Entrevistas de emprego: preparação é a palavra-chave

Enviou o seu currículo? Foi chamado para uma primeira entrevista? Boa! Está no caminho certo.

As entrevistas de emprego são, à partida, primeiros encontros em que o recrutador tentará ao máximo conhecê-lo e entender se realmente tem o perfil indicado para a tal vaga e, como em qualquer primeiro encontro, as primeiras impressões são verdadeiramente importantes. Além do currículo, existem outros fatores aos quais deve ter em atenção.

Subestimar a importância da preparação para a entrevista de emprego pode fazer com que não seja o candidato escolhido, por isso, uns dias antes da entrevista treine a forma de como explica o seu percurso educativo e profissional. Tenha em conta a vaga à qual se candidatou e tente descrever um percurso que faça sentido para o emprego em questão.

Ao longo deste artigo vai encontrar dicas que lhe poderão ser úteis, especialmente, se não está habituado a ir a muitas entrevistas de emprego.

Dicas para uma entrevista de emprego

  1. Pesquise bem a empresa que o poderá recrutar. Veja o website, redes sociais e notícias que poderão ter saído recentemente;
  2. Elabore algumas questões para fazer ao recrutador. Fazer perguntas ao recrutador mostrará que está entusiasmado, interessado e, ao mesmo, tempo irá transformar a entrevista numa conversa;
  3. Leia o seu currículo até o saber de cor. Ao ter esquematizado na cabeça passo a passo o seu percurso vai conseguir contar a sua história profissional de uma forma mais confiante e fluída;
  4. Escolha uma roupa que transmita confiança (cores neutras são as melhores opções). No caso da maquilhagem evite coisas arrojadas, acredite que a simplicidade jogará a seu favor;
  5. Cuidado com o perfume! É daquelas pessoas que adora uma eau de parfum forte? Pois bem, numa primeira entrevista evite fazer-se notar desta forma. A memória olfativa é das primeiras impressões e das mais difíceis de esquecer;
  6. Mantenha o contacto visual durante a entrevista. É importante mostrar capacidades comunicacionais e o contacto visual é uma excelente forma de o demonstrar;
  7. Tenha uma linguagem cuidada mas natural. Não diga asneiras e palavras usadas no diminutivo como “empregozinho”, “bocadinho”, “dinheirinho” ou “jeitinho”. A língua portuguesa é rica em palavras, use-a!;
  8. Treine diante de um espelho ou com alguém as possíveis perguntas do recrutador e as suas respostas. Ao mesmo tempo que vai memorizando as suas respostas, treina também a comunicação verbal e não-verbal.

O que evitar numa entrevista de emprego?

Embora uma entrevista de emprego seja algo dinâmico, nunca se sabendo qual o resultado final a grande maioria das entrevistas, sobretudo nas grandes empresas, seguem um “guião” predefinido pelos recrutadores. É igualmente verdade que há um conjunto de regras às quais os candidatos a emprego devem obedecer no desenrolar de uma entrevista. Mas vamos por partes.

Falar negativamente do emprego anterior

Jamais, em momento algum, fale mal das suas anteriores entidades patronais. Mesmo que o desfecho da sua participação na empresa não tenha sido a melhor, procure explicar de uma forma atenuante dizendo “a certa altura senti que precisava de novos desafios para continuar a desenvolver as minhas competências”, por exemplo. Mas no final refira que apesar de tudo a experiência foi enriquecedora e que está grato pelo que aprendeu.

Interromper o recrutador

Outro ponto muito importante é não interromper o recrutador durante a entrevista. Lembre-se que não gostaria que o mesmo acontecesse consigo e, por outro lado, pode ser encarado como falta de educação.

Valorize o trabalho de equipa

Procure não falar muito na primeira pessoa pois corre o risco de parecer egocêntrico. Poderá existir um momento em que tenha que explicar determinada vitória que alcançou. Quando o fizer lembre-se que as empresas preferem colaboradores que gostam e que saibam trabalhar em equipa, afinal, juntos somos mais fortes.

Falar da sua vida pessoal

Não fale sobre a sua vida pessoal por iniciativa própria. A menos que o recrutador pergunte se é casado, se tem filhos… Evite tornar a entrevista de emprego numa conversa de café. Tenha em mente que está ali para conseguir um emprego e não necessariamente para fazer amigos.

Sentar-se de forma desadequada

Sentar-se de forma inapropriada. Sente-se confortavelmente mas sempre de forma correta. Tenha atenção às mãos, elas devem estar sempre visíveis e nunca debaixo da mesa, caso contrário, não só poderá distrair o recrutador, que começará a perguntar-se onde as meteu, ou mesmo interpretar isso como sinal de insegurança.

Remuneração

Não coloque questões sobre salários e benefícios na primeira entrevista. Regra geral, a primeira entrevista servirá como introdução a si e à vaga, lembre-se que primeiro tem que conquistar para depois poder negociar.

Mentir

Não minta. Evite contar histórias que nunca aconteceram ou dizer que fez o que nunca fez. O recrutador é alguém treinado para detetar mentiras e, muito provavelmente, distinguirá uma história verdadeira de uma mentira.

Chegar atrasado

Pontualidade é uma qualidade muito valorizada por qualquer empregador, sobretudo nas primeiras impressões. Certifique-se que sai de casa com bastante tempo de antecedência para evitar que contratempos o façam chegar atrasado.

Perguntas frequentes numa entrevista de emprego

  • Como se vê daqui a cinco anos?
  • Descreva uma situação por que passou no local de trabalho e que para si foi um desafio.
  • Quais diria que são os seus pontos fortes e fracos?
  • Por que razão quer trabalhar connosco?
  • Olhando para o seu percurso profissional, porque diria que é o candidato ideal para a vaga?
  • O que é mais importante para si num local de trabalho?
  • Porque é que o deveríamos contratar?
  • Se pedisse aos seus amigos para o descreverem, o que acha que eles diriam sobre si?
  • Qual foi o maior desafio que já enfrentou e de que forma o superou?
  • Para si, qual é o ambiente de trabalho ideal?
  • Por que razão quer sair do seu emprego atual?
  • Como diria que trabalha sob pressão?
  • O que o motiva na vida em geral?
  • Quais são os seus passatempos ou de que forma gosta de passar o seu tempo livre?

Perguntas que poderá fazer ao recrutador numa entrevista de emprego

Não é só o recrutador que deve colocar questões. Os candidatos ao emprego também o devem fazer, uma vez que, regra geral, é entendido como uma manifestação genuína de interesse pela posição e/ou pela empresa à qual se candidata. Desta forma, sempre que um recrutador lhe colocar a questão “tem alguma dúvida?” ou “quer fazer alguma pergunta?”, não se acanhe.

Em seguida, deixamos alguns exemplos de questões que poderá colocar ao recrutador durante a entrevista de emprego:

  • Para si, quais são as melhores características desta empresa?
  • Com quantas pessoas irei trabalhar diretamente?
  • Que objetivos acredita que a empresa terá para mim nos primeiros seis meses?
  • O que é que a empresa mais valoriza nos seus trabalhadores?
  • Como é um dia normal na empresa?

No dia da entrevista vá confiante de que se preparou para tal e não duvide das suas capacidades. Chegue a horas, aperte firmemente a mão do recrutador e seja você mesmo. Tenha em mente de que o seu currículo foi valorizado e que por isso foi chamado a uma entrevista. Boa sorte e não se esqueça: preparação, preparação e preparação.

A redação do trabalhador.pt

Adicionar comentário