Humidade em casa: causas, prevenção e como a eliminar

É fundamental saber como eliminar a humidade de sua casa. Este problema pode gerar danos, não apenas ao imóvel, mas também à saúde, dado contribuir para a formação de mofo e a atração de fungos, ácaros e outros organismos que desencadeiam alergias e problemas respiratórios.

São várias as causas da humidade em casa, podendo ser causada por diferentes motivos, nomeadamente por infiltrações, vazamentos, vapor do banho ou da cozinha, entre outros. A humidade varia também em função dos materiais usados na construção da casa, da ventilação (ou falta dela) e do clima.

Neste artigo abordamos, entre outros, algumas formas de prevenir a formação de humidade em casa, as causas que podem estar na sua origem e algumas dicas caseiras para a eliminar.

Quais as causas da humidade em casa?

A humidade pode ser causada por infiltrações, intempéries, vapores ou capilaridade

Além de saber como lidar com a humidade em casa, é preciso identificar quais as suas causas. Poderá até solucionar temporariamente o problema, todavia, se não identificar a sua origem, não o erradicará. Desta forma, abordamos os principais tipos de humidade.

Humidade causada por infiltrações

É um dos tipos de humidade mais comuns e também um dos mais perigosos, dado poder comprometer a estrutura do imóvel.

As infiltrações ocorrem quando há penetração de água diretamente no interior da habitação, regra geral, em virtude de problemas nas canalizações. Em prédios urbanos, o aparecimento de humidade poderá ter como causa um problema de humidade num outro prédio. O mesmo se aplica para as casas geminadas.

A melhor forma de eliminar a humidade causada por infiltrações, caso já tenha surgido, é recorrer a um profissional para identificar qual a canalização que poderá estar na origem do problema.

Humidade causada por intempéries

As intempéries são condições climáticas extremas – no caso, chuvas fortes que acabam por penetrar pequenas fissuras das paredes externas ou cobertura de um imóvel.

Para quem vive em moradias e não em prédios, uma forma simples de evitar este tipo de humidade é reforçar a proteção da cobertura. Outra opção é proceder a uma pintura da fachada com tintas impermeabilizantes, que ajudem na proteção contra a exposição contínua à água.

Humidade causada por vapores de água

Durante o banho, principalmente com a água muito quente, ou na cozinha na confeção de alimentos, é natural que a água evapore e que esse vapor entre em contato com partes mais frias da casa, como os vidros, metais e as paredes.

Isto origina a formação de algumas gotas de água no teto ou nas paredee e é mais comum em divisões pouco ventilados (casa de banho, por exemplo). Em alguns casos, isto poderá gerar problemas de humidade, sendo esta designada por humidade por condensação.

Para evitar o seu aparecimento, a melhor forma é promover a ventilação das divisões com menos entradas e saídas de ar.

Humidade causada por capilaridade

Ocorre principalmente no chão e nas partes inferiores das paredes, que absorvem a água do solo. É mais comum em construções feitas em terrenos húmidos, nas proximidades de rios.

Devido à impermeabilização deficiente, a água passa pelo solo e vai subindo pelo pavimento. Por isso, regra geral, a melhor (e porventura única) forma de resolver este tipo de humidade é reforçar a impermeabilização do edifício.

Abordados as principais causas/tipos de humidade, importa referir que, mesmo que não se depare com este problema, deverá de tempos a tempos chamar um profissional para verificar o aspeto do edifício.

Como se manifesta a humidade?

Regra geral, a humidade surge sobretudo nas paredes de casa, não obstante pode afetar também o piso, o teto, móveis, roupas e outros objetos, manifestando-se sob a forma de manchas escuras (de cor preta ou castanha), apresentando um aspeto irregular.

Com o tempo as manchas tendem a escurecer, levando à formação de bolor. Por esta razão, é particularmente importante que assim que surgirem os primeiros sinais de humidade em casa procure resolver logo o problema.

Como prevenir a humidade em casa?

Há várias formas de prevenir a humidade, ventilar o imóvel é apenas uma

Não há propriamente uma fórmula de ouro de prevenir o aparecimento de humidade em excesso em casa, dado que, como vimos, são várias as causas para o seu aparecimento. Não obstante, deverá considerar os seguintes aspetos:

Ventilar corretamente o imóvel

Manter todas as divisões da residência ventiladas e mais arejadas é importante, não apenas para evitar a formação de mofo nas paredes, devido à humidade, mas é também, uma forma de evitar doenças respiratórias em geral, dado favorecer a renovação do ar e evitar a propagação de vírus e bactérias. Se não há muitas janelas ou portas, os ventiladores ajudam!

Impermeabilização e isolamento.

É uma maneira de proteger a casa contra a passagem de líquidos ou vapores resultantes das chuvas, dos banhos ou outros. Há diversos produtos impermeabilizantes disponíveis no mercado, que podem ser aplicados nas paredes, pisos, rodapés, muros e outros locais. É um gasto a mais, mas certamente mais económico do que ter que lidar com problemas futuros.

Sensores de humidade

Trata-se de um equipamento com microssensores que mede a humidade relativa do ar, tanto nos ambientes fechados, como nos ambientes externos. A sua utilização ajuda a saber quando a humidade está muito alta e, assim, tomar as adequadas medidas de prevenção.

Extratores/exaustores de ar

Este equipamento ajuda a renovar o ar dentro dos ambientes fechados de forma natural. Além de ajudar a lidar com o excesso de humidade, ajuda também na regulação da temperatura, mantendo a casa com uma sensação térmica mais agradável, diminuindo a probabilidade de aparecimento de mofo.

Ar condicionado com função de desumidificação

Os aparelhos de ar condicionado são muito usados para diminuir a temperaturas e deixar o ambiente mais fresco. Noo entant, a função de desumidificar o ar, ou seja, de retirar a “humidade do ar”, é muito importante, especialmente nas residências com este problema.

Deverá, assim que surgirem os primeiro sinais de humidade em casa, tomar as devidas providências. Como já referimos, com o tempo o problema da humidade tende a agravar-se e não a melhorar.

Como eliminar a humidade em casa?

Uma das formas de evitar a humidade em casa ou minimizar as suas consequências é fazer uso de ingredientes simples que todos costumamos ter em casa. Embora não sejam uma solução a longo prazo, poderão ser uma solução a considerar.

Para a humidade nas paredes

IngredientesInstruções
VinagreMisture meia chávena de vinagre branco com um pouco menos de água. Em seguida coloque a mistura num borrifador, aplicando nas manchas das paredes. Deixe ventilar e secar. Repita este processo todos os dias durante uma semana.
Bicarbonato de sódioPasse um pouco de bicarbonato de sódio sobre as manchas de humidade, deixando atuar por aproximadamente duas horas. Depois, passe uma escova para retirar algum resquício. Repita uma vez ao mês.

Para a humidade nos objetos

IngredientesInstruções
Vinagre e bicarbonato de sódioOs dois ingredientes podem ser usados juntos. Basta diluir uma colher de bicarbonato em numa chávena de vinagre – mas dentro de um recipiente maior, já que a mistura tende a borbulhar. Com um borrifador, aplique nos objetos, deixando atuar por 10 minutos. Depois, retire com um pano seco.

Para a humidade no chão

IngredientesInstruções
Água sanitáriaDilua na proporção de 100 ml de água sanitária para 1 litro de água. Depois passe nos locais com manchas de humidade e deixe atuar por 30 minutos. Finalize passando um pano limpo.

Para a humidade nos armários

IngredientesInstruções
Bicarbonato de sódio ou sal marinhoColoque bicarbonato em pequenos recipientes, que colocará dentro dos armários, tanto nas prateleiras como nas gavetas. Isto poderá ajudar a que o mofo causado pela humidade não afete as roupas. Neste caso, o bicarbonato pode ser substituído por sal marinho.

Para quem preferir, há também diversas opções de produtos específicos para reduzir a humidade em casa que podem ser facilmente encontrados em qualquer supermercado.

Além de utilizar os produtos, sejam estes caseiros ou industriais, para evitar a humidade, é sempre importante deixar a casar respeirar, promovendo a ventilação da mesma, nomeadamente abrindo janelas e portas.

Mariana Bueno

Brasileira, jornalista e escritora. Desde criança tem os livros como os seus grandes companheiros e, mais tarde, transformou a escrita em profissão. É formada em Comunicação e pós-graduada em Media Digitais. Gosta de transmitir informações por meio dos seus textos e adora ouvir e contar boas histórias, de preferência as que descobre ao viajar por diferentes lugares.