Como ser feliz: dicas para melhorar o seu dia a dia

Se está a pesquisar “como ser feliz” no seu navegador de internet, então é porque certamente está à procura de respostas para essa pergunta universal, não é mesmo? Facto é que todos nós, seres humanos, não importa de que parte do planeta, desejamos dias de alegria, afinal, temos plena consciência de que a vida é curta, e que é preciso aproveitar ao máximo o nosso tempo na Terra.

Não obstante, nem sempre sabemos o que fazer para conquistar a tão sonhada felicidade. Muitas vezes, estamos tão distraídos, preocupados com coisas irrelevantes, que nem sequer paramos para pensar nas coisas verdadeiramente importantes. Há também quem vá procurar bem longe, ou até mesmo nos outros, algo que está dentro de si. É daí que nascem as frustrações, os padrões de perfeição inatingíveis e a sensação de que a felicidade é algo inacessível, feita apenas para ser desfrutada por terceiros.

Mas afinal, como ser feliz?

Está na hora de rever as suas crenças e dar início a uma mudança de comportamento que lhe poderá conduzir à satisfação e à plenitude. Comece por ser gentil consigo e com os outros, e siga adiante colocando em prática objetivos mais sofisticados. Ademais, confira infra algumas dicas de como ser mais feliz todos os dias e pare agora mesmo de adiar a sua felicidade.

1. Faça uma coisa boa para si todos os dias

A primeira dica deste artigo que tem como título “como ser feliz” não poderia ser outra: nunca se esqueça de que a pessoa mais importante do mundo é você. Não se trata de egoísmo, mas sim de amor-próprio, afinal, se não pensar em si em primeiro lugar, quem mais o fará? Por isso, cuide-se com muito amor e carinho, pois as pessoas que fazem isso sentem-se mais motivadas e não permitem que os outros as desvalorizem.

Permita-se descansar quando se sentir cansado, faça passeios que revigorem as suas energias e ajudem a recuperar o ânimo para recomeçar, viaje sozinho, leia um livro que deseja há muito ler, presenteie-se de vez em quando e mantenha sempre por perto as pessoas que lhe são queridas e cuja companhia lhe faça bem. Lembre-se: o autocuidado é a melhor forma de começar a sua jornada rumo à felicidade.

2. Passe mais tempo em contato com a natureza

Da casa para o escritório, do escritório para casa e assim a semana, os meses e os anos vão passando sem que a rotina seja quebrada. Definitivamente, não há como ser feliz assim! Facto é que a maioria das pessoas identifica-se com essa monotonia do dia a dia, todavia, é preciso subverter essa regra e permitir-se ter momentos de prazer e ócio, de preferência, ao ar livre, pois todos nós precisamos de ter contato com a natureza.

De acordo com estudo do Centro Europeu para o Meio Ambiente e Saúde Humana da Escola de Medicina da Universidade Exeter, no Reino Unido, viver perto de espaços verdes está associado a uma melhor saúde mental. Ou seja, quem tem o privilégio de estar mais perto de um parque e por ele caminhar no fim do dia de trabalho, goza de uma vida mais saudável. Mas se este não é o seu caso, vale a pena fazer um esforço para sair da rotina do ambiente fechado e desfrutar da tranquilidade de um parque de vez em quando. Você merece esse momento de tranquilidade!

3. Exercite-se!

E já que estamos a falar sobre autocuidado, que tal começar o quanto antes a praticar uma atividade física? Por causa do exercício físico, o cérebro libera uma hormona chamada endorfina (também conhecida como “hormona da felicidade”), capaz de criar sentimentos de euforia. Ou seja, ao movimentar-se, é provável que se sinta ainda mais feliz, pode apostar!

Ademais, uma pesquisa realizada pela Divisão de Psiquiatria da Escola de Medicina da Universidade de Boston demonstrou que o exercício pode até aliviar os sintomas entre pacientes clinicamente deprimidos, além de ajudar a reduzir o stress, a ansiedade e a melhorar a disposição para enfrentar a correria do dia a dia. Escolha hoje mesmo a sua atividade favorita – pode ser uma caminhada no parque ou, quem sabe, uma modalidade desportiva mais complexa. O importante é procurar hábitos de vida mais saudáveis.

4. Elimine as pessoas tóxicas da sua vida

Como ser feliz quando ao seu lado estão pessoas que tornam a sua rotina mais pesada? Como ser feliz se está rodeado de pessoas que lhe colocam para baixo e não lhe dão o devido valor? Fica muito mais difícil, não é verdade? Então, porque continuar a carregar esse fardo se a vida pode ser mais leve? Facto é que as relações tóxicas, isto é, as relações que transmitem sensações negativas, não devem ser estimuladas, mas sim, eliminadas de uma vez por todas!

O conselho vale para colegas de trabalho, amigos invejosos e até mesmo familiares, afinal de contas, nem mesmo os laços sanguíneos lhe podem obrigar a conviver com pessoas nocivas. Liberte-se do que lhe faz mal e apegue-se àqueles que vibram pelo seu sucesso e ajudam nos momentos difíceis. O mundo já é complicado o suficiente, liberte-se das más companhias.

5. Durma mais, durma melhor

Sabia que não dormir o suficiente pode afetar o humor, a capacidade de aprender e reter informações e contribuir para uma série de problemas de saúde, como a diabetes? Foi o que descobriu a Divisão de Medicina do Sono da Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos da América. O estudo demonstrou que não ter uma boa noite de sono impacta negativamente o nosso dia a dia, deixando-nos deixando mais expostos, inclusive, a acidentes e lesões, visto que o nível de atenção e concentração fica seriamente comprometido quando estamos sonolentos. Por isso, vale a pena organizar a sua rotina para tentar ir para cama mais cedo e assim desfrutar de boas horas de descanso.

Se tem dificuldades em adormecer, invista na higiene do sono ou procure ajuda médica especializada. Lembre-se que dormir bem é fundamental para recuperar as energias perdidas e viver com mais alegria.

5. Tenha um hobby

Esta é mais uma dica valiosa para quem está à procura de respostas para a pergunta “como ser feliz?”. Ter um hobby contribui em muito para a saúde mental daqueles que encontraram uma atividade realmente prazerosa para se dedicar, pois ao desligar-se das obrigações da rotina e conectar-se com verdadeiros interesses, as pessoas têm mais probabilidades de extravasar a sua criatividade e se sentirem livres. Ademais, os sentimentos de realização e autoconfiança são fortalecidos quando descobrimos um talento ou adquirimos novos conhecimentos.

Mas se ainda não encontrou a sua distração favorita, então vale a pena investir numa autoanálise para descobrir quais são os seus interesses mais íntimos e as suas habilidades; feito isso, poderá aprimorar esses talentos. Também é válido começar um novo ciclo de aprendizagem e fazer aquele curso que sempre sonhou só por distração ou curiosidade. O que importa é manter-se mentalmente estimulado e estar sempre pronto para enfrentar novos desafios. Aprender amplia os horizontes e mantêm-nos engajados!

6. Tenha um espaço aconchegante

Ter um ambiente acolhedor, que lhe proporcione bem-estar é uma dica de como ser feliz sem precisar de fazer grandes esforços, afinal, a felicidade, na generalidade das vezes, está mais perto de nós do que ousamos imaginar! É bem simples: comece por fazer a sua cama todas as manhãs, antes de sair para o trabalho. Deixe o quarto em ordem para quando regressar ao lar; vai perceber que não há sensação melhor para quem precisa de descansar. No escritório, liberte-se de papéis inúteis e de objetos que só servem para ocupar espaço e acumular pó. Decore o seu espaço de forma a que fique mais agradável e confortável para si. Você merece o melhor.

7. Faça sexo!

Quer saber como ser feliz? Olhe para o parceiro que está ao seu lado e convide-o para uma noite inesquecível! De acordo com investigadores da Universidade George Mason, nos Estados Unidos, ter relações sexuais com frequência pode ser extremamente prazeroso e trazer benefícios físicos e emocionais significativos, agregando felicidade e significado à vida das pessoas.

O estudo demonstrou que qualquer tipo de experiência sexual – de beijos mais profundos até ao sexo – pode ser capaz de promover o bem-estar e aumentar os níveis de satisfação consigo mesmo e com o mundo à volta. Ao casal, o sexo não só faz aumentar a intimidade como também a ternura. Se é uma relação casual, aproveite o momento sem se preocupar com as convenções, mas jamais renuncie à sua segurança. O que importa é ser feliz, desde que com responsabilidade e autopreservação.

8. Seja grato

Não há como ser feliz se é do tipo de pessoa que reclama o tempo todo do trabalho, dos colegas, dos afazeres domésticos, entre outras tarefas do dia a dia. Se deseja ter uma vida mais leve, então está na hora de mudar de postura e passar a ser mais grato pelo que tem e, principalmente, por ser quem é.

Pessoas que têm consciência de gratidão são mais saudáveis emocionalmente e conseguem estabelecer relações interpessoais profundas e respeitosas; por isso, pense no quão privilegiado é e agradeça por todas as vitórias alcançadas, pela noite bem dormida, pelo alimento à mesa, pelos filhos que crescem felizes, pelo trabalho que traz dignidade e paga as contas… Observe as pequenas coisas e deixe-se contagiar por energias positivas.

9. Tenha bons amigos

Há quem diga que é impossível ser feliz sozinho, afinal, nenhum homem é uma ilha. Portanto, esteja sempre rodeado de pessoas amigas, com as quais se sente à vontade para conversar, desabafar, chorar, dar boas risadas e até mesmo fazer absolutamente nada juntos. Já está cientificamente comprovado que há conexão entre a saúde, física e emocional, e o facto de ter boas amizades, e que inúmeros benefícios advêm dessas relações amistosas.

Sempre que possível, reserve um tempo para rever pessoas queridas, marque um café no fim do dia de trabalho, faça uma visita, crie situações que visem preservar os vínculos afetivos que tem. Não permita que a correria do dia a dia leve consigo o que a vida tem de melhor: a companhia das pessoas que amamos.

10. Liberte-se do ressentimento

A vida é muito curta para nutrir mágoa de alguém. Esse tipo de postura só dificulta a sua capacidade de seguir em frente e lidar com as feridas causadas por vivências dolorosas. Liberte-se do ressentimento e abra as portas para a cura e paz interior.

Guardar rancor é permitir que o passado interfira no presente, nas suas decisões, nas suas relações, na sua felicidade. Isso não significa que deve esquecer as atitudes que lhe fizeram sofrer ou fingir que nada aconteceu entre si e a pessoa que causou sofrimento. Isto é sobre superação, sobre páginas que precisam ser viradas em nome da sua saúde emocional. Perdoe!

Gostou deste artigo sobre como ser feliz? Então comece a colocar em prática todas as dicas partilhadas e, claro, não se esqueça de enviar este conteúdo para seus amigos. Cuide-se!

Luana Castro Alves

Licenciada em Letras e Pedagogia, redatora e revisora, entusiasta do universo da literatura, sempre à procura das palavras. "Não se pode escrever nada com indiferença." (Simone de Beauvoir)