executar o seguinte passo a passo :

  1. Selecione a opção “Cartões MB Net”;
  2. Defina se pretende que o cartão virtual seja de “Compra única”, “Várias compras” ou “Pagamento Recorrente”.
    • Com a primeira opção poderá fazer apenas um pagamento (até ao máximo do limite do cartão) e o cartão virtual terá a validade de dois meses.
    • No segundo caso, será possível realizar vários pagamentos, desde que sejam sempre para o mesmo comerciante e a soma total não ultrapasse o limite que estipular para o cartão virtual.
    • A terceira opção permite fazer pagamentos mensais ao mesmo comerciante durante um ano, desde que cada mensalidade não ultrapasse o limite definido no cartão virtual;
  3. Determine o valor total do cartão, isto é o valor máximo a autorizar pelo cartão virtual (máximo total para compra única ou várias compras; máximo mensal para um cartão virtual de pagamentos recorrentes);
  4. Escolha uma descrição para o cartão (deve corresponder à finalidade do cartão, para depois poder identificar com facilidade);
  5. Carregue em “criar cartão”;
  6. Tome nota dos dados do cartão de crédito virtual que for gerado, pois irá precisar deles para fazer a compra online.

Cada cartão virtual criado apresenta uma validade distinta, que poderá variar de instituição para instituição. Realizada a compra, é possível eliminar os dados do cartão virtual imediatamente, o que não afetará a conclusão do pedido e do pagamento, bem como uma eventual devolução. Caso queira fazer novas compras, basta criar um cartão virtual com novos dados.

O cartão de crédito virtual é seguro?

Criar um cartão virtual é a melhor forma de evitar que os seus dados sejam roubados e o seu cartão clonado, afinal de contas, ao gerar uma nova versão, os números do cartão virtual anterior são automaticamente invalidados.

Ademais, em caso de roubo ou perda do cartão físico, por exemplo, o cliente pode solicitar o bloqueio e simultaneamente utilizar as versões virtuais para fazer compras e pagamentos, ou seja, não é necessário aguardar a emissão de um novo cartão físico. Portanto, em ambiente digital, o cartão de crédito virtual é a melhor alternativa, é o que afirmam diversos especialistas em cibersegurança.

Vantagens de criar um cartão de crédito virtual

Como referido, garantir a segurança nas transações efetuadas em ambiente digital é a principal vantagem de criar um cartão virtual. Para além desta vantagem, existem outras. Conheça:

  • Um cartão virtual proporciona mais praticidade, pois permite ao utilizador fazer as suas compras mesmo sem ter o cartão físico em mãos. Basta estar com o telemóvel ou outro dispositivo móvel para que a compra seja concluída;
  • Outra vantagem do cartão de crédito virtual é que é gratuito, por isso pode gerar um para cada compra que fizer, aumentando ainda mais a segurança;
  • A ativação do cartão virtual dá liberdade ao cliente de registar os dados em pagamentos frequentes, sem a necessidade de passar os dados do cartão físico para sites e aplicações;
  • Embora sejam cartões temporários, poderá utilizar cartões virtuais no pagamentos de subscrições online;
  • Criar um cartão virtual evita a reemissão do cartão físico em caso de fraude;
  • Sempre que necessário, o cliente pode apagar o cartão virtual e gerar um novo número digital diretamente no app do Banco;
  • Pode definir o valor limite do cartão virtual de acordo com a compra que vai fazer, o que garantirá que nunca sairá da conta bancária mais do que o valor estipulado.

Ter um cartão virtual significa que ninguém, além da sua instituição financeira, conseguirá estabelecer uma ligação entre o cartão digital e a sua conta bancária. Desta forma, ainda que os seus dados sejam roubados ou clonados, o seu dinheiro estará sempre em segurança.

Luana Castro Alves

Licenciada em Letras e Pedagogia, redatora e revisora, entusiasta do universo da literatura, sempre à procura das palavras. "Não se pode escrever nada com indiferença." (Simone de Beauvoir)