Como escolher um aspirador? Guia para uma boa compra

Quem já teve de limpar a própria casa sabe que mantê-la limpa é um verdadeiro desafio. Para isso, parecem existir apenas duas opções: contratar alguém para o fazer ou fazê-lo pelas próprias mãos.

A verdade é que estar pelo menos oito horas fora de casa todos os dias a trabalhar, sem contar com o tempo para deslocações, deixa-nos muito pouco tempo para outras tarefas. A limpeza da casa é uma das que por vezes é colocada em segundo plano.

Por esse e outros motivos, os fabricantes de eletrodomésticos apostaram em produtos cada vez mais avançados, com o intuito de diminuir o tempo necessário para a limpeza. Hoje contamos com inúmeros produtos, máquinas de lavar roupa, máquinas de secar roupa, entre outros.

Não obstante, existe um aparelho que, mesmo sem nos apercebermos veio tornar a nossa vida mais fácil, tornando a vassoura e a pá, utensílios que apenas são usados esporadicamente. Falamos dos aspiradores.

Pela sua versatilidade para limpeza, o aspirador é hoje um dos eletrodomésticos essenciais no que à limpeza doméstica diz respeito, podendo ser usado em mobiliário, no piso, nas carpetes, nos tapetes, nos colchões e, até mesmo, no automóvel.

No entanto, com tantos modelos de aspirador disponíveis no mercado, é por vezes confuso perceber qual o modelo mais adequado. Afinal de contas, quais as diferenças entre modelos? O preço? A potência? Nós ajudamos.

No presente artigo abordamos os aspiradores, procurando responder a algumas das perguntas mais frequentes sobre este aparelho, nomeadamente quais as características a considerar aquando da sua compra. Confira!

Que tipos de aspirador existem?

Saber quais os modelos disponíveis no mercado pode ajudar a escolher qual o aspirador que melhor responde às suas necessidades. Por isso, de seguida, realçamos alguns dos pontos que nos parecem importantes em cada tipo de aspirador, nomeadamente as suas vantagens e desvantagens.

1. Aspirador vertical

Semelhante a uma vassoura, o aspirador vertical é um dos modelos de aspirador mais procurados, por conta do seu design, que facilita a utilização do aparelho. Além disso, este formato torna-o mais fácil para ser transportado e armazenado, pois não precisa de muito espaço.

Indicado para limpezas mais leves e que são realizadas frequentemente em áreas pequenas, com o aspirador vertical não precisará de se dobrar para limpar áreas mais difíceis. Outro ponto importante é que, este modelo de aspirador é bom para a limpeza de tapes, carpetes e pisos.

Algumas versões deste modelo de aspirador podem conter uma ponta removível, que pode ser utilizada para a limpeza de estofos, colchões, carros e outras áreas mais específicas.

No entanto, existem dois pontos que costumam não agradar a quem escolhe este modelo de aspirador: o aparelho é pesado, podendo ter até 10 kg, o que dificulta o “andar” do aspirador pela casa. O ruído deste modelo é também apontado como uma das suas maiores desvantagens – mas existem exceções.

VantagensDesvantagens
+ Indicado para limpar carpetes
+ Ótimo para limpezas frequentes
+ Postura adequada
– Pesado
– Ruído

2. Aspirador com saco

Considerado o modelo ideal para quem possui alergias, como rinites e sinusites, o aspirador de pó com saco despeja toda a sujidade dentro de um saco colocado no seu interior. O pó é aspirado diretamente para o saco.

Apresenta um excelente custo-benefício, sendo o modelo de aspirador mais comum nas casas portuguesas. Todos os grandes retalhistas em Portugal comercializam este modelo, sendo possível adquiri-lo, por cerca de 40€ (modelos mais simples).

Os pontos negativos deste tipo de aspirador giram em torno da necessidade de substituir os sacos sempre que ficam cheios, bem como do facto de serem menos eficazes, quando comparados com outros tipos de aspirador mais avançados.

VantagensDesvantagens
+ Menos propenso a causar alergias
+ Boa relação custo-benefício
+ Preço muito acessível
– Menos eficaz do aspiradores mais avançados
– Sacos descartáveis (€)

3. Aspirador de pó sem saco

É a par dos aspiradores com saco, o modelo mais económico e também o melhor para o meio ambiente. Isto porque os sacos, nesse tipo de aspirador, são substituídos por um espaço no próprio aparelho, que permite o armazenamento da sujidade. Assim, quando ocorrer a limpeza, basta remover o recipiente, colocar a sujidade num saco do lixo e recolocar o recipiente dentro do aspirador.

Este tipo de aspirador tem várias opções de acessórios de encaixe, e regra geral, cada um possui uma função específica, como escovas, tubos e bicos.

O aspirador de pó sem saco é também bastante eficiente, desempenhando bem a sua função. Apresenta uma excelente relação custo-benefício.

No que concerne às desvantagens, embora menos eficaz do que aspiradores mais avançados, acreditamos que o seu principal ponto negativo seja o ruído.

VantagensDesvantagens
+ Mais económico
+ Mais amigo do ambiente
+ Mais prático
– Menos eficaz do aspiradores mais avançados
– Ruído

4. Aspirador de pó e água

O aspirador de pó e água consegue aspirar líquidos e sólidos, sendo mais versátil que outros tipos de aspirador. Por exemplo, se derrubar uma bebida na sua carpete, sofá ou colchão, não precisa de entrar em desespero à procura de um pano. Basta aspirar o líquido com o próprio aspirador.

Este tipo de aspirador realiza uma limpeza mais completa e prática, além de poder ser utilizado para secar carpetes e estofos.

Porém, por ser um modelo de aspirador que procura ser versátil e prático, é também o aspirador mais caro. Além disso, por apresentar duas funções (aspiração de pó e água), é um modelo que, regra geral, é particularmente potente o que faz com que seja mais ruidoso.

VantagensDesvantagens
+ Potência
+ Eficiência
+ Dupla função (pó e água)
– Preço elevado
– Ruído
– Modelo de grande dimensão

5. Aspirador robot

Criado para ser um aparelho prático e que pretende facilitar a vida do seu proprietário, o aspirador robot funciona através de uma tecnologia “inteligente”. Não é necessário varrer ou aspirar os espaços por onde o aspirador passar, pois o robot desempenha essa função por ele próprio.

A grande vantagem deste aspirador é que, enquanto está em função, pode ficar a fazer outras coisas, não sendo necessário interação humana. A única tarefa que ficará para si será a de manter a bateria do aparelho devidamente carregada, dado tratar-se de um aspirador sem fios.

Os aspirador robot possui sensores que podem identificar sujidade, paredes e escadas, evitando ir contra obstáculos que estejam no seu caminho.

Alguns modelos de aspirador mais avançados (e também mais caros) possuem funções que permitem agendar horários de limpeza e serem conectados ao telemóvel, de forma a serem controlados remotamente.

Embora seja uma alternativa interessante, os aspiradores robot não são assim tão eficientes, quando comparados com os aspiradores convencionais.

VantagensDesvantagens
+ Autonomia
+ Comodidade
+ Mais prático (wireless)
– Preço elevado
– Aspiração menos eficiente

Como escolher um aspirador?

Agora que já sabe quais são os tipos de aspirador disponíveis no mercado, as suas vantagens e desvantagens, vale pensar sobre os critérios que deve observar na hora de escolher um aspirador. De seguida, partilhamos alguns pontos que consideramos serem importantes:

  1. Potência – A eficácia de aspiração está, muitas vezes, ligada à sua potência. Regra geral, quanto maior a potência do aparelho, maior a sua força de aspiração. A maioria dos aspiradores têm uma potência em torno dos 1600W, podendo alguns modelos atingir os 2000W.
  2. Capacidade de armazenamento – Refere-se ao tamanho disponível no aparelho para armazenar a sujidade que for aspirada. Nos aspiradores com saco, essa capacidade pode atingir os 20 litros, já nos aspiradores sem saco, varia entre 1 a 3 litros. Se possui um local amplo que precisa ser aspirado, é melhor optar por um modelo de aspirador que tenha uma maior capacidade de armazenamento.
  3. Ruído – Por ser um aparelho que, regra geral, emite muito ruído, é importante tentar perceber o nível de ruído emitido antes de avançar para a sua compra aspirador – esta informação pode ser obtida na etiqueta energética. Existem modelos mais silenciosos (regra geral, mais caros) e que possuem ruídos quase impercetíveis, ideal para quem tem crianças pequenas.
  4. Tipo de filtro – Procure sempre por aspiradores que tenham um filtro HEPA. Trata-se de um filtro de partículas de alta eficiência, capaz de eliminar todos os tipos de agentes que causam alergias, principalmente pó e ácaros.
  5. Tipo de uso – O ideal é procurar por um aspirador que possa ser utilizado em diversos locais, como no piso, nos colchões, nos estofos, móveis, entre outros. Mas para isso, é importante verificar se o aspirador possui conexões e bocais apropriados para desempenhar cada função.

Como pode ter constatado, escolher um aspirador não é uma tarefa assim tão simples. Esperamos que o presente artigo o tenha ajudado. Boas compras!

A redação do trabalhador.pt