Renting automóvel: o que é e quais os benefícios

Na hora de adquirir um automóvel, a generalidade das pessoas opta pelo crédito automóvel ou ainda pelo pronto pagamento, evitando assim dívidas duradouras que tanto apertam o orçamento. No entanto, existe nova opção que tem despertado a atenção dos consumidores: o renting automóvel.

Mas, o que vem a ser o renting automóvel? Quais os principais benefícios aos quais o comprador poderá ter acesso ao escolher esta modalidade? Se ficou interessado neste assunto, então não deixe de ler este artigo e acabe, de uma vez por todas, com as suas dúvidas. Boa leitura!

O que é o renting automóvel?

Também conhecido como Aluguer Operacional de Viaturas (AOV), o renting automóvel nada mais é que uma modalidade de financiamento similar ao Aluguer de Longa Duração (ALD). A principal diferença consiste no facto de que, no fim do contrato, não há a obrigatoriedade de o consumidor adquirir a viatura. Ao optar pelo renting, o consumidor tem a garantia da prestação de serviços associados, por um período e quilometragem pré-definidos, mediante o pagamento de uma mensalidade.

Portanto, pode-se afirmar que estamos diante de uma espécie de empréstimo, no qual o consumidor tem de pagar um valor de entrada para garantir eventuais prejuízos para a prestadora de serviços e também para cobrir custas administrativas. O renting automóvel inclui todos os serviços necessários ao bom funcionamento e conservação do automóvel, cabendo ao locatário apenas os custos referentes à manutenção básica (água do carro, limpeza interior, combustível, etc).

Importante referir que a maior parte da situações, o renting oferece soluções personalizadas, o que permitirá que o consumidor faça ajustes de acordo com as suas necessidades ao longo da vigência do contrato, tais como quilometragem e serviços, sendo que a mensalidade será ajustada às alterações.

Por falar em dinheiro, o valor do renting automóvel sofre variações consideráveis, principalmente no que respeita à marca, modelo, cor e até extras que o veículo pretendido possa oferecer. No entanto, engana-se quem pensa que esta é uma solução dispendiosa: por valores a rondar os 200€ / mês é possível conseguir o empréstimo de um carro.

Agora que já sabe o que é renting automóvel, fique atento às respostas para as principais dúvidas relacionadas a este serviço. Confira.

Quem pode contratar o renting automóvel?

O renting automóvel foi concebido para atender, inicialmente, empresas ou entidades equiparadas, empresários em nome individual e órgãos de administração pública. Entretanto, hoje há já um público cativo de particulares que se interessam por esta alternativa, que se tem mostrado uma opção inteligente de “aquisição” de viatura, visto não haver grandes responsabilidades financeiras, como gastos com a manutenção, seguros, IUC, entre outros fatores inerentes à “compra tradicional”.

É possível fazer renting de um carro usado?

Sim, embora a maior parte dos renting sejam destinados a carros novos, existem soluções que contemplam o aluguer de carros usados, que poderá ser ainda mais acessível. No término do contrato, deverá devolver a viatura e assim extinguir-se-á qualquer responsabilidade para com o veículo (desde que este esteja em perfeito estado), caso não haja necessidade de renovação do serviço, tampouco de compra do automóvel.

Quais os serviços incluídos no renting?

Os contratos e valores variam de empresa para empresa, marca e modelo do automóvel. Não obstante, via de regra, os principais serviços de apoio são os seguintes:

  • Manutenção preventiva e corretiva uma ou mais vezes por ano e, também, em caso de avaria ou acidente;
  • Seguro pago pela empresa locadora;
  • Substituição de pneus, quando necessário, gratuitamente;
  • Veículo de substituição quando necessário;
  • Assistência em viagem;
  • Pagamento do IUC por parte da empresa;
  • Linha de apoio 24h por dia;
  • Gestão de sinistros por parte da empresa (toda a parte burocrática);
  • Pagamento das inspeções periódicas obrigatórias;
  • Cartão de combustível e/ou pagamento de uma parte do mesmo, assim como de líquido AdBlue (caso seja praticável), com valores a serem acordados entre as partes.

É possível cancelar o contrato antes do término?

Sim, contudo, a generalidade dos contratos apresenta cláusulas que exigem, além da devolução do veículo, o pagamento de uma percentagem a rondar os 50% das mensalidades restantes em caso de desistência do renting automóvel.

Importante referir que a maior parte das empresas determina que o primeiro ano deve ser pago integralmente, ainda que não haja mais interesse do consumidor pelo serviço. Ou seja, esta não será uma decisão acertada, a menos que seja indispensável rescindir o acordo por motivos incontestáveis.

Como comparar preços e condições?

Antes de fechar negócio, recomenda-se uma pesquisa a fim de encontrar as condições que sejam mais interessantes para si ou para sua empresa. Entidades como a ACP, a DECO, a Via Verde, ou até de financiamento como a LeasePlan, costumam oferecer condições para particulares que desejam aderir à modalidade.

Para otimizar tempo, recomendamos que, antes de começar a sua pesquisa, defina qual é a marca e o modelo que lhe interessa, bem como o número de quilómetros que possivelmente irá percorrer. Feito isto, procure nos sites das principais prestadoras de serviço as soluções que cada uma oferece.

Os contratos de renting automóvel, via de regra, têm duração mínima de um ano e máxima de 48 meses, assim como um limite máximo de quilómetros anual e/ou durante a vigência do contrato.

Como pôde perceber, o renting automóvel é uma solução interessante e económica, sobretudo para aqueles que não acreditam ser o carro um investimento para a vida, isto é, não sentem a necessidade de ter a posse do veículo por acreditarem que este trata-se apenas de uma ferramenta de locomoção que facilita o dia a dia.

Ademais, o renting possibilita a troca por um outro modelo de carro, sem o prender a um veículo cujo uso, por ventura, não tenha sido satisfatório. Faça uma simulação e irá perceber as vantagens financeiras do renting face à compra recorrendo ao crédito automóvel. Bons negócios!

Luana Castro Alves

Licenciada em Letras e Pedagogia, redatora e revisora, entusiasta do universo da literatura, sempre à procura das palavras. "Não se pode escrever nada com indiferença." (Simone de Beauvoir)