A importância do contacto visual numa entrevista de emprego

O contacto visual faz parte da nossa vida em sociedade, sendo importante em todos os contextos. No entanto, assume particular importância nas entrevistas de emprego, sendo determinar que, diante do entrevistador, procure estabelecer contacto visual sempre que possível de forma a maximizar as suas chances de sucesso.

Pode parecer estranho, no entanto o contacto visual é o tipo de fator que poderá ser determinante na contratação (ou não) de alguém. Neste artigo procuramos, entre outros, abordar os motivos pelos quais é vital promover contacto visual com o recrutador.

Porque é importante manter o contacto visual?

As entrevistas de emprego, por mais informais que sejam, são momentos de avaliação. Queremos com isto dizer que se o candidato quer ser contratado, não é menos verdade que o entrevistador quer encontrar o melhor candidato para a vaga.

De acordo com alguns estudos a ausência de contacto visual com o entrevistador pode ser entendida de diversas formas por este, designadamente:

  • Que é arrogante em virtude de se achar melhor;
  • Que é introvertido ou ansioso socialmente;
  • Que não está preparado para a entrevista de emprego.

Entre outros, estabelecer contacto visual com o entrevistador é uma forma de demonstrar a sua presença. Por outras palavras, é uma forma de comprovar que está efetivamente interessado no cargo.

Um candidato que não estabeleça contacto pode ser interpretado como alguém com falta de interesse ou alguém extremamente tímido. Neste âmbito, será importante que, em completo ao contacto visual, procure adotar um postura ereta, sobretudo se estiver sentado, bem como fazer uso das mãos (que como o contacto visual integram o conceito de linguagem não verbal).

Além disso, manter o contacto visual garante que o recrutador olhe para si como alguém capaz de ouvir (e, por consequência, um profissional que conseguirá aprender as coisas mais rapidamente).

Claro que este tipo de atitude é também demonstrador do respeito ao condutor da entrevista, o que é fundamental para que seja bem avaliação. Até mesmo porque os empregadores desejam contratar alguém que demonstre pelas suas chefias (ainda mais em uma entrevista de emprego).

Referir ainda que manter um bom contato visual numa entrevista de emprego passa uma imagem de muita confiança, mostrando que é um candidato bastante preparado e sem dificuldades de se adaptar a novos ambientes.

Outros momentos em que é importante

Não estranhe o facto de que estabelecer contacto visual irá fazer parte da sua vida profissional em inúmeras circunstâncias, e não somente numa entrevista de emprego. Um bom exemplo disso são eventos em rede (eventos de networking), onde precisará de falar com outros profissionais da sua área. É importante, nestes eventos, mostrar que está a tentar criar um vínculo para atrair a atenção dos seus interlocutores.

Outro momento onde o este tipo de postura é fundamental é no decorrer das apresentações, sejam estas para colegas de trabalho ou clientes. Ao estabelecer contacto visual com a plateia é provável que esta esteja mais interessada naquilo que lhes está a dizer. Limitar-se a ler o que está escrito nos seus apontamentos em nada contribui para fazer passar a mensagem.

Ainda nesse âmbito, referir que as reuniões presenciais com os seus superiores hierárquicos são momentos em que um adequado contato visual poderá fazer toda a diferença, potenciando a criação de um vínculo comunicacional entre ambos.

Como fazer contacto visual adequado?

Primeiramente, precisa ter em consideração que para manter um bom contacto visual é necessário ouvir mais do que falar – esta é uma regra de ouro para muitas situações. Na verdade, existe até uma regra chamada de 50/70, que dita que quando estiver a falar deverá estabelecer contacto visual em, pelo menos, metade do tempo. Já quando está na posição de ouvinte deverá manter contacto visual em, pelo menos, 70% do tempo.

Em nenhuma circunstância recomendamos que esteja permanentemente (entenda-se, sem interrupções) a olhar para o seu interlocutor. Caso o faça, poderá até deixar desconfortável a pessoa que o estará a entrevistar.

Outra opção será manter o contacto visual em intervalos de tempo de 4 a 5 segundos. Desta forma, estará a mostrar que está a prestar atenção ao seu interlocutor. Caso se sinta desconfortável, poderá olhar para diferentes parte do corpo, nomeadamente para o espaço entre as sobrancelhas ou, em último reduto, para a testa. O importante é focar-se sempre na pessoa que está à sua frente de forma a que está perceba que o está a escutar ativamente.

Também é recomendável praticar sempre que possível com algum conhecido, especialmente se se estiver a preparar para uma entrevista de emprego ou para uma apresentação. Pode sempre perguntar a um amigo se, quando está a falar, sente que lhe dá a devida atenção.

A redação do trabalhador.pt