Como escolher uma máquina fotográfica?

A máquina fotográfica é hoje um dos produtos eletrónicos mais vendidos em todo o mundo e para isso muito contribui a crescente importância da imagem, nomeadamente nas redes sociais.

Mesmo considerando que os smartphones possuem câmaras fotográficas , muitas pessoas optam por comprar uma máquina fotográfica para fotografar os vários momentos da vida, em grande medida pelo simples facto da qualidade de imagem ser muito superior às câmaras dos telemóveis.

Tudo isto fez com que o mercado fosse inundado de modelos e marcas, tornando-se muito confuso para o consumidor decidir qual o modelo de máquina fotográfica mais indicada para si.

A verdade é que uma máquina fotográfica não deve ser escolhida por mero acaso. Há vários fatores que devem ser considerados, nomeadamente o tipo/modelo, a experiência do “fotógrafo” e aquilo que pretende fotografar.

Por esse e outros motivos redigimos o presente artigo com o intuito de o ajudar a escolher uma máquina fotográfica. Confira!

Quais os tipos de máquinas fotográficas?

Genericamente, podemos máquinas fotográficas em três tipos

Antes de avançar para a compra de uma máquina fotográfica deve ter em conta que existem muitos modelos e tipos, desde as mais simples, até às máquinas mais complexas.

Genericamente, podemos dividir os tipos/modelos de máquinas fotográficas em três categorias: compactas, superzoom e DSLR. Em seguida, abordamos cada um delas em maior pormenor.

1. Máquina fotográfica compacta

Se pretende escolher uma máquina fotográfica simples, saiba que as compactas são as mais comuns do mercado. Como o nome já diz, são máquinas fotográficas compactas, pequenas, e com lentes integradas.

Apesar da maioria destas câmaras fotográficas permitir alguns ajustes digitais, são geralmente escolhidas pela facilidade na utilização, quando em modo automático. Além disso, muitas máquinas compactas incluem alguns modos que podem ser utilizados em situações específicas, como o modo retrato, paisagem ou macro.

Este é o tipo de máquina fotográfica ideal para quem procura praticidade e um bom preço. Por serem pequenas, são mais fáceis de carregar e guardar, e por serem mais simples que outras máquinas, são também as mais baratas.

2. Máquina fotográfica Superzoom / Bridge

Conhecida também como máquina semiprofissional, a máquina fotográfica Superzoom / Bridge é uma câmara intermediária, ideal para aqueles que pretendem levar a fotografia um pouco mais a sério.

A maioria das máquinas fotográficas Superzoom permitem o controlo manual da luz, da abertura de lente, da exposição, entre outros; mas não permitem a troca de lentes (como ocorre nas câmaras DSLR).

As Superzoom / Bridge são máquinas de dimensão média, com um corpo menos robusto que o corpo de uma DSLR, mas ainda assim, maior que uma máquina fotográfica compacta. Em alguns modelos, é ainda possível adaptar lentes e fazer um ajuste na máquina fotográfica através de um adaptador de lentes, potencializando as virtudes do equipamento.

3. Máquina fotográfica DSLR

Se escolher uma máquina fotográfica DSLR, saiba que este é o modelo preferido dos fotógrafos profissionais. Esta máquina fotográfica é consideravelmente mais complexa que as anteriores e permite vários ajustes, designadamente no que concerne à luz, foco, abertura, cores, qualidade da imagem, etc.

Este modelo permite ainda a troca de lentes de acordo com o resultado que deseja obter, podendo até mesmo, ter várias lentes diferentes para uma mesma máquina fotográfica. Além disso, a maioria dos modelos DSLR também permite a gravação de vídeos com alta qualidade de imagem (HD e 4K).

Além dos modelos previamente referidos, que são os mais comercializados no mercado, existem outros modelos de máquinas fotográficas disponíveis, nomedamente:

  • Compacta avançada: muito semelhante à compacta, possui uma melhor qualidade de imagem por conta do seu sensor, mas são naturalmente mais caras.
  • Mirrorless: com uma ótima qualidade, estas máquinas fotográficas podem ser comparadas às DSLR, porém são muito mais compactas e leves. Regra geral, são mais caras que a maiorias dos modelos de entrada das DSLR.
  • Waterproof: são todas aquelas máquinas fotográficas que são à prova de água, geralmente utilizadas pelos amantes da natureza. Podem ser utilizadas em mergulho e praia.
  • Action cam: são câmaras muito utilizadas por praticantes de atividades/desportos radicais, sendo bastante resistentes e à prova de choque e água.

Dicas para escolher uma máquina fotográfica

Para além do tipo/modelo, há outros fatores a considerar ao escolher uma máquina fotográfica

Para além do tipo de máquina, há ainda outros aspetos que deve ter em consideração ao escolher uma máquina fotográfica, nomeadamente a sua experiência com fotográfica, o que irá fotografia, o montante que pode investir na sua aquisição, entre outros.

1. Qual a sua experiência com fotografia?

Se usa habitualmente a máquina fotográfica mas apenas pretender uma para fotos do dia a dia, sem necessidade de grande personalização, então as máquinas compactas ou até mesmo as Superzoom / Brigde (das mais baratas) poderão ser mais do que suficientes.

Mas, se pretende aprender desenvolver os seus conhecimentos sobre fotografia, então pode optar por uma DSLR de entrada. Embora com menos opções que as DSLR profissioanis, dispõem de várias funções, ajustes ou qualidade. Existem câmaras DSLR de entrada que permitem a gravação de vídeos em qualidade HD ou 4K, tela com rotação e conexão wi-fi.

Se é um profissional, certamente saberá que as melhores DSLR do mercado são também as mais caras, e que vale a pena analisar para que tipo de evento ou situação a câmara será utilizada.

2. O que você vai fotografar? Pessoas? Paisagens?

Ao escolher uma máquina fotográfica reflita um pouco sobre qual será, de facto, a utilização que dará à câmara.

Se pretende apenas fotografar cenas do quotidiano, sem muitos ajustes e com apenas um clique, as máquinas compactas e Superzoom / Bridge são as ideais para si.

Agora, se quer escolher uma máquina fotográfica com versatilidade, vale a pena investir numa DSLR. Esta câmara pode ser utilizada em eventos, festas, desportos, paisagens e muito mais. Basta adequar as lentes de acordo com o que pretende de cada fotografia.

3. Quanto pretende gastar com a máquina fotográfica?

Uma máquina fotográfica não é um equipamento eletrónico assim tão barato, por isso, determinar o valor que tem disponível para essa compra é algo do qual não poder fugir.

Analise bem esse ponto, pois de nada adianta comprar uma máquina fotográfica barata, se ela não cumprir o papel que deseja que ela cumpra. Mas ao mesmo tempo, não ultrapasse a verba que tem disponível para investir no equipamento mais caro do mercado.

4. Que marca devo escolher?

Ao escolher uma máquina fotográfica considere ainda a marca. Existem várias marcas de câmaras fotográficas de manifesta credibilidade no mercado, como a NIKON, CANON, FUJIFILM, SONY, entre outras. Embora estejam todas muito niveladas em termos de preços e funções, há sempre gostos pessoais.

Neste âmbito, a nossa recomendação é não ceder à tentação de comprar uma marca sem grandes provas dadas. São várias as marcas que prometem resultandos mirabolantes com preços baixos, mas poderá não ser bem assim. Como se diz habitualmente “o barato saí caro”, pelo que aconselhamos a jogar pelo seguro na aquisição de uma máquina fotográfica, sobretudo tratando-se de um bem que pode durar anos e anos.

5. Máquina fotográfica a bateria ou a pilhas?

Alguns modelos de máquinas compactas ou Superzoom / Bridge ainda recorrem a pilhas. Regra geral, as DSLR utilizam apenas baterias recarregáveis. Por norma, recomendamos que, sempre que for possível, opte por uma máquina fotográfica com baterias recarregáveis.

6. Visor digital ou visor óptico?

A generalidade das câmaras no mercado possui dois visores: um digital (tela) e um visor óptico que fica, geralmente, acima do visor digital.

O visor óptico é uma ótima solução para situações onde a luz do ambiente esteja muito fortes, ou que o visor digital, dado o reflexo da luz, não consiga ser. Por esta razão, aconselhamos a escolha de uma máquina fotográfica com ambas.

Após analisar todos esses pontos e entender quais as suas reais necessidades, utilize a internet para pesquisar e comparar os modelos que mais lhe despertam atenção. A maioria dos sites dos fabricantes possui as especificações e até comparações entre os modelos.

Esperamos que este artigo tenha tornando a escolha de uma máquina fotográfica uma tarefa não tão complicada. Agora é consigo, boas compras!

A redação do trabalhador.pt