Unhas de gel: vantagens, desvantagens e contraindicações

Antes de mais nada, sabe como surgiram as unhas de gel? Foi há cerca de 60 anos, quando um dentista descobriu que era possível aplicar a mesma resina utilizada na restauração dos dentes nas unhas.

Porém, em virtude dos materiais odontológicos serem muito caros, acabou por não se tornar algo muito popular. No entanto, mais tarde, descobriu-se um gel que endurecia apenas quando em contato com raios ultravioleta, tendo assim surgido as as unhas de gel.

As unhas de gel são compostas por um um gel fino e transparente. Contudo, a modelação é feita na própria unha, conforme a forma e tamanho pretendido. Basicamente, são duas as principais formas das unhas de gel, o alongamento ou apenas a esmaltação em gel, ambas feitas em cima da própria unha.

Em que situações devo usar unhas de gel?

As unhas de gel são indicadas para quem tem unhas fracas. Além disso, para qualquer pessoa que as pretenda usar. Especialmente, as mulheres que não têm muito tempo para irem à manicure.

As melhores situações para se usar as unhas de gel são aquelas que contribuem para o bem estar de quem as utiliza. Seja para uma ocasião especial ou simplesmente para manter as unhas saudáveis e bonitas no dia a dia.

Referir também que as unhas de gel são também uma boa opção para aquelas pessoas que gostam de roer as unhas. Além de fazer mal à saúde, este hábito deixa as unhas com péssimo aspeto.

Quanto tempo duram as unhas de gel?

Uma grande parte do sucesso das unhas de gel está na sua duração. Estas podem durar até 30 dias, não obstante tudo dependerá do tipo de atividade que se desempenhe com as mãos. É expetável que ao executar tarefas domésticas, como por exemplo lavar a louça ou a roupa a durabilidade das unhas de gel seja menor.

Contudo, o que faz as unhas de gel durarem mais do que as outras alternativas, é a sua composição. Basicamente à base de, pentaeritritol, isobornil, acrilato e outros elementos que aumentam a fixação do gel sem prejuízo para as unhas naturais.

Portanto, a durabilidade da unha de gel vai depender de vários fatores, desde os cuidados com as atividades diárias para mantê-las protegidas e longe de produtos químicos, a deixar de executar algumas atividades domésticas que possam comprometer a sua durabilidade.

Como são aplicadas as unhas de gel?

Em primeiro lugar, é feita uma análise da unha pela manicure. Logo em seguida, é realizada a higienização, o lixamento, e por fim, o polimento para retirar o brilho natural existente nas unhas.

Em seguida, a unha é envolvida com um molde de gel. Depois, lixa-se a unha para nivelar e aplicar o fixador no molde de gel. Posteriormente, são aplicadas mais duas camadas de gel, antes das unhas serem colocadas numa câmara com luzes LED para secar.

Por fim, após secarem, é aplicado esmalte nas unhas e finalizado com um produto próprio para unhas de gel.

Quais as vantagens das unhas de gel?

São vários os benefícios de se colocar unhas de gel. Entre eles, a aparência que conferem às unhas. Sob o mesmo ponto de vista, as unhas de gel deixam as mãos mais bonitas e elegantes. Sobretudo, estarão sempre prontas para qualquer ocasião e nem os trabalhos domésticos serão capazes de fazer o esmalte sair das unhas.

Além disso, as unhas de gel são muito resistentes e mantém o aspeto natural das unhas. Todavia, além de proteger as unhas fracas e quebradiças, as unhas de gel protegem as unhas naturais, estimulando o seu crescimento.

Do mesmo modo, a manutenção das unhas de gel é simples e pode ser feita apenas uma vez ao mês.

Em resumo, são inúmeras as vantagens para se investir na aplicação de unhas de gel. Neste sentido e para além de todos os benefícios referidos acima, o tamanho e o formato da unha também ficam ao critério da cliente.

Quais as contraindicações das unhas de gel?

Existem algumas situações em que as unhas de gel são contraindicadas, nomeadamente para:

  • Pessoas que realizam trabalhos manuais;
  • Alérgicos a alguma das substâncias na composição das unhas de gel;
  • Diabéticos;
  • Pessoas com problemas nas unhas;
  • Pessoas com unhas fracas ou quebradiças.

Em caso de dúvida, poderá sempre consultar um médico dermatologista antes de aderir às unhas de gel.

A redação do trabalhador.pt