Dicas para escolher um bom alisador de cabelo

Alisar o cabelo tornou-se algo bastante comum, sobretudo nas mulheres. Precisamente por esse motivo, os alisadores de cabelo, também conhecidos como prancha de cabelo, tornaram-se aparelhos indispensáveis no necessaire de qualquer mulher.

Cientes disso, surgiram no mercado vários modelos de alisadores de cabelo, comercializados por várias marcas, prometendo o alisamento dos cabelos em muitos poucos minutos.

A existência de tantos modelos e com preços tão diferentes, acaba por gerar alguma confusão nos consumidores. Afinal de contas, no meio de tantas opções, qual a melhor para as suas necessidades?

Tendo isso em consideração e cientes de que os alisadores de cabelo não são todos iguais, redigimos o presente artigo com o intuito de dar resposta a algumas das questões mais frequentes sobre este aparelho, destacando algumas das características que consideramos particularmente importantes serem tidas em conta na hora de escolher um alisador de cabelo.

O que é e para que serve o alisador de cabelo?

A função do alisador é alisar os cabelos através do calor

O alisador de cabelo, também conhecido com prancha de cabelo, por alguns pessoas, é um pequeno aparelho que tem como função principal o alisamento e modelação dos cabelos através do calor. Ao passar o alisador nos fios de cabelo, a estrutura destes altera-se, ficando lisos.

Além disso, importa referir que o alisador de cabelo não serve, necessariamente, só para alisar os cabelos, podendo também, encaracolar e até mesmo frisar os fios de cabelo.

Por ser um aparelho leve e pequeno, ainda é possível levar o alisador de cabelo dentro de uma bolsa, tornando a experiência de quem o utiliza muito mais prática e simples.

Uma grandes vantagens do alisador de cabelo é o facto de não terem um efeito permanente nos cabelos, com uma lavagem do cabelo tudo volta ao normal.

Quais os tipos de alisadores de cabelo?

Existem vários tipos de alisadores de cabelo, cada um com as suas particularidades

Se é daqueles que acha que todos os alisadores são iguais, então desengane-se! Embora no que ao alisamento do cabelo diz respeito desempenhem todos a mesma função, uns melhor, outros pior, a verdade é que alguns modelos permitem que o cabelo seja modelado de formas diferentes.

Em seguida, destacamos alguns dos tipos de alisadores de cabelo:

  • Alisador de cabelo convencional – trata-se do modelo mais comum e, consequentemente mais barato. Alisam o cabelo através do aquecimento das suas duas pranchas retas.
  • Alisador de cabelo ionizante – indicados para todos os tipos de cabelo, esta tecnologia protege o cabelo contra danos (os iões neutralizam os catiões nocivos);
  • Alisador de cabelo a vapor – os alisadores de cabelo comuns obrigam a que se passe o aparelho pelo cabelo várias vezes até obter o efeito pretendido, sobretudo nos cabelos encaracolados, encrespados, àsperos ou fortes. O vapor tem a vantagem de tornar isso mais fácil, diminuindo consideravelmente o tempo necessário para o alisamento;
  • Alisador «frio» de ultrassons – diferem dos modelos convencionais por não usar calor. Os alisadores com tecnologia ultrassom são ideais para ser usados em cabelos danificados, conjuntamente com produtos reparadores (queratina);
  • Mini-alisador de cabelo – nada mais é que um alisador de cabelo convencional, todavia em formato mini. São particularmente indicados para as pessoas que privilegiam portabilidade (cabem no interior de uma bolsa pequena). No entanto, são aparelhos que não apresentam resultados tão bons como os alisadores normais, devendo ser utilizados em situações pontuais.

A temperatura do alisador é importante?

O melhor alisador de cabelo não é, necessariamente, aquele que mais aquece

Sim, é muito importante saber qual a temperatura máxima do alisador de cabelo. Ao contrário do que muitos pensam, o melhor alisador de cabelo não é necessariamente aquele que aquece mais.

Aliás, como já referimos neste artigo, o calor tende a danificar o cabelo, sobretudo quando em excesso. Por esse e outros motivos, é importante saber qual a temperatura do alisador de cabelo, sobretudo se este não dispõe de um regulador de temperatura, sob pena de aplicar no seu cabelo uma temperatura manifestamente excessiva face ao recomendado.

Regra geral, os cabelos mais grossos necessitam de mais calor para serem modelados do que cabelos finos. Independentemente do tipo de cabelo, o ideal é que o alisador não ultrapasse os 190°C/200°C.

Em seguida, disponibilizamos uma tabela que poderá usar para determinar qual a temperatura máxima recomendada para cada tipo de cabelo:

Tipo de cabeloTemperatura
Cabelos finos e lisos165°C
Cabelos médios e encaracolados185°C
Cabelos grossos e encaracolados200°C

Qual o preço de um alisador de cabelo?

O preço de um alisador de cabelo podem ir dos 15€ aos 450€

O preço de um alisador de cabelo pode variar bastante, já que tudo depende do modelo e das suas características, designadamente a tecnologia, o tamanho a potência da prancha, entre outros.

De uma pesquisa que fizemos nas lojas online dos retalhistas de referência em Portugal (Worten, Mediamarkt, Rádio Popular, Auchan, Fnac, etc.) verificamos que os preços dos alisadores de cabelo podem ir dos 15€, nos modelos mais simples, até aos 450€, nos modelos profissionais.

Mas o preço não é tudo. Embora seja um fator que não possa deixar de considerar, deve ser o menos importante. Tudo depende da frequência com que irá utilizar o alisador. Recomendamos que se o fizer no seu dia a dia invista num aparelho de melhor qualidade.

O que considerar ao escolher um alisador?

Antes de comprar um alisador de cabelo deve fazer um comparação entre modelos

Depois de decidido qual o tipo de alisador mais indicado para si, deverá ainda considerar outros fatores, nomeadamente o material da placa, a tecnologia, os mecanismos de segurança e a potência.

Em seguida, abordamos cada um mais pormenorizadamente.

1. Material das placas

Devido a grande gama de produtos, os alisadores de cabelo possuem diferentes composições das suas placas. Na tabela infra destacamos as características de cada material:

MaterialCaracterísticas
CerâmicaAs placas de cerâmica são boas condutoras de calor, aquecendo muito rapidamente. A pouca fricção que existe entre o cabelo e a placa permite que existam menos danos.
TitânioNo que se refere à duração e resistência, as placas de titânio são as melhores. Além disso, este tipo de material tem a vantagem de aquecer muito rápido e de atingir temperaturas bastante elevadas, contribuindo para cabelos cabelos mais brilhante e sedosos.
Turmalina/IónicasEste mineral possui íons negativos que neutralizam os íons positivos presentes nos fios de cabelo. Isso faz que o cabelo se mantenha mais saudável, brilhante e sem “frizz”.
NanoAs placas com tecnologia nano permitem modelar e alisar os cabelo com bastante rapidez, oferecendo resultados duradouros.

2. Regulador de temperatura

Como já referimos, quando em excesso o calor pode danificar os fios de cabelo. Neste âmbito, referir que, regra geral, os alisadores de cabelo mais simples (e regra geral, menos dispendiosos) não dispõem de um regulador de temperatura.

Os alisadores de cabelo que incluem regulador de temperatura permitem que selecionar níveis de temperatura em função do seu tipo de cabelo (temperatura mais baixa no caso dos cabelos finos e temperatura mais alta nos cabelos mais grossos), evitando riscos desnecessários. Independentemente do tipo de cabelo, o ideal é que o alisador não ultrapasse os 190°C/200°C.

3. Tamanho das placas do alisador de cabelo

Embora muitas vezes ignorado, o tamanho das placas é outro fator que deve ser considerado. Afinal de contas, é através delas que o calor passa para os fios de cabelo, pelo que, quanto maiores forem as placas, mais será o cabelo que estas conseguem apanhar.

4. Revestimento antiqueimaduras e antiderrapante

Os alisadores de cabelo são aparelhos elétricos que desempenham a sua função através do calor. Por esse motivos é importante considerar alguns pontos relacionados com a segurança do aparelho.

Recomendamos que ao escolher um alisador verifique se este possui zonas frias, designadamente se tem um bom revestimento que permita que o calor não passe para a zona onde o aparelho é manuseado, bem como pegas antiderrapantes, evitando que o aparelho lhe escorregue das mãos. Assim não correrá o risco de se queimar enquanto o utiliza (algo que acontece com bastante frequência).

5. Outras características

Existem ainda outros fatores que podem ser considerados antes da aquisição de um alisador. Alguns destes aparelhos dispõem de um modo de aquecimento rápido, reduzindo o período necessário para o seu aquecimento para três minutos. Isto é bastante útil quando está atrasado mas, mesmo assim, precisa de dar um jeito ao cabelo.

Alguns dos alisadores de cabelo mais modernos e mais avançados dispõem de um mini-display onde é indicada a temperatura a que estão as pranchas do aparelho, permitindo que controle a temperatura antes de o utilizar no cabelo.

Como proteger o cabelo do calor do alisador?

É importante proteger os fios de cabelo do calor do alisador

Cuidado é a palavra chave. A generalidade dos alisadores de cabelo estão regulados para temperaturas entre os 150°C e os 200°C. Por isso mesmo, o risco de queimaduras está sempre presente, não apenas nos fios de cabelo, como também no próprio couro cabeludo, nas orelhas e, na falta de um revestimento adequado e pegas antiderrapantes, nas mãos. Caso o seu alisador não disponha destes mecanismos de segurança, recomendamos que utilize luvas protetoras.

Adicionalmente, poderá aplicar um spray/óleo com propriedades de protetor térmico no cabelo antes de utilizar o alisador. Este produto ajuda criar uma barreira protetora nas fibras capilares, protegendo o cabelo.

Outro dos pontos positivos associados à utilização de protetores térmico no cabelo é a redução daquilo que muito designam como efeito “frizz”, reduzindo a resistência do cabelo em não se tornar temporariamente liso.

Por fim, referir que é recomendável que a aplicação do protetor térmico no cabelo seja feita enquanto este se encontra húmido.

Esperamos que este artigo tenha ajudado!

A redação do trabalhador.pt