Desentupir canos: soluções para canalizações entupidas

Se aqui chegou é porque, muito provavelmente, pretender saber como desentupir canalizações. Seja durante o banho ou ao lavar louça ou roupa, é inevitável que, uma vez por outra, algo mais que água acabe a escorrer pelo cano. Mesmo com todos os cuidados é normal que cabelos, restos de comida ou qualquer outro tipo de resíduo acabem por passar.

Com o tempo é normal de que alguns resíduos se acumulem na canalização, tendo isto como consequência o entupimento dos canos. Embora este problema possa ocorrer em qualquer edifício é mais comum nas residências, sendo muito provável que, em algum momento da sua vida, já tenha tido a necessidade de desentupir canos.

Independente da gravidade do entupimento dos canos, este é um problema que precisa ser resolvido o quanto antes, dado que, para além de não ser nada agradável constatar que a água não está a escoar, o entupimento pode ainda vir a agravar-se, podendo vir a ter consequência mais gravosas, como o arrebentamento do cano.

Neste artigo compilamos um conjunto de dicas de como desentupir canos, bem como formas de prevenir o entupimento das suas canalizações.

Como desentupir canos?

Existem diferentes formas de desentupir canos, dependendo do local entupido e da gravidade do próprio entupimento da canalização. Para o ajudar na tarefa, conheça algumas técnicas e soluções domésticas para lidar com o problema de forma simples e com segurança:

1. Desentupidor de canos

Desentupidor de canos a ser aplicado na sanita

Certamente é a solução mais óbvia e a primeira que vem à cabeça caso pretenda desentupir canos. Afinal de contas, é exatamente esta a função de um desentupidor de canos. Este objeto está presente na maioria das casas dos portugueses e a sua utilização é fácil e prática. Caso o tenha de comprar, não gastará mais do que 5€ por um, podendo encontrá-lo à venda em hipermercados, lojas DYI ou drogarias.

O desentupidor de canos funciona através da pressão que é exercida com a parte de borracha, através de movimentos bruscos. Coloque a parte de borracha sob a canalização e empurre, em seguida puxe pelo cabo de madeira com força. Se tiver sido bem-sucedido, o entupimento deverá ter cessado, fazendo com que a água volte a escoar normalmente.

Se o entupimento não for grave, o uso do desentupidor de canos tenderá a ser eficiente, principalmente quando aplicado nos ralos (pia, bidé, sanita, etc.). No entanto, perante um entupimento mais grave, o desentupidor serve apenas como solução temporária.

2. Desentupir canos com arame

O recuso a arame para desentupir canos deve ser feito com cuidado

O arame pode ser um substituto quando não há um desentupidor de canos manual em casa. É um “truque” que funciona bem especialmente nos ralos das banheiras entupidos pela acumulação de fios de cabelo ou em situações em que há resíduos/objetos sólidos de pequena dimensão e não demasiado profundos alojados nos canos.

Nestes casos, bastará fazer um pequeno gancho na ponta do fio de arame e introduzir o arame gradualmente na canalização entupida. Isto deverá ser feito com cuidado, não só para evitar que o arame não fique preso nos canos, como também para não danificar a canalização.

Por ser particularmente flexível, o arame consegue alcançar diferentes partes da canalização que outros objetos não conseguem. Ao ser puxado, o arame funciona tal e qual uma cana de pesca, no entanto, em vez de pesca deparar-se-á com outras coisas. Se for bem sucedido os objetivos responsáveis sairão dos canos desimpedindo a passagem da água.

3. Água a ferver para desentupir canos

Colocar água a ferver nos canos entupidos poderá ajudar a dissolver alguns resíduos

Dependendo da gravidade do problema, colocar água a ferver nos canos entupidos poderá ajudar a dissolver alguns dos resíduos que estão na base do entupimento.

Esta é uma solução simples e rápida para as situações de entupimentos simples, especialmente nos casos da pia da cozinha que pode entupir pela acumulação de resíduos de comida e de gordura. Além de ser uma alternativa mais ecológica à aplicação de produtos quimicos, designadamente soda cáustica. Escusado será dizer que havendo objetos sólidos alojados nas canalizações a aplicação de água a ferver de nada servirá.

Regra geral, para desentupir os canos desta forma bastará ferver água e despejar gradualmente na canalização entupida. Poderá fazer pequenos intervalos entre uma e outra aplicação. Colocar detergente poderá também ajudar.

4. Desentupir canos com vinagre e bicarbonato de sódio

O vinagre e o bicarbonoto de sódio são bons aliados para desentupir canos

O vinagre e o bicarbonato de sódio são dois ingredientes fáceis de serem encontrados e presentes na maioria das cozinhas portuguesas. São uma forma acessível e fácil de desentupir canos.

Para tal, poderá fazer as misturas que em seguida indicamos, colocando-as no ralo da canalização entupida:

  • Colocar 2 colheres de bicarbonato dentro do cano e acrescentar vinagre;
  • Misturar ¾ de copo de bicarbonato e ½ copo de vinagre;
  • Misturar ½ copo de bicarbonato, ½ copo de vinagre e ½ copo de sal;
  • Misturar ½ copo de bicarbonato, 1 copo de vinagre e 3 colheres de sopa de sal.

Independemente da mistura que decidir utilizar é importante que, imediatamente depois de a aplicar na canalização entupida, coloque um pano no ralo da mesma durante um período de 30 minutos. Findo esse período coloque bastante água quente ou água a ferver.

5. Desentupir canos com fermento em pó

Utilização de fermento em pó para desentupir o cano

Outro ótimo ingrediente que tem certamente em casa e é ótimo para desentupimentos é o fermento em pó. Para aplicar, basta colocar duas colheres de sopa de fermento em pó no ralo das canalizações entupidas e, em seguida, despejar água a ferver.

A conjugação do fermento em pó com água a ferver causa tem um efeito efervescência que ajuda a desgrudar resíduos e gordura acumulada ou mesmo outros objetos de menor dimensão.

6. Desentupir canos com soda cáustica

A soda cáustica é considerada o “rei dos desentupidores”, sendo um dos produtos mais utilizados para desentupir canos. É frequentemente utilizada para entupimentos simples, como também para os graves, dado ser uma substância altamente corrosiva. Poderá encontrar soda cáustica em lojas de bricolage (DYI), drogarias e até hipermercados. É um produto bastante acessível em termos de preço.

Antes de aplicar o produto ralo da canalização entupida, segure o recipiente com as mãos devidamente protegidas com luvas (na falta destas use uma saca plástica). Estique bem o braço, mantendo a distância e, preferencialmente, utilize óculos para evitar o produto “espirre para os olhos”.

A soda pode ser misturada com a água (na proporção de 1 copo de soda para 1 litro de água) e despejada diretamente nos canos entupidos. Não obstante, por uma questão de segurança, recomendamos que coloque primeiro a soda cáustica e, só alguns minutos depois, despeje a água quente. Em caso de dúvida consulte as instruções.

Por fim, referir que a utilização de soda cáustica deve ser feita com muito cuidado. Quando em contacto direto com a pele, este produto pode causar queimaduras.

7. Desentupir canos com o aspirador

Em determinadas situações poderá tentar usar o aspirado para desentupir canos

Pode até parecer estranho, mas, desde que compatível com líquidos, o aspirador que usa para fazer a limpeza de casa poderá ter alguma utilidade para desentupir canos, sobretudo em situações de emergência.

Embora não funcione em todos os casos, o aspirador pode ser uma tentativa válida. Para isso, o aspirador deve ser ajustado na função de aspirar líquidos e ajustado corretamente ao ralo da canalização entupida.

O que não fazer se vai desentupir canos?

Se houver entupimentos mais sérios, os canos poderão precisar ser retirados. E isso não é uma tarefa simples. Quem não tem prática, ao tentar, poderá até agravar o problema, não conseguindo tirar corretamente o cano afetado ou até não o conseguindo voltar a colocar no lugar.

Usar outros produtos como Coca-Cola também não é de todo indicado. Há quem diga que a bebida realmente funciona, principalmente na cozinha, por ter substâncias fortes que poderão ter um função de limpeza sob as gorduras acumuladas. No entanto, isso funciona apenas momentaneamente, o resultado só dura algumas horas, não procedendo portanto a”verdadeiro desentupimento”. E, como já referido, há vários outros produtos em casa que poderão ser mais que suficientes para cumprir essa função.

A utilização de café também não é recomendada. Embora haja muitas referências na internet à utilização de café nos desentupimentos, a verdade é que a sua utilização pode até piorar o entupimento da canalização.

Caso não seja possível desentupir os canos entupidos por sua própria conta, a melhor alternativa é procurar um profissional que possa realizar o serviço e garantir o resultado pretendo. Há diversas empresas e profissionais especializados disponíveis que encontrará facilmente na internet, muitas das quais com equipamento próprio para desentupir canos (sondas desentupidoras ou jatos de alta pressão).

Como prevenir entupimentos?

Como em qualquer problema com que nos deparamos ao longo da vida, “prevenir é o melhor remédio”. A melhor forma de lidar com entupimentos é precisamente certificar-mo-nos que não ocorrem.

Antes de lavar a louça na cozinha, nada melhor que certificar-se que a louça não tem restos de comida. São os grandes responsáveis pelos entupimentos das canalizações na cozinha. Uma boa forma de prevenir é adquirir uma pena proteção que impeça que os restos de comida entre nas canalizações., permitindo apenas o escoamento de água e resíduos de muita pequena dimensão. Referir ainda que deverá também procurar evitar despejar óleo pela pia abaixo.

No que concerne à casa de banho, os pelos e cabelos tendem a ser os grandes inimigos das canalizações desta dimensão. Desta forma, sugerimos que ao tomar banho ou ao lavar-se procure retirar o excesso de cabelo que tenha ficado acumulado no ralo da banheira, bidé ou lava mãos.

Outra boa de prevenir entupimentos em casa é despejar de quinzenalmente 1 litro de água a ferver na canalizações mais propensas a entupimentos.

A redação do trabalhador.pt