Limpar ecrãs: como o fazer e que produtos usar?

Saber como limpar ecrãs de computadores, tablets, televisores e mesmo de smartphones é fundamental para manter o bom funcionamento dos aparelhos. Embora a limpeza dos ecrãs seja uma tarefa relativamente simples, a verdade é que não se pode fazer de qualquer forma, nem com qualquer produto, sob pena de danificar os aparelhos.

Não é assim tão incomum que, ao tentar limpar ecrãs, o problema se agrave, acabando estes por ficarem com mais manchas ou até riscados. Isto acontece porque os ecrãs são aparelhos muito finos e feitos de um material muito sensível.

Para o ajudar a realizar esta tarefa, redigimos o presente artigo onde, entre outros, partilhamos algumas dicas para limpar os ecrãs lá de casa. Boa leitura!

Como limpar ecrãs corretamente?

Como já referimos limpar ecrãs não é difícil. Para isso, são apenas necessários dois produtos que tem por casa: água e um pano liso e limpo que não solte linhas ou fiapos. Os demais produtos e objetos que podem ser utilizados na limpeza dos ecrãs são opcionais, não sendo essenciais.

Antes de começar a limpeza, o primeiro passo é desligar o aparelho da corrente elétrica e esperar até que arrefeçam. Depois basta seguir o passo a passo, que partilhamos em seguida, em função do aparelho que pretende limpar:

Limpar ecrãs da televisão e do computador

  1. Comece a limpeza do ecrã passando um pano seco pelas bordas do aparelho. Regra geral, nesta zona é possível colocar um pouco mais de pressão, caso necessário. Poderá também utilizar um pincel para retirar sujidade que esteja agarrada nas bordas;
  2. Em seguida, passe o pano no centro do ecrã, de forma leve e com movimentos circulares, sem exercer pressão, visto que esta zona é particularmente sensível;
  3. Se houver marcas de dedos ou mesmo sujidade agarrada, a dica poderá passar por colocar um pouco de água no pano de modo a que este fique húmido. Isto poderá ser feito também com um algodão. Nestes casos, a limpeza deverá ser sempre finalizada com um pano seco de forma a remover a humidade presente no ecrã.

Outra opção é usar produtos específicos para limpar ecrãs, que poderão ser encontrados em supermercados, lojas de informática ou sites especializados na internet.

No entanto, é importante ter atenção que em nenhuma circunstância deve colocar água ou o líquido de um produto de limpeza diretamente no ecrã. Estes devem ser sempre aplicados num pano – numa quantidade reduzida.

Por fim, referir que se deve certificar que o pano usado na limpeza do ecrã nunca foi utilizado em outras superfícies, dado que poderão haver partículas de sujidade agarradas impercetíveis ao olho humano. E´ relativamente comum termos panos em casa que usamos apenas na limpeza de janelas ou dos vidros, no entanto, mesmo estes não devem ser utilizados.

Limpar ecrãs de tablets ou telemóveis

É relativamente comum que os ecrãs dos tablets e smartphones fiquem mais sujos que os de computadores e televisores. Como a sua utilização é através do toque, é natural que fiquem com marcas de dedos ou outro tipo de sujidade (gordura, por exemplo).

Precisamente por esse motivo, a utilização de um pouco de água num pano poderá não ser suficiente, sendo necessário um pouco de sabão sólido ou de um produto equivalente. Siga o passo a passo:

  1. Com o auxílio de um cotonete, passe um pouco de sabão sólido nas entradas dos cabos. Se necessário, passe o cotonete também no próprio ecrã, nas áreas com mais marcas. Sempre em quantidades pequenas.
  2. Em seguida, passe um pano seco por todo o ecrã. Outra dica é colar uma fita adesiva e arrancar. Isso ajuda a retirar o pó mais fino, que ficará agarrado na fita.

Que produtos não usar para limpar ecrãs?

Os detergentes e desinfetantes não devem ser usados para limpar ecrãs, assim como uma grande parte dos produtos limpa-vidros e produtos com álcool e acetona. Estes podem causar manchar os ecrãs e outro tipo de danos.

Referir ainda que deve ter cuidado com o papel de cozinha ou papel higiénico que que passa nos ecrãs. Embora, regra geral, sejam produtos macios, poderão haver produtos mais ásperos suscetíveis a riscarem ecrãs.

Depois da limpeza dos ecrãs, é importante que, ao voltar a ligar os aparelhos à corrente elétrica, se certifique que estão totalmente secos.

É certo que com o tempo a sujidade voltará a atrapalhar a visualização, razão pela qual é importante fazer uma limpeza frequente dos ecrãs dos seus aparelhos eletrónicos.

Por fim, lembre-se de ler o manual de instruções, dado que a generalidade dos fabricantes já disponibiliza informações de como limpar os aparelhos eletrónicos, bem como o tipo de produtos que deve usar.

Esperamos que com estas dicas a limpeza dos ecrãs tenha ficado ainda mais simples. Como referimos é algo fácil, desde que certifique que não está a utilizar os produtos errados. Boas limpezas!

Mariana Bueno

Brasileira, jornalista e escritora. Desde criança tem os livros como os seus grandes companheiros e, mais tarde, transformou a escrita em profissão. É formada em Comunicação e pós-graduada em Media Digitais. Gosta de transmitir informações por meio dos seus textos e adora ouvir e contar boas histórias, de preferência as que descobre ao viajar por diferentes lugares.