Eletrodomésticos com defeito: uma boa opção?

Investir num eletrodoméstico é para muitos de nós um grande passo. Afinal, estamos a falar de uma compra com elevados custos associados, e como tal, espera-se desta uma qualidade e durabilidade acrescida.

Mas sabia que também pode comprar eletrodomésticos com defeito a preços muitos mais acessíveis e com atributos igualmente valiosos? Não se deixe enganar pelo nome. Um “defeito” pode ser algo tão insignificante como uma embalagem danificada, sendo que o eletrodoméstico propriamente dito se encontra, na maioria das vezes, praticamente novo.

Ao contrário do que muitas pessoas podem achar, existem várias lojas de eletrodomésticos com defeito em Portugal, onde poderá realmente encontrar, a ótimos preços, produtos em muito bom estado.

Neste artigo, iremos falar sobre os locais onde pode encontrar estes eletrodomésticos, quais as vantagens dos mesmos e quais os cuidados que deve ter.

Porque optar por eletrodomésticos com defeito?

As lojas de eletrodomésticos com defeito estão a crescer cada vez mais à medida que mais pessoas se interessam por esta nova forma de poupar dinheiro. De seguida, apresentamos algumas vantagens associadas a optar por eletrodomésticos com defeito.

1. São mais baratos

Como já todos sabemos, a compra de qualquer eletrodoméstico envolve, normalmente, um ponderado processo de decisão, precisamente pelos preços significativos associados a este tipo de produto. Seja uma nova máquina de lavar a louça, um frigorífico ou uma geladeira, o preço a pagar por qualquer um destes eletrodomésticos pode pesar bastante nas carteiras de muitas pessoas.

Como tal, a grande vantagem em optar por esta via é que pode realmente encontrar eletrodomésticos significativamente mais baratos, o que para muitos, é um fator suficiente para se realizar uma compra.

2. Têm garantia

Não se preocupe porque, tal como aconteceria com a compra de um eletrodoméstico novo, também neste caso terá direito a uma garantia de dois anos legalmente estipulada. Portanto, se tiver receio de enfrentar algum tipo de problema com o produto, saiba que possui uma garantia capaz de cobrir certos inconvenientes.

3. Os defeitos não são graves

Quando falamos em comprar eletrodomésticos com defeito, não nos referimos àqueles que não funcionam adequadamente, pois, nesse caso, realmente seria preferível comprar algo novo e de qualidade elevada.

Os “defeitos” podem ser algo quase impercetível como pequenos riscos ou ranhuras no produto. Além disso, o que acontece em muitos casos é que as pessoas querem simplesmente trocar um eletrodoméstico raramente usado e em perfeita condição por algo que se adeque mais a uma certa divisão da casa ou que satisfaça uma outra necessidade que não tinha sido antes considerada.

Além disso, caso certa embalagem tenha sido danificada antes do produto ser colocado à venda, esta não pode ser vendida pela loja em questão, sendo então considerado um eletrodoméstico com “defeito” aquele que estiver no interior de tal embalagem.

4. Ação sustentável

Ao comprar um eletrodoméstico em segunda mão, estará também a reduzir a pegada de carbono e a salvá-lo de ser colocado num aterro, um dos locais que mais devem ser evitados em prol do ambiente.

Cuidados com os eletrodomésticos com defeito

Apesar dos benefícios mencionados, é preciso ter cuidado e avaliar cuidadosamente o produto e as condições a que este está sujeito antes de realizar qualquer compra. Partilhamos agora alguns fatores que deve sempre considerar:

1. Verifique o estado do eletrodoméstico

Um produto “com defeito” deve ser aquele que apresenta apenas meros problemas a nível estético, como riscos ou amolgadelas, ou então um produto cuja embalagem tenha sido danificada. O defeito nunca deve estar relacionado com o desempenho propriamente dito do produto. Assim, nunca compre um eletrodoméstico deste tipo sem antes verificar se este funciona adequadamente.

Pode simplesmente pedir ao vendedor da loja em questão para fazer uma demonstração rápida, confirmando assim se está ou não a realizar a compra certa.

2. Verifique o tipo de garantia

De acordo com a Direção-Geral do Consumidor, os bens móveis têm dois anos de garantia, contudo, esse prazo pode ser reduzido para um ano apenas caso sejam usados.

A exceção prende-se com a compra de artigos a particulares, na qual não existe obrigatoriedade de garantia. Assim, se tiver preferência por uma garantia mais longa, verifique a duração da mesma -antes de avançar para a compra.

3. Compare o preço promocional com o normal

Regra geral, as lojas de eletrodomésticos com defeito apresentam, tanto na loja física como no seu site, do preço com desconto e do preço sem desconto. Embora isto seja importante, poderá não ser suficiente para se certificar se está a fazer um boa compra.

Uma vez que os preços dos eletrodomésticos podem variar entre lojas, pelo sim pelo não, sugerimos que procure descobrir o preço de um modelo igual na concorrência. Além disso, existem estratégias de marketing “menos éticas” que podem levar o consumidor a acreditar que está a comprar um produto com um grande desconto, o que nem sempre poderá ser o caso.

Onde comprar eletrodomésticos com defeito?

Se não conhecer nenhuma loja de eletrodomésticos com defeito, não se preocupe, pois deixamos aqui uma pequena lista que lhe permitirá aproveitar as grandes vantagens associadas à compra deste tipo de produtos.

  1. Vila do Conde – Home & Cook Outlet;
  2. Porto – Cash Converters;
  3. Gondomar – Casa Carvalho;
  4. Felgueiras e loja online – Eurostocks;
  5. Pombal e Sertã – Quase Bom;
  6. Coimbra – Worten Outlet;
  7. Leiria – Eternobom;
  8. Lisboa – First Green;
  9. Faro – I Love Outlet;
  10. Portimão e Tavira – Cash Express.

Os eletrodomésticos com defeito surgem assim como uma ótima opção para adquirir um produto que precisa a um preço acessível e com boa qualidade. No entanto, não se esqueça de verificar sempre o estado do produto e questões como a garantia antes de realizar uma compra. Esperamos que este artigo tenha ajudado!

Catarina Fonseca

Desde cedo uma curiosa nata, decidiu seguir Ciências da Comunicação para desenvolver a sua paixão pelo jornalismo e pela escrita. Agora formada, gosta de se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, e leva sempre um caderno e câmara fotográfica às costas para eternizar as suas experiências.