Raças de gatos pequenos: quando o tamanho não é tudo!

Eles são fofos, carinhosos, elegantes e muito charmosos. Podem ser carentes ou independentes, grandes ou pequenos, de raça ou sem raça definida, bebés ou velhinhos. Não importa, eles, os gatos, encantam-nos sempre com o seu jeitinho esperto e gracioso. Mas, se perguntar a várias pessoas, todas vão dizer que as raças de gatos pequenos são, definitivamente, as mais encantadoras! É praticamente impossível resistir à beleza desses pequenos animais que conquistaram os corações dos seus donos e de todo o mundo.

Se ainda não tem um amigo de quatro patas porque acha que o seu apartamento não é o lugar ideal para criar um animal de estimação, então precisa de conhecer algumas raças de gatos pequenos, ótimas para os tutores que dispõem de um espaço reduzido em casa, mas que não abrem mão da companhia de um animal de estimação como um felino.

Prepare-se porque vão derreter o seu coração e aproveite para escolher a sua raça de gato favorita. Eleja aquele que vai dividir os dias consigo e lhe proporcionar companhia, carinho e amor. Boa leitura!

1. Gato Singapura

Singapura

O Singapura é considerada a menor raça de gatos do mundo. Como o próprio nome sugere, teve origem no Sudeste da Ásia, onde eram considerados gatos de esgoto. Todavia, esta visão mudou bastante a partir da década de 1970, época em que dois americanos – o casal Hal e Tommy Meadow – conheceram um exemplar dessa raça e deixaram-se encantar com a sua beleza peculiar.

Quanto ao temperamento, o gato Singapura é conhecido por ser um felino muito carinhoso, visto adorar dar e receber mimos. Ao adotar um gato desta raça, esteja consciente de que deverá dar a devida atenção, caso contrário, o animal poderá ficar triste e até mesmo depressivo. Além disso, são curiosos, inteligentes, cheios de vitalidade e energia, ou seja, são perfeitos! Não é por acaso que são considerados tesouro nacional da ilha de Singapura.

2. Gato Munchkin

Munchkin

O adorável gatinho Munchkin não poderia faltar nesta lista das mais conhecidas raças de gatos pequenos, até porque, recebe o carinhoso apelido de “gato anão”, alcunha que o torna numa referência em virtude do seu diminuto tamanho. Ele é simplesmente adorável, com as suas pernas curtinhas e coluna alongada,uma forma física diferenciada que chama bastante atenção. O Munchkin é conhecido por ser muito doce e cheio de energia, uma mistura de “fofura”, companheirismo e inteligência.

Entretanto, a sua origem é um tanto controversa: o Munchkin é resultado de uma mutação genética, por isso muitas pessoas questionam se essa “deformidade” é ou não um ato de crueldade.

O Munchkin geralmente não passa dos 5 kg e varia entre o porte pequeno e médio. Possuem o rosto arredondado, olhos grandes e penetrantes e patas traseiras mais longas do que as da frente, características marcantes que fazem deste bichano um dos gatos mais adoráveis do mundo. Quanto à sua pelagem, pode apresentar uma variada palete de cores e combinações de tons, contudo, sempre macia e bem felpuda.

3. Gato Siamês

Siamês

Certamente o gato Siamês está entre as raças de gatos pequenos mais apreciadas em todo mundo. O bichano é bastante popular, seja pelo seu temperamento dócil ou pelos seus irresistíveis olhos azuis. Além disso, a sua postura altiva impressiona os apaixonados por felinos, que logo reconhecem esta raça, afinal de contas, só os siameses possuem um porte médio com orelhas altas e bem posicionadas na cabeça.

A origem do gato Siamês é envolta em lendas e histórias, contudo, a única certeza é sobre o seu local de nascimento, o Império Sião, que hoje é conhecido como Tailândia. No século XIX foram importados para a Inglaterra, Norte da Grã-Bretanha, França e Japão. Hoje, podemos dizer que conquistaram o mundo todo!

Importante: Antes de adotar um exemplar do gato Siamês, entenda que precisam da atenção dos seus tutores, pois não abrem mão dos momentos ao lado da sua família humana. Outra característica dos gatos siameses: são muito brincalhões, por isso, raramente ficam parados. São, portanto, ótimas companhias para as crianças, com quem adoram divertir-se.

4. Gatos sem raça definida

Os “rafeiros” são uma excelente alternativa para quem quer adotar um gato

Se está a pensar em adotar um gatinho, lembre-se dos gatos sem raça definida, mais conhecidos por “rafeiros”. Estes bichanos, que podem ser pequeninos, possuem uma ótima personalidade, aparência admirável e uma saúde de ferro!

E qual a razão dos gatos sem raça definida serem habitualmente pequenos? Em grande medida porque possuem uma mistura genética mais rica, o que permite encontrar um gato diminuto entre eles. Ademais, alguns estudos mostram que uma boa parte dos animais abandonados são justamente aqueles que não possuem pedigree. Isto é, além de proporcionar momentos felizes a si e à sua família, também estará a salvar a vida de um animal.

Conheça agora o menor gato do mundo!

E já que estamos a falar de raças de gatos pequenos, não poderíamos deixar de mencionar aquele que é considerado o menor bichano do mundo. Estamos a falar do Tinkey Toy, um gatinho cuja aparência sempre foi igual à de um filhote.

De acordo com o Livro Guinness dos Recordes, o título de menor gato do mundo pertence a Tinker Toy, este pequeno felino dos Estados Unidos da América que viveu entre os anos de 1990 e 1997. Pertenceu à família de Katrina e Scott Forbes, que contam que o gato era bastante ativo e alegre e, apesar do seu tamanho e fragilidade, não necessitava de nenhum cuidado especial. Até hoje nenhum outro gato conseguiu bater o recorde do adorável Tinker Toy.

Da raça Himalaio, o bichano tinha apenas 7 cm de altura e 19 cm de comprimento quando adulto! Para que possa fazer uma comparação, saiba que um gato Himalaio tem, em média, 25 cm de altura e 45 cm de comprimento. Ou seja, o Tinker Toy era realmente minúsculo!

Gostou deste artigo sobre raças de gatos pequenos? Então aproveite para o partilhar com os seus amigos que, assim como você, também são admiradores destes adoráveis bichanos. Poderá também continuar a ler sobre estes companheiros de quatros patas em outros artigos que temos sobre o tema, nomeadamente sobre raças de gatos grandes e raças de gatos sem pelos. Mergulhe neste universo fascinante dos felinos e tenha uma boa leitura!

A redação do trabalhador.pt