Indicativos de Portugal: lista completa de todas as regiões

Os indicativos de Portugal, ou indicativos telefónicos nacionais, como são também conhecidos, são os códigos telefónicos que representam cada região do país e que devem ser usados sempre que realizar uma chamada telefónica para um número fixo.

É semelhante ao que acontece nas ligações telefónicas feitas para outros países, nas quais é necessário usar os indicativos internacionais definidos pela União Internacional de Telecomunicações (UIT).

Neste artigo falaremos um pouco mais sobre os indicativos de Portugal, partilhando, entre outros, uma lista completa com todos os indicativos do país.

Para que servem os indicativos de Portugal?

Em Portugal os números e códigos telefónicos são regulados pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), no Plano Nacional de Numeração, onde estão definidos o formato e a estrutura dos recursos de numeração.

A criação dos indicativos telefónicos nacionais tornou-se necessária para suportar uma maior quantidade de números de telefone fixos e portáteis. Os indicativos telefónicos nacionais vieram permitir que duas ou mais pessoas tenham o mesmo número de telefonem desde que possuam indicativos diferentes.

Exemplo: João reside no Porto e o seu número de telefone é 225555555, enquanto a Catarina, que reside em Lisboa, tem o número de telefone o 21 5555555. Ambos usam o número 5555555, todavia, enquanto o número do João tem o indicativo telefónico correspondente ao Porto (22), o número da Catarina tem o indicativo de telefónico de Lisboa (21).

Como usar os indicativos de Portugal?

Quem tem familiares, amigos ou mesmo contatos profissionais em outras regiões de Portugal certamente já sabe da necessidade de utilizar estes códigos telefónicos, que devem ser digitados sempre antes do número para o qual pretende ligar.

Fazer isso é muito simples: ao realizar uma ligação telefónica, basta digitar o indicativo referente ao local de destino da ligação e, em seguida, o número do contato.

Dois exemplos para entender melhor:

O indicativo de Lisboa é 21. Se estiver no Porto e for telefonar para alguém de Lisboa, deverá digitar 21, seguido do número da pessoa com quem deseja falar. (por exemplo: 21 555 55 55).

O mesmo vale para a situação contrária. Se estiver em Lisboa e quiser telefonar para o Porto, deverá ser digitado o indicativo do Porto 22, seguido do número de telefone. O mesmo aplica-se a todas as regiões de Portugal.

Em abono da verdade, acabamos por nem nos apercebermos da existência dos indicativos nacionais, dado que ao decorar ou gravar um número de telefone, acabamos por o fazer já com o indicativo incluído.

Lista de indicativos telefónicos de Portugal

Sabemos que é difícil (e até mesmo desnecessário) decorar todos indicativos de cada lugar. Por isso a melhor opção é ter consigo uma tabela que possa consultar sempre que precisar.

Com o intuito de lhe facilitar a vida, partilhamos uma lista com os indicativos de Portugal para quando precisar de fazer um telefonema.

Confira abaixo os indicativos de Portugal:

Portugal continentalIndicativo nacional
Abrantes241
Arganil235
Aveiro234
Beja284
Braga253
Bragança273
Caldas da Rainha262
Castelo Branco 272
Castro Verde286
Chaves276
Coimbra239
Covilhã275
Estremoz268
Évora266
Faro289
Figueira da Foz233
Guarda271
Idanha-a-nova277
Leiria244
Lisboa21
Mealhada231
Mirandela278
Moncorvo279
Moura 285
Odemira283
Penafiel255
Peso da Régua254
Pombal236
Ponte de Sôr242
Portalegre245
Portimão282
Porto22
Proença-a-nova274
Santarém243
Santiago do Cacém269
São João da Madeira256
Seia238
Setúbal265
Tavira281
Torres Novas249
Torres Vedras261
Valença251
Viana do Castelo258
Vila Franca de Xira263
Vila Nova de Famalicão252
Vila Real259
Viseu232
MadeiraIndicativo nacional
Funchal291
Porto Santo       291
AçoresIndicativo nacional
Angra do Heroísmo295
Corvo292
Faial292
Flores292
Graciosa295
Horta292
Pico292
Ponta Delgada296
São Jorge295
São Miguel        296
Santa Maria296

Além de necessários ao fazer uma ligação telefónica, os indicativos de Portugal também podem ser úteis para ajudar a identificar a proveniência regional de uma chamada recebida, sobretudo quando esta for feita de uma localidade diferente da sua.

A redação do trabalhador.pt