Cartão refeição santander: o que é e onde o pode usar?

Cada vez é mais comum vermos empresas utilizar um cartão refeição santander para pagar mensalmente o subsídio de refeição aos seus funcionários. Mas será que pode usar este cartão em todos os estabelecimentos? E será que só pode realmente fazer despesas alimentares?

Estas são apenas duas das questões muitas questões que procuramos responder neste artigo, de modo a acabar com as dúvidas associadas a este tema. Boa leitura!

O que é o cartão refeição santander?

Este cartão serve para as empresas pagarem o subsídio de alimentação aos seus funcionários. Em vez do pagamento ser feito em dinheiro, usa-se agora este cartão que deverá ser depois utilizado para comprar as refeições ao longo do mês. O valor do subsídio é transferido mensalmente pelo empregador.

O cartão refeição santander funciona exatamente como qualquer outro cartão multibanco convencional. No entanto, não pode realizar levantamentos do dinheiro disponível no cartão. Tal contrariaria o propósito do pagamento do subsídio ser realizado deste modo – não pode converter o valor contido nos cartões em dinheiro. Além disso, também não poderá usar este cartão em lojas de roupa ou livrarias, por exemplo. De seguida, explicamos porquê.

Onde pode usar o cartão refeição santander?

Apesar de funcionar como um cartão multibanco comum, a verdade é que o cartão refeição santander está sujeito a algumas limitações. Além de não poder realizar levantamentos de dinheiro com este cartão, também não poderá usá-lo em estabelecimentos de outro setor que não o alimentar. Vale a pena lembrar que este é um cartão de refeições, e cujo propósito serve para os funcionários de dada empresa pagarem as suas despesas alimentares ao longo do mês.

Assim, este cartão pode ser utilizado apenas nos seguintes estabelecimentos:

  • Supermercados;
  • Restaurantes;
  • Lojas online do setor da restauração/alimentação;
  • Lojas tradicionais de restauração/alimentação.

Contudo, é necessário ter em conta que as lojas em questão devem ter um acordo com o Santander, de modo a poder utilizar o cartão nestes locais.

Posso usar o para despesas não alimentares?

Sim. Suponhamos que precisa de comprar algum artigo não alimentar e que quer pagá-lo com o cartão refeição santander. Poderá fazê-lo desde que escolha um dos locais mencionados anteriormente. Por exemplo, se quiser comprar uma máquina de lavar a roupa, deve dirigir-se a um supermercado e não a outra loja que não esteja abrangida pelas condições de uso do cartão refeição.

Quais as vantagens deste cartão refeição?

O cartão refeição santander oferece vantagens tanto para os funcionários como para os empregadores, entre as quais:

  • A comissão de disponibilização deste cartão é de 0%;
  • Poupança fiscal anual para a empresa: 164,38€ por colaborador;
  • Poupança fiscal anual para os colaboradores: poupança fiscal em sede de IRS para os funcionários;
  • Serviço Contactless para pagamentos até 50€;
  • Segurança reforçada com um PIN;
  • Possibilidade de realizar pagamentos via MB WAY;
  • Consulta online dos saldos e movimentos do cartão;
  • O valor não gasto pode ser acumulado;
  • Várias opções no que toca aos locais onde os funcionários poderão comer;

Como consultar o saldo do cartão refeição?

É possível consultar o saldo do cartão refeição santander a partir de duas opções: App Santander e NetBanco.

Consultar através da App Santander

  • Descarregue e aceda à App Santander;
  • Escolha o ícone de cartão;
  • Introduza o número do seu Cartão Refeição;
  • Introduza o código CVV2 (3 últimos dígitos no verso do cartão) do seu cartão 2 vezes;
  • Realize a consulta que deseja;
  • Termine sessão para uma maior segurança;

Consultar através do NetBanco

  • Clique na área de consulta do Cartão Refeição;
  • Insira o número do seu cartão;
  • Insira o código CVV2 (3 últimos dígitos no verso do cartão) do seu cartão 2 vezes;
  • Realize a consulta que deseja;
  • Termine sessão para uma maior segurança;

Qual o valor pago em cartão refeição?

O Orçamento de Estado define limites superiores de isenção fiscal para o subsídio de refeição caso este for realizado através de um vale refeição e não em dinheiro.

Assim, o subsídio de refeição pago em numerário não está sujeito a impostos até ao valor diário correspondente a 4,77€. No entanto, se o subsídio for pago através de um Cartão Refeição, não há tributação até 160% do valor de referência (7,63€).

Assim, permite-se um benefício fiscal adicional sobre 2,86€ por colaborador/dia. O equivalente a uma poupança fiscal adicional sobre 62,62€ por mês e 692,12€ por ano. São estes benefícios que levam as empresas a optar por um cartão refeição.

Existem outros cartões refeição?

Além do cartão refeição santander, existem mais opções oferecidas por diferentes instituições financeiras, pelo que cabe à empresa em questão decidir o tipo de cartão que prefere tendo em conta as suas vantagens e desvantagens. Outros cartões refeição são:

  • Cartão Payrest (BANIF);
  • CA Buffet;
  • Catão Montepio Menu;
  • Ticket Restaurant;
  • Euroticket (Edenred);
  • Sodexo Refeição Pass;
  • Cartão Caixa Break.

O cartão refeição santander surge assim como uma ótima forma para as empresas fornecerem subsídio alimentar aos seus colaboradores, enquanto ambas as partes desfrutam de diferentes benefícios. Esperamos ter ajudado!

Catarina Fonseca

Desde cedo uma curiosa nata, decidiu seguir Ciências da Comunicação para desenvolver a sua paixão pelo jornalismo e pela escrita. Agora formada, gosta de se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, e leva sempre um caderno e câmara fotográfica às costas para eternizar as suas experiências.