Vista cansada: sintomas, causas e tratamento

A vida moderna exige de nós longas jornadas à frente do computador, do telemóvel e tantos outros ecrãs que emitem uma luz que até parece inofensiva, mas não é. A superexposição a estes dispositivos digitais está entre as principais causas de um problema cada vez mais comum, até mesmo nas crianças: a presbiopia, popularmente conhecida como vista cansada.

Ao fim de um longo dia de trabalho, muitas pessoas relatam dor nos olhos, tal e qual um ardor que incomoda e dificulta a realização das tarefas diárias. Se sofre com este problema, então está na hora de conhecer os seus sintomas, causas e possíveis tratamentos, afinal de contas, é preciso cuidar bem da visão, para que esta não sofra em demasia com os efeitos da tecnologia.

Ficou interessado neste assunto? Então não deixe de ler este artigo!

O que é a vista cansada?

A expressão “vista cansada” não é por acaso: o problema nada mais é do que uma fadiga ocular causada por esforço excessivo. Surge geralmente após muitas horas de exposição a ecrãs, a ler ou até a conduzir sem parar, atividades que exigem um grande nível de concentração e esforço dos olhos para o melhor desempenho. Os principais sintomas da vista cansada são:

  • Dor nos olhos;
  • Ardor nos olhos;
  • Olhos muito secos ou até a lacrimejar;
  • Sensibilidade à luz;
  • Cansaço;
  • Dores no pescoço, nas costas e nos ombros;
  • Dores de cabeça provocadas por vista cansada;
  • Dificuldade em ler letras muito pequenas;
  • Precisar de muita luz para ver de perto;
  • Visão turva;
  • Visão dupla;
  • Tremores nos olhos;
  • Vermelhidão e comichão nos olhos.

Quais as causas da vista cansada?

A vista cansada é um problema que causa desconforto e pode afetar o seu trabalho e a sua vida diária. Entenda infra as principais causas do problema:

  • Doenças dos olhos (erros refrativos como hipermetropia com ou sem astigmatismo. Quando não corrigidos, podem piorar a vista cansada);
  • Esforço excessivo do aparelho ocular quando já temos tendência ou idade para presbiopia;
  • Idade superior a 40-45 anos (fase em que todos sofremos com a perda da acomodação, processo responsável pela mudança do poder refrativo do olho, garantindo que a imagem seja focalizada no plano retiniano);
  • Uso excessivo de smartphones, superexposição a telas de televisão ou tablets, dispositivos que emite uma grande quantidade de luz azul. A luz azul é o maior componente da luz visível, ou seja, é onipresente nas nossas vidas. Embora a retina humana seja protegida pela córnea e outras estruturas, a luz azul consegue penetrar na região, provocando uma série de danos, entre eles a vista cansada;
  • Stress e privação de sono;
  • Olhos cronicamente secos.

Síndrome da visão computacional

Segundo a American Optometric Association, importante entidade norte-americana líder em saúde ocular e cuidados com a visão, a vista cansada é consequência direta da utilização prolongada de dispositivos digitais – sendo esta a causa mais comum da presbiopia em adultos.

Não obstante, a síndrome da visão computacional tem afetado também crianças: de acordo com um recente estudo conduzido por investigadores australianos, nos centros urbanos na Ásia, 90% dos jovens desenvolvem miopia antes dos 20 anos de idade. Ou seja, é preciso minimizar os impactos da digitalização, pois em excesso podem afetar o desenvolvimento visual de crianças e adolescentes.

Como saber se tem vista cansada?

Facto é que todos nós, em algum momento da vida, vamos sofrer com a vista cansada; todavia, a presbiopia é mais comum a partir dos 40-45 anos (embora não sejam raros os casos em que se manifesta em indivíduos de menor idade).

Se está a sentir dificuldade para ver de perto e, além disso, possui sintomas como dor de cabeça, fadiga ocular, visão turva para ler a uma distância normal, dificuldade para ver letras muito pequenas, então pode ser que esteja com vista cansada. O próximo passo é marcar uma consulta com o oftalmologista, profissional da saúde capacitado para o diagnosticar de forma correta.

Dicas para aliviar a vista cansada

Algumas dicas podem o ajudar a aliviar ou prevenir a vista cansada, contudo, como referido, é fundamental que procure aconselhamento médico para proceder com o tratamento mais adequado. Feito isto, siga as seguintes orientações:

1. Faça pausas durante o trabalho

As pessoas que passam longos períodos à frente do computador estão mais vulneráveis à vista cansada. Por isso, faça pausas regulares para evitar o cansaço ocular. Tire os olhos do ecrã a cada 20 minutos e foque um objeto a 20 metros de distância durante 20 segundos; este exercício para os olhos certamente beneficiará a saúde dos seus olhos.

2. Pisque mais vezes os olhos

Sabia que, quando expostos à luz azul, a tendência é que pisquemos os olhos menos vezes do que o necessário? Importante referir que piscar é um ato essencial para umedecer os olhos, o que evitará que fiquem ressecados e irritados. Por isso, ao fazer as pausas durante a jornada de trabalho, lembre-se de piscar de forma intensa e prolongada.

3. Umedeça os olhos

O ressecamento nos olhos está entre as principais causas da vista cansada. Neste caso, o médico oftalmologista poderá prescrever um colírio lubrificante para aumentar a eficácia do filme lacrimal – solução que evitará que a humidade evapore dos olhos rápido demais.

4. Controle o tempo que as crianças passam em frente a ecrãs

Se para os adultos é importante fazer pausas para descansar os olhos, para as crianças este é um cuidado essencial! Os olhos dos pequenos ainda estão em fase de desenvolvimento, por isso são mais suscetíveis a possíveis danos oculares. É da sua responsabilidade controlar o tempo que os seus filhos passam em frente às telas, substituindo atividades digitais por brincadeiras ao ar livre – muito mais estimulantes e saudáveis nesta fase da vida.

5. Antes de dormir, evite a luz azul

Quando somos expostos à luz azul, ficamos em estado de alerta e, consequentemente, acordados por mais tempo. Isso acontece porque o corpo liberta menos melatonina, a famosa hormona do sono. Como referido, o sono é fundamental para aliviar a vista cansada, então, antes de dormir, evite o uso de smartphones, tablets e outros dispositivos. Caso isso não seja possível, peça ao seu oftalmologista que lhe prescreva óculos de grau com filtro de luz azul, solução que pode amenizar os efeitos nocivos da claridade excessiva.

6. A saúde ocular depende de uma boa alimentação

Cuidar da alimentação é essencial para quem deseja ter qualidade de vida e prevenir problemas na visão. Estudos científicos mostram que incluir alimentos como espinafre, brócolos, couve, cenoura, peixes, azeite, entre outros pode melhorar a saúde ocular e prevenir doenças da visão. Além disso, hidrate-se adequadamente, pois isso garantirá que os seus olhos recebam a humidade de que necessitam.

Como tratar a vista cansada?

Óculos de leitura, óculos específicos ou com lentes de contacto multifocais podem amenizar os sintomas da vista cansada. Outra opção possível é a cirurgia para implante de lentes multifocais, solução que apenas poderá ser indicada por um médico oftalmologista.

Lembre-se que a leitura deste artigo não substitui o necessário aconselhamento médico, por isso, caso esteja a sofrer com a presbiopia, marque hoje mesmo a sua consulta e comece a cuidar da sua saúde ocular.

Luana Castro Alves

Licenciada em Letras e Pedagogia, redatora e revisora, entusiasta do universo da literatura, sempre à procura das palavras. "Não se pode escrever nada com indiferença." (Simone de Beauvoir)