Como responder à pergunta “como lida com o stress?”

A capacidade de trabalhar sob pressão é uma qualidade valiosa e reconhecida no mundo do trabalho. Situações inesperadas podem acontecer em qualquer emprego, e como funcionário, espera-se que consiga gerir o stress e responder calmamente ao problema.

Além da boa gestão de stress e de uma postura calma, também é importante conseguir tomar decisões sábias em circunstâncias desconhecidas e até mesmo intimidantes.

Como já deve ter percebido, é realmente importante saber agir corretamente perante situações que deixam o nosso coração a bater a mil e que podem dar para o torto num único instante. Portanto, prepare-se para saber responder à típica pergunta “como lida com o stress?” numa entrevista de emprego. Nós partilhamos algumas dicas.

Dicas para responder à questão

1. Exemplifique situações em que lidou com stress

O método STAR (situação, tarefa, ação e resultado) é especialmente usado durante as entrevistas de emprego pelo candidato. Através desta técnica, a pessoa pode contar uma história de forma eficaz, abordando todos os pontos necessários e relevantes para a questão em causa.

Serve particularmente para exemplificar uma situação pela qual tenha passado, de forma a mostrar como lidou com a mesma:

  • Situação: explicar o contexto, o seu papel e o desafio que enfrentou;
  • Tarefa: quais as tarefas que lhe foram atribuídas para enfrentar o desafio?
  • Ação: quais foram as ações que decidiu tomar e porquê?
  • Resultado: qual foi o resultado dessas ações? De que forma ajudou ou prejudicou a situação? O que aprendeu e o que mudaria?

No caso do stress, utilize este método para contar algumas experiências boas e más, bem como o que aprendeu a partir das mesmas. Ao apresentar uma resposta completa e fluída, onde aborda aspetos positivos e negativos, revela que houve preparação da sua parte e que tem uma boa capacidade de argumentação. Por outras palavras, não se limite a responder algo como “lido bem sob pressão”. O segredo passa sempre por dar exemplos.

2. Mencione técnicas que costuma utilizar

Esta é uma forma inteligente de demonstrar que está realmente habituado a lidar com situações de stress, e que, por isso, caso alguma situação inesperada ou indesejada acabe por acontecer, você está mais do que habilitado para lidar com a mesma. Assim, deve partilhar algumas técnicas que utiliza, até mesmo fora do local de trabalho, para conseguir gerir o stress.

Por exemplo, se se tratar de uma situação que exija uma resposta imediata da sua parte, pode dizer que à medida que os anos foram passando conseguiu desenvolver um pensamento rápido e eficaz que lhe permite encontrar soluções muito facilmente sob pressão. Pode mencionar que analisa sempre a situação de início ao fim, não saltando para conclusões impulsivamente.

Pode ainda mencionar que se estiver perante uma situação contínua de stress, costuma tirar algum tempo para meditar e ouvir música que o acalme e o deixe mais aliviado.

3. Esteja calmo e confiante

Considerando que a entrevista de emprego propriamente dita é também vista como uma situação de grande pressão e que costuma causar stress e preocupação nos candidatos, esta é uma ótima oportunidade para contrariar essa corrente de sensações e mostrar-se calmo perante uma situação mais desafiante e fora do comum.

Tendo isto em conta, é muito importante mostrar confiança através do seu discurso e postura. Além disso, aplique uma das técnicas anteriores para gerir o stress, de forma a mostrar que esta situação stressante não o afeta, e que, aliás, consegue, de facto, comportar-se adequadamente perante tal circunstância.

Esta é uma dica muito importante. Por muito que consiga explicar-se extraordinariamente bem e que tenha todos os argumentos adequados na ponta da língua, nada disso interessa para o recrutador, se, perante uma situação de stress como a entrevista, contradizer tudo o que disse anteriormente sobre a forma como lida com o stress.

4. Seja honesto na resposta

Se for uma pessoa que não lida bem com o stress, o melhor será mesmo admitir. Contudo, certifique-se de que o menciona com uma atitude positiva, onde demonstra que está ativamente a tentar melhorar a cada dia. Poderá mesmo indicar algumas técnicas que anda a implementar para dar a entender que está realmente disposto a melhorar. Em muitos casos, os recrutadores valorizam o potencial de crescimento de um candidato, portanto não se preocupe por não ter as competências máximas em todos os aspetos.

Cenário de Resposta #1: Pessoa que sabe lidar com stress

Na verdade, eu trabalho melhor sob pressão, gosto mais de um ambiente desafiante. Adapto-me muito melhor a trabalhos em que tenha prazos de entrega apertados, pois esses são os que mais me desafiam. Por exemplo, tinha apenas uma semana para entregar um projeto complexo e muito longo, acabei por fazê-lo em apenas quatro dias e, mesmo assim recebi um feedback muito positivo. Utilizo a pressão dos prazos para estimular ao máximo a minha criatividade e autodisciplina. Assim, diria que não tenho qualquer problema em lidar com situações stressantes.

Cenário de Resposta #2: Pessoa que não sabe lidar com stress

Confesso que esse não é o meu forte, mas já melhorei muito. Antigamente, ficava muito ansioso e odiava estar numa posição stressante. Apesar de continuar a preferir evitar circunstâncias desse género, penso que sei lidar melhor com a pressão e stress. Quando estou a ter uma semana muito complicada, tiro 10 minutos do meu tempo, fecho a porta do escritório e medito, o que me ajuda muito. É um processo no qual ainda estou a melhorar a cada dia. Portanto, diria que ainda não sou perito no tema, mas estou lentamente a arranjar técnicas que me ajudem a lá chegar.

Se for uma pessoa que lida naturalmente bem com situações de stress, esperamos que consiga aplicar, de alguma forma, estas dicas. Se, por outro lado, tiver dificuldade em agir adequadamente sob circunstâncias deste género, aplique as dicas mencionadas acima e certamente verá melhorias. Boa sorte!

trabalhador.pt

Adicionar comentário