Quais as melhores raças de cães para apartamento?

Adotar um animal de companhia, como um cão, por exemplo, é uma decisão que deve ser devidamente ponderada. Há vários fatores a considerar, nomeadamente a disponibilidade para assegurar que as necessidades do animal são atendidas.

Uma grande parte das pessoas acaba por escolher um cão em função da raça, não pelas suas características (isto é, se necessita de muita atenção, se ladra muito, etc.), mas pelo seu aspeto.

Há determinadas circunstâncias que são importantes serem consideradas, nomeadamente o espaço disponível para o animal. Existe uma conceção de que as raças de cães pequenos são as melhores para viver em apartamentos. Embora possa ser verdade em alguns casos, nem sempre será assim. Há bastantes raças de cães grandes que se adaptam muito bem à vida num apartamento.

Quais os melhores cães para apartamento?

Como referimos anteriormente, ao decidir adotar um cão deve aferir quais as melhores raças de cães para apartamento. A vida em apartamentos tem as suas condicionantes, designadamente o espaço limitado e a necessidade de respeitar o descanso dos vizinhos.

Por estes e outros motivos, os “melhores” cães para apartamento poderão ser aqueles que com níveis de energia mais baixo e com menos tendência para ladrar (os vizinhos agradecem!). Se vive num apartamento de 30 m², um cão de pequeno porte é a opção mais sensata.

Outro fator a considerar é aferir os traços de personalidade de cada raça estão em linha com os seus. Queremos com isto dizer que se não gosta muito de sair para longas caminhadas diárias, por exemplo, talvez um cão que precise de muito exercício não seja o mais adequado. Se passa muitas horas fora de casa, uma raça de cães que precise de companhia muita atenção poderá não ser o ideial.

Em seguida, partilhamos algumas das melhores raças de cães para apartamento.

1. Yorkshire terrier

Yorkshire terrier

Trata-se de umas das raças caninas que melhor se adapta à vida em apartamentos, sendo considerada uma das mais indicadas raças de cães para apartamento. É um cão de pequeno porte que não necessita de muito espaço e é fácil de treinar.

O yorkshire é também muito alegre e ativo, e tem um nível de energia que é considerado alto. Apesar disso, não chega a ser um incómodo, principalmente se o cão se exercita diariamente.

Por ser muito inteligente, o yorkshire terrier é uma raça relativamente fácil de se treinar, o que evitará alguns “precalços” domésticos”. É um cão que tem alguma tendência a ladrar, no entanto o treino poderá ajudar nesta matéria. Outra vantagem que torna o yorkshire terrier uma das melhores raças de cães para apartamento é o facto do seu pelo ser hipoalergênico (provoca poucas reações alérgicas).

O yorkshire terrier é cão gentil, no entanto, precisa ser tratado com respeito e ser devidamente socializado para que não responda agressivamente.

As caminhadas diárias de 15 a 20 minutos diárias são uma excelente forma de gastarem a sua energia, deixando-os extremamente felizes. Perante temperaturas muito baixas, recomenda-se que sejam devidamente agasalhados. Embora não larguem muito pelo, precisam de uma escovação regular para manter a sua aparência bonita e saudável.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício20 minutos/dia
Nível de energiaAlto
Expetativa de vida14 a 16 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremBaixa
Tendência para ladrarAlta
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoMédia

 2. Greyhound

Greyhound

Os greyhounds são cães silenciosos, bem educados e independentes, devendo ser encarados como uma boa raça de cães para apartamento.

Trata-se de uma raça extremamente leal, gentil e afetuosa, apreciando a companhia de seres humanos. Embora sejam cães tímidos, a socialização adequada ajuda-os a serem mais confiantes e sociáveis. Recomendam-se que sejam sujeitos a treino, sobretudo se forem viver para apartamentos.

Os greyhounds gostam de ambientes silenciosos, sem muita agitação. Isso faz com que não sejam os cães mais tolerantes com as crianças. Gostam de atividades físicas, mas, ao mesmo tempo, adoram tirar longas sestas no sofá de casa.

Trata-se de uma raça de cão que gosta de caminhadas. Caminhadas curtas e várias vezes ao dia são suficientes para suprir suas necessidades. Não largam muito pelo e, por ser curto, é de fácil manutenção. Isto faz deles uma boa raças de cães para apartamento.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício20 a 40 minutos/dia
Nível de energiaBaixo
Expetativa de vida10 a 13 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremBaixa
Tendência para ladrarBaixa
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoMédia

3. Cavalier king charles spaniel

Cavalier king charles spaniel

O cavalier king charles spaniel, para além do nome da sua raça ser particularmente comprido, é um cão encantador, carinhoso, brincalhão e inteligente. Trata-se de uma raça extremamente cativante e leal aos donos.

São bons cães para apartamento dada a natureza dócil, são extremamente extrovertidos e dão-se muito bem com crianças. Na verdade, o cavalier king charles spaniel adora a interação com humanos, o que o torna uma ótima companhia.

Os cavaliers não pesam mais do que 8 quilos, são extremamente inteligentes e fácis de treinar. Adoram brincar e algo entre 20 a 40 minutos de exercício por dia são mais do que suficientes para deixá-los felizes e saudáveis.

Embora estes cães tenham uma tendência a ladrar às visitas, com o treino adequado e um reforço positivo, é possível a controlar o barulho excessivo nestes momentos.

Regra geral, é necessário um pouco mais do que uma escovação semanal e uma tosquia regular em função do crescimento do pelo. Embora o cavalier seja um cão peludo, não larga muito pelo. Trata-se de um boa raça de cães para apartamento.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício20 a 40 minutos/dia
Nível de energiaBaixa
Expetativa de vida10 a 13 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremBaixa
Tendência para ladrarBaixa
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoMédia

4. Poodle

Poodle toy

O poodle comum e o poddle toy são ótimas opções de cães para apartamento. Trata-se de uma raça sensível e que prefere um ambiente silencioso, com pouca atividade ou conflitos.

Os poodles têm a personalidade alegre e brincalhona, mas, ao mesmo tempo, são calmos e gostam de companhia e atenção. Com reforço positivo e socialização, são educados, dão-se bem com estranhos e com outros cães e animais de estimação.

São considerados uma das raças de cães mais inteligentes e, justamente por isso, precisam de estímulo mental regular. Atividades e treino de obediência deixam-os muito felizes.

Precisam de bastante exercício diário. A sua energia pode variar de moderada a alta e com pouca atenção e atividade ficam entediados e facilmente se podem tornar inquietos (e “destrutivos”).

Embora sejam um tanto ao quanto peludos, os poodles são bons cães para apartamento dado não soltarem muito pelo. No entanto, é preciso atenção, porque o seu pelo pode engalfinhar-se e formar uma espécie de “rasta”. É por isso necessário que seja escovado com bastante frequência, devendo ser tosquiado com regularidade.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício40 minutos/dia
Nível de energiaMuito alto
Expetativa de vida10 a 14 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremBaixa
Tendência para ladrarMédia
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoAlta

5. Basenji

Basenji

Embora seja conhecido como a única raça de cães que não ladra, o que faz deles um boa raças de cães para apartamento, o Basenji faz um som chamado de yodel. É como se fosse um uivo em falsete.

Apesar disso, o basenji é um cão bem silencioso e independente. Não obstante, é um animal de companhia um tanto ao quanto teimoso e, por isso, é preciso alguma paciência para treiná-lo.

Trata-se de um bom cão para apartamento dada a sua personalidade gentil e amorosa. Porém, é um cão com um instinto protetor bastante forte, podendo até ser encarado com um cão de guarda, não obstante o seu pequeno porte. Por essa razão, é importante que seja treinado para não se tornar agressivo com as visitas.

O basenji precisa de exercícios diários para se manter feliz e saudável. Como gosta de se lamber com frequência, o seu pelo não precisa de muita manutenção. Uma ou duas escovadas semanais são suficientes. Trata-se de uma boa raça de cães para apartamento.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício40 minutos/dia
Nível de energiaMuito alto
Expetativa de vida12 a 14 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremBaixa
Tendência para ladrarBaixa
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoMédia

6. Boston terrier

Boston terrier

Trata-se de uma raça brincalhona e divertida, o boston terrier é uma ótima escolha para pessoas que desejam uma companhia alegre e cheia de energia.

O boston terrier é corajoso, gentil e afetuoso. De tamanho pequeno, eles são bons cães para apartamento em que vivem crianças e idosos. Eles também precisam de bastante exercício, mas algumas atividades, brincadeiras e caminhadas diárias já são suficientes.

Estes são bons cães para apartamento, sendo considerados bastantes inteligentes. Pese embora a sua teimosia, são cães que podem e devem ser treinados. Embora possam latir às visitas, a maioria dos boston terries são extremamente acolhedora e recetiva.

É importante prestar atenção à temperatura, porque os boston terriers não se dão bem quando está muito frio ou muito calor. Um banho ocasional complementado por uma escovação do pelo é suficiente para controlar a queda e manter esta raça feliz e saudável.

CaracterísticasValores
Requisitos de exercício20 a 40 minutos/dia
Nível de energiaMédio
Expetativa de vida10 a 14 anos
Tendência para se babaremBaixa
Tendência para roncaremAlta
Tendência para ladrarMédia
Tendência para cavarBaixa
Necessidade de atençãoMédia

Esperamos que este artigo o tenha ajudado a decidir qual a melhor raça para adotar. Como referimos, nem todos as raças caninas se dão bem com a falta de espaço, por essa e outras razões, nem todos os cães devem ser considerados bons cães para apartamento.

Lembre-se que as necessidades básicas de cada raça devem ser atendidas para que o seu cão seja plenamente feliz e tenha uma vida saudável. Por isso, certifique-se que tem as condições de dar ao animal a vida que ele merece.

A redação do trabalhador.pt