Votos de casamento: o que escrever?

A tradicional troca de votos de casamento é um dos momentos mais íntimos e emocionantes de toda a cerimónia matrimonial, onde os noivos podem, através das palavras certas, declarar o amor que sentem um pelo outro e o compromisso que estão a oficializar.

É durante esse momento que o casal partilha entre si e com todos os convidados a sua trajetória, os seus sonhos, as suas promessas para o futuro e todas as emoções positivas que tornaram aquele amor uma realidade.

Assim sendo, nem sempre o usual “na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza” é suficiente para expressar todo o afeto envolvido numa intensa vivência juntos e por isso, cada vez mais noivos e noivas optam por dar um toque pessoal aos votos. No entanto, expor em palavras o que a pessoa amada realmente significa pode parecer uma tarefa difícil, senão mesmo impossível.

Foi precisamente a pensar nisso que redigimos este artigo com tudo o que precisa de saber para escrever os seus votos de casamento e surpreender a sua cara metade.

Por onde começar os votos de casamento?

Em primeiro lugar, se o seu casamento for realizado numa igreja, é preciso inicialmente entender se os votos tradicionais podem ser substituídos por votos de casamento personalizados. Por isso, fique atento, converse com o padre e procure verificar se existem eventuais restrições.

No entanto, se a cerimónia não for religiosa ou se já tiver o aval necessário, é indispensável comunicar ao parceiro a sua vontade. Isso porque não são todas as pessoas que se sentirão confortáveis para falar em público, sobretudo se o seu noivo for tímido ou mais reservado. Se, após conversarem, ambos decidirem avançarem com os votos de casamento personalizados, então é hora de agarrar na caneta e no papel!

Apegue-se ao seu lado romântico e comece a escrever. De um modo geral, os seus votos de casamento devem conter os motivos pelos quais ama a sua cara metade e que compromissos gostaria de assumir para a manter na sua vida.

Para criar um clima favorável de forma a que as palavras surjam com mais fluidez, pode usar fotos, vídeos e até mesmo objetos que remetam à pessoa amada. Se for possível, ir até o local onde se conheceram ou onde aconteceu o pedido de casamento também é um ótimo recurso.

Como escrever os votos de casamento?

Seja em filmes, livros ou até mesmo em cerimónias reais, os votos de casamento são sempre inspiradores e cheios de emoção. E ao optarem por fazer esta declaração personalizada em seu tão sonhado dia, os noivos não esperam mais que isso: uma cena de filme romântico, com palavras inesquecíveis, que despertem lágrimas e que fiquem na lembrança de todos!

E para ajudá-lo em todo o processo criativo deste texto mais que especial, confira abaixo o guia completo com dicas infalíveis para escrever lindos votos de casamento!

1. Planeie o que pretende escrever

Sem dúvida, o primeiro passo para escrever os votos de casamento é o planeamento. Assim como foi preciso planear os vários momentos do seu casamento, os votos também devem ter o seu espaço na sua agenda dos compromissos matrimoniais.

Escrever os votos à última da hora, é um erro cometido por muitas noivas e noivos. Isso porque, durante os dias que antecedem o casamento, o casal precisa de estar focado em resolver as últimas pendências, de forma a garantir uma festa tranquila e sem problemas. Por outro lado, no dia, os noivos devem estar livres de preocupações, gozando da companhia da família, amigos e, mais importante, da pessoa amada.

Assim sendo, para que não se sintam pressionados, o ideal é começar a escrever os votos de casamento com dois ou três meses de antecedência, aproveitando os momentos de inspiração a dois.

2. Registe tudo o que puder

Com o tempo necessário para a escrita dos votos já garantido e reservado na sua agenda, o processo de criação do texto pode acontecer de forma gradual, sem estar limitado a uma tarde ou apenas a um momento de inspiração. Isto é, terá tempo para observar o que mais gosta na vivência do casal e poderá prosseguir para o segundo passo: anotar tudo!

Na agenda, bloco de notas ou até mesmo no telemóvel: crie um sistema de anotações que seja compatível com a sua personalidade e vá anotando os pequenos detalhes do dia a dia com o seu futuro marido ou futura esposa. A verdade é que mesmo as pequenas coisas podem servir de inspiração para os votos de casamento.

3. Seja autêntico

Ao escrever os votos, tenha o cuidado de ser autêntico e de não forçar algo que não seja compatível com a realidade dos noivos. Mantenha a verdade nas palavras e ainda que sejam simples ou clichés, procure não se preocupar com a sua forma de escrever e evite termos rebuscados ou que não façam parte do seu vocabulário. Da mesma forma, deverá também evitar frases de outros autores.

Além disso, não faça cópias dos votos de casamento de outros casais. Lembre-se que está a escrever os seus votos e, portanto, estes devem retratar apenas os seus sentimentos e o amor que sente pelo seu companheiro.

4. A história do relacionamento

Para ativar a criatividade e sentir-se inspirado, uma ótima sugestão para começar a escrever os votos de casamento é imaginar-se numa situação em que conta a história do seu relacionamento a um desconhecido.

Nesse cenário, ao relembrar o passado juntos, procure anotar de forma cronológica os principais acontecimentos: onde se conheceram, o primeiro beijo, passeios divertidos, viagens juntos e até mesmo, situações difíceis que contribuíram para vos tornar um casal mais unido e resiliente. Cada um desses momentos foi importante para que o casamento se concretizasse e por isso, é válido escrever concisamente todas as emoções da vivência a dois.

5. Os porquês

Os votos de casamento também não devem deixar de conter os porquês daquele amor existir. Quais as razões pelas quais admira a sua cara metade? Por que se apaixonou pelo seu futuro esposo ou sua futura esposa?

Escreva sobre os detalhes mais simples do seu companheiro, aqueles que só são possíveis de serem observados com a convivência e com o amor. E não se apegue apenas às qualidades: demonstre que aprendeu a admirar também os defeitos, pois tornam o seu parceiro único.

6. Assuma o compromisso

Em seguida, é imprescindível falar sobre os compromissos que serão assumidos no pós-casamento para a manutenção do amor entre ambos. Para ajudar a escrever esta parte dos votos de casamento, procure lembrar-se das pequenas promessas que costumavam fazer um para o outro nos primeiros meses de namoro.

Escreva e prometa ao seu parceiro tudo aquilo que deseja para si mesmo, o que julgar indispensável para terem uma união saudável e duradoura: fidelidade, perdão, respeito, companheirismo e muito romance.

7. O grande dia

Outra ideia que pode complementar os seus votos de casamento é escrever um pouco sobre a jornada na busca do tão sonhado dia. Pense: trabalharam tanto, esforçaram-se, pensaram juntos e em breve irão conseguir oficializar o amor entre ambos, junto das pessoas mais importantes das vossas vidas. Que sentimentos são aflorados quando pensa sobre isso?

Lembre-se: casamento é comprometimento e todo o processo da festa é delicado e pode ser sim considerado a realização de um sonho. Imaginar-se-ia a fazer isso ao lado de outra pessoa?

8. Pense apenas no seu amor

Apesar de serem feitos em público, o instante mágico dos votos de casamento é próprio dos noivos. Por isso, pense nesse momento como uma declaração particular e esqueça os convidados na hora de escrever. Dessa forma, os votos podem ser personalizados com músicas, frases de poemas, trechos de filmes e apelidos carinhosos, desde que retratem a trajetória juntos e reafirmem o amor que sentem um pelo outro.

9. Escreva os votos de casamento

É hora de reunir todos os passos citados anteriormente, selecionar o que mais gostou e começar a fazer a composição do seu texto. Portanto, os seus votos de casamento podem ser estruturados da seguinte forma:

  1. História resumida do relacionamento dos noivos;
  2. Declarações de amor, contendo aquilo que mais admira na pessoa amada;
  3. Promessas e comprometimentos para o futuro juntos;
  4. Declaração final.

Todavia, lembre-se de que não existem regras para a estruturação dos votos e por isso, é livre de tomar a decisão final sobre qual a forma ideal de apresentar a sua declaração. Não se limite às dicas e respeite a sua forma de contar a sua história de amor!

10. Aperfeiçoe

O processo de escrita e de criação não deve acabar no momento em que o texto é finalizado. É importante que revisite o que escreveu e vá aperfeiçoando conforme for necessário. Por isso, fique atento: retire o excesso de palavras e seja conciso, evite repetições e, para que não fique cansativo, procure escrever apenas entre 4 ou 5 minutos de texto.

Ademais, treine o texto dos seus votos de casamento sempre que possível, pois terá apenas uma oportunidade para o declamar em público e certamente, quer que seja perfeito e cheio de emoção. Uma ótima dica é treinar à frente do espelho, observando atentamente a sua oratória e as suas expressões corporais. Seja feliz!

A redação do trabalhador.pt