Acha que vai ser promovido? Dicas para uma entrevista de promoção

Ao escolher trabalhar numa empresa em detrimento de outra é importante considerar vários fatores, designadamente a possibilidade de crescer dentro da mesma. As promoções podem ocorrer de diferentes formas e ter na sua base diferentes motivos. Em certos casos são feitas diretamente, noutros funcionam numa lógica de concurso.

Em muitas situações, quando um funcionário é selecionado como um potencial candidato à promoção é habitual realizar-se uma entrevista de promoção. Esta nada mais é que parte de um processo seletivo, com algumas semelhanças à entrevista que se realiza aquando da admissão a uma empresa.

Neste artigo abordamos as entrevistas que têm como propósito avaliar se o funcionário reúne as competências necessárias para assumir uma nova posição dentro da empresa, geralmente mais bem remunerada, mas acarretando mais responsabilidades.

Preparação para a avaliação interna

É fundamental que se prepare para uma possível entrevista de promoção, a começar por uma conversa franca com o seu superior hierárquico (ou colegas que já tenham passado por isso, caso seja o seu chefe a entrevistá-lo). Antes de sequer avançar, é importante discutir a sua decisão com a sua chefia direta, quanto mais não seja até para tentar obter feedback do seu desempenho na atual função e da forma como é avaliado.

Outra parte importante da preparação para a entrevista de promoção é estudar o cargo que está disponível, procurando obter o máximo de informações que conseguir junto de colegas que desempenhem a mesma função.

Aproveite para rever algumas coisas que pode já ter esquecido sobre a empresa para a qual trabalha, nomeadamente a missão, a visão e os seus valores.

Obviamente esta preparação pressupõe antecipar potenciais críticas, afinal há uma probabilidade muito grande de o entrevistador ter solicitado feedback junto do seu superior hierárquico direto. Portanto, caso surja alguma crítica, é importante que a trate com a máxima confiança/naturalidade possível.

Deverá também criar mentalmente uma lista de objetivos que tenha atingido na sua atual posição, procurando usá-los como elemento diferenciador face a outros potenciais concorrentes.

Perguntas frequentes numa entrevista de promoção

Outra dica a considerar é investir algum tempo a praticar respostas a perguntas que lhe possam ser colocadas pelo entrevistador. Antecipar perguntas complicadas pode ser determinante para que, na hora H, não se mostre desconfortável ou sem saber o que dizer.

Exemplos de perguntas frequentes:

  • O que mais aprecia no seu atual cargo?
  • O que o leva a candidatar-se à nova posição?
  • Como o descreveriam os seus colegas de trabalho?
  • Como reagirá se não for o selecionado?
  • Caso seja aprovado, qual o próximo passo?

1. O que mais aprecia no seu atual cargo?

Quando o entrevistador faz esta pergunta pretende perceber a forma como encara a sua atual função, bem como a empresa como um todo. Ou seja, quererá aferir se tem uma visão positiva da instituição onde trabalha e se esta vai ao encontro das suas expetativas/exigências.

Portanto, concentre-se numa questão: positividade. Reforce que a empresa o ajudou a chegar onde chegou, mas, que sente que ainda pode oferecer mais, já que a sua experiência aumentou consideravelmente desde que ali começou a trabalhar.

Refira também que, embora se tenha aplicado para isso acontecer, considera-se um privilegiado pela empresa onde trabalha e pelos colegas de trabalho que tem.

2. O que o leva a candidatar-se à nova posição?

Como esta pergunta o entrevistador pretender conhecer as suas motivações para se candidatar à nova posição, tentando aferir que a mesma não é apenas movida por um aumento salarial ou motivos fúteis.

Aproveite esta oportunidade para mostrar que o motivo pelo qual se candidata está relacionado com as expetativas que tem (ou percurso que idealizou) e com acreditar que as suas competências podem ajudar a empresa. É importante mostrar que cresceu desde que começou a trabalhar na empresa, referindo que aprimorou as suas competências, e que é hoje melhor profissional do que era.

O entrevistador também quererá saber se conseguirá lidar com uma nova função. Poderá falar, por exemplo, que superou as suas próprias expetativas na função atual, e que agora está à procura de novos desafios.

3. Como o descreveriam os seus colegas de trabalho?

Não se engane: o entrevistador já sabe como os seus colegas de profissão o encaram, no entanto o que realmente pretende é verificar se a sua autoimagem não está desajustada da imagem que os seus colegas têm de si. Esta pergunta poderá ainda ser colocada para aferir a relação que tem com os seus colegas de trabalho. É certo que, não sendo a melhor, o feedback dos seus colegas poderá também não ser propriamente positivo.

Uma dica? Peça um feedback aos seus colegas antecipadamente, isso confere-lhe uma oportunidade para se preparar melhor para a entrevista de promoção, bem como aferir a opinião que os seus colegas terão de si.

4. Como reagirá se não for o selecionado?

É necessário que você esteja ciente de que pode não conseguir a nova vaga dentro da empresa. Portanto, apesar da potencial frustração que isso lhe cause, deverá manter uma postura profissional. Lembre-se que a promoção pode não vir agora, mas certamente haverá uma outra oportunidade.

Com esta pergunta o entrevistador pretende saber a forma como lida com a rejeição e frustração. Além disso, esta é uma boa forma de perceber se é uma pessoa determinada (mesmo perante circunstância menos positivos), bem como de aferir a forma como encara o seu percurso na empresa.

5. Caso seja aprovado, qual o próximo passo?

A resposta a esta pergunta deverá ser feita de acordo com dois pontos.

O primeiro diz respeito ao conhecimento que tem da vaga. Ou seja, deverá dar uma projeção do que poderá fazer na empresa nos próximos meses, com base no que estudou antes a respeito da vaga.

O outro ponto diz respeito às expetativas da empresa, às suas projeções de crescimento, entre outros. Caso se aplique, pode referir que trabalhará na moral da equipa que vai gerir e procurar estabelecer metas condizentes com a realidade, bem como procurar reduzir gastos desnecessários.

Dicas finais para uma entrevista de promoção

Tentando resumir as dicas que fomos dando ao longo deste artigo, diríamos que, de um modo geral, é importante que, para além das respostas às perguntas que lhe forem colocando, é importante falar um pouco sobre o seu percurso profissional dentro da empresa, bem como da sua motivação para desempenhar uma nova função, procurando-se diferenciar dos outros candidatos.

A ideia é construir uma narrativa tendo em consideração o seu percurso de forma a que o entrevistador fique convencido que atribuir-lhe uma nova posição nada mais é que um passo natural e expectável.

A redação do trabalhador.pt