Areia para gatos: como escolher a melhor?

“Qual a melhor a melhor areia para gatos?” Esta é uma pergunta muito comum e pertinente para quem tem este animal de quatro patas em casa. Ao contrário do que muitas pessoas podem achar, o tipo de areia que escolhe para o seu gato pode ditar frequentemente os comportamentos do mesmo. Por exemplo, se a areia que escolher não for a indicada, o seu animal poderá acabar por realizar as suas necessidades em todos os locais menos o correto – um pesadelo para qualquer um.

Neste artigo, explicamos-lhe como optar pela melhor areia para gatos e qual a importância desta decisão.

Porque é a areia para gatos importante?

Se durante todo este tempo pensou que o tipo de areia que escolhe para os seus gatos é indiferente e que qualquer um serve o seu propósito essencial, engana-se! É verdade que os donos de gatos estão poupados do trabalho que é levar os seus animais a passear diariamente para que estes possam realizar as suas necessidades, mas é importante saber que não basta comprar uma caixa de areia aleatória e esperar que o seu gato se habitue e se saiba comportar adequadamente perante a mesma de forma instantânea.

Apesar dos veterinários considerarem as caixas de areia como a melhor opção para os gatos, a verdade é que estas têm problemas associados, como a presença de odores e poeira, por exemplo, que podem ser razões suficientes para o seu gato as recusar – daí a importância de escolher o produto certo. No entanto, vale a pena mencionar que, além do tipo de areia, também a regularidade de limpeza da caixa influencia o comportamento do gato perante a mesma.  

Antes de comprar areia para gatos lembre-se…

Antes de comprar a areia ideal para o seu gato, existem alguns fatores que deve ter em conta, visto que estes podem acabar por influenciar a sua decisão:

  • Número de gatos que tem: isto porque existem areias que não são apropriadas para acolher excrementos em demasia, o que aconteceria com a presença de mais de um gato em casa.
  • Frequência com que o seu gato utiliza a caixa de areia;
  • Frequência com que são removidos os dejetos;
  • Disponibilidade que tem para limpar as caixas de areia: se não tiver tempo para limpar a caixa de areia, o odor ficará mais facilmente entranhado na mesma, o que irá afastar o seu gato do local. Além disso, a propagação de bactérias será também mais facilitada.
  • Localização da caixa de areia: se está colocada numa área ventilada ou arejada, no exterior, ou num espaço fechado.
  • Características do gato: deve considerar se este é alérgico a determinado tipo de areia.

Como escolher a melhor areia para gatos?

Antes de mais, é importante referir que a grande maioria das areias para gatos disponíveis no mercado são eficazes no que toca a absorver a urina, sendo que o problema recai normalmente na sua capacidade em eliminar os odores dos excrementos. Este é um fator importante, pois devido ao olfato apurado dos gatos, estes podem rejeitar tal areia assim que sentirem os odores indesejados. Não se esqueça que este é um animal extremamente limpo, e que, como tal, exige que este espaço esteja devidamente cuidado.

De seguida, apresentamos-lhe as areias para gatos mais comuns:

Pérolas de sílica

Esta areia é formada por microcristais e é conhecida pela sua grande capacidade de absorção, sendo por muitos considerada a melhor areia no mercado. Estas pérolas são assim muito eficazes em absorver a urina do gato e a remover os odores dos excrementos. Quanto às desvantagens, esta areia é apenas aconselhada para quem tem só um gato, pois as urinas frequentes resultam numa perda rápida do poder de absorção. Se tiver dúvidas quanto ao momento em que deve substituir esta areia, basta saber que deve trocá-la quando esta começar a ganhar uma cor amarelada.

Areia aglomerante

A areia aglomerante é constituída por argilas denominadas “bentonite” e apesar de possuir uma capacidade de absorção elevada, é inferior à areia sílica neste aspeto. Quanto às suas vantagens, sempre que o gato urina, forma-se instantaneamente uma bola aglomerada muito fácil de remover e o odor é isolado do exterior. Assim, esta areia é uma boa escolha para quem pretende conceder ao seu gato o melhor conforto e para quem não deseja sentir a presença de odores no interior de sua casa.

Areia granulada

Este é o tipo de areia mais básico. É composta por um mineral absorvente, sepiolite, cuja qualidade é bastante baixa, principalmente quando comparada com as restantes areias já mencionadas. Além da capacidade de absorção inferior, esta areia precisa de ser substituída mais frequentemente, liberta muita poeira e não elimina os odores dos excrementos. Este é o tipo de areia que fará com que o seu gato prefira urinar noutro local. No entanto, é realmente o produto mais barato que poderá encontrar. Neste caso, recomendaríamos utilizar a areia granulada apenas se não tiver possibilidades financeiras para investir num produto de qualidade mais elevada.

Pelletes de Bambu

Este tipo de areia é produzido à base de madeira (bambu), e possui uma boa capacidade de absorção, grande durabilidade, sendo ainda biodegradável. Esta areia possui ainda funções antibacterianas, antioxidantes e desodorizantes que protegem o seu gato e mantêm o ar limpo e fresco dentro de casa. Por ser biodegradável, pode descartá-la pela sanita.

Dicas úteis para cuidar da areia para gatos

  1. Remova os excrementos uma vez por dia;
  2. Substitua a areia assim que verificar que a capacidade de absorção da mesma está a diminuir;
  3. Se a areia que escolheu não conseguir remover os maus odores eficazmente, utilize um spray desodorizante para esse efeito;
  4. Mais uma vez, se a sua areia não conseguir remover eficazmente os odores associados aos excrementos do gato, aconselhamos a compra de uma caixa fechada, que também evita que a poeira ou areia salte para o exterior;
  5. Substitua o filtro de carvão ativado regularmente;

Com base nestas informações, esperamos que consiga tomar uma decisão informada quanto ao tipo de areia mais apropriada para o seu animal de estimação. Esperamos ter ajudado!

A redação do trabalhador.pt