O pão engorda? Descubra a verdade por detrás do mito

Se existe um alimento que é uma unanimidade esse alimento é o pão, não é verdade? Está presente no pequeno almoço, no lanche, como ingrediente de receitas mais elaboradas e até mesmo na confeção de algumas sobremesas.

Apesar de ser bastante consumido em Portugal e em todo o mundo, o pão é um alimento controverso, pois há quem afirme que o pão engorda – motivo pelo qual, ao começar uma dieta, a maioria das pessoas elimina logo esse alimento do cardápio diário. Mas será que é mesmo verdade que o pão engorda? Ou tudo não passa de um mito?

A verdade é que o pão, embora seja rico em hidratos de carbono e farinhas refinadas, não pode ser considerado um grande vilão das dietas, sobretudo quando consumido com moderação, afinal de contas, tudo em excesso faz mal. Além disso, existem no mercado diferentes tipos de pão, uns mais saudáveis que outros.

Quer saber como manter o pão na sua dieta sem comprometer os seus planos de perder aqueles quilinhos extra? Então não deixe de ler este artigo! Entenda de uma vez por todas se o pão engorda, se é possível consumi-lo sem sentimentos de culpa e como escolher as opções mais leves e nutritivas. Boa leitura!

A pergunta que importa: comer pão engorda?

A resposta é sim e não. Assim como todos os alimentos, o pão engorda quando consumido em excesso. Além disso, o sedentarismo, aliado aos maus hábitos alimentares, está entre as principais causas do aumento do peso. Dito isto, entenda que o pão pode ser consumido diariamente, desde que na quantidade adequada; ademais, deverá sempre optar por opções mais saudáveis.

Confira agora dicas importantes de como comer pão sem engordar:

1. Quando comprar pão, lembre-se da regra 10:1

Esta é uma regra simples e prática, que deve ter em mente sempre que for comprar pão: para cada 10 gramas de hidratos de carbono na sua composição, deve haver 1 grama de fibra. Sabe porquê? Porque a fibra é digerida lentamente, o que faz com que se sinta saciado por mais tempo. Além disso, é sabido que as fibras são excelentes para a saúde do seu intestino.

2. Dê preferência ao pão integral

Para saber se o pão engorda, poderá sempre olhar para as informações nutricionais – no caso do pão comprado no supermercado: se no rótulo constatar que existem substâncias como sacarose, frutose, xarope de milho, farinha branca de trigo, então significa que esse tipo de pão contém, essencialmente, hidratos de carbono simples, devendo por isso ser evitado.

Prefira o pão integral, fabricado com grãos integrais ou trigo integral, trata-se de uma opção mais saudável para o seu dia a dia. Portanto, não se esqueça de consultar a lista de ingredientes antes de comprar pão, uma medida simples, mas extremamente importante se deseja ter uma alimentação saudável.

3. Escolha pão fermentado

O processo de fermentação do pão fornece uma diversidade de bactérias saudáveis, capazes de equilibrar o sistema digestivo e regular o metabolismo. Portanto, opte sempre por pão fermentado – não se esqueça de dosear porções para que não precise de se preocupar se pão engorda ou não. Além disso, dê preferência ao pão fabricado com trigo orgânico, visto que este é menos exposto aos agrotóxicos, substâncias nocivas à saúde.

4. Combine o pão com uma “gordura boa”

Que tal manteiga ghee e azeite virgem extra para acompanhar uma fatia de pão? Estas são opções muito mais saudáveis do que enchidos, não raras vezes consumidos com pães. Assim, estará a dar mais sabor ao alimento e a evitar alimentos ultraprocessados, ricos em aditivos químicos que garantem a sua conservação nas prateleiras dos supermercados por muito mais tempo. Por esse motivo, são altamente processados e costumam conter também conservantes, emulsificantes, estabilizantes e demais substâncias artificiais na sua composição.

Importante referir que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo frequente de enchidos poderá estar diretamente relacionado a um maior risco de desenvolvimento de várias enfermidades.

Agora que sabe que pão engorda quando consumido em excesso, e sabe também como escolher os melhores tipos de pão, conheça algumas das vantagens de ter este poderoso alimento no seu cardápio. Confira:

  • O pão é uma ótima fonte de energia: Os hidratos de carbono são macronutrientes que garantem a disposição que o nosso corpo precisa para cumprir as inúmeras tarefas do dia a dia. Quando eliminamos este nutriente da nossa dieta, o nosso organismo sofre impactos significativos nas suas funções vitais. Experimente consumir pão antes da prática de atividades físicas, desta forma, terá mais disposição para realizar exercícios e desportos. Após o treino, comer pão ajuda a recarregar as energias, favorecendo a recuperação muscular e evitando a fadiga.
  • Promove saciedade e ajuda a controlar o peso: O pão engorda quando excedemos a porção diária recomendada, que é de 2 fatias. Pode consumir estas fatias no pequeno almoço ou em alguma das refeições principais, como o almoço e o jantar. O pão contribui para a saciedade, principalmente o confecionado a partir de grãos integral, por serem ricos em fibras que ajudam no controlo de peso e até mesmo na redução do “colesterol mau”.
  • O pão é benéfico para a saúde cardiovascular: Quem diz que o pão engorda sem mais é porque não conhece as inúmeras vantagens que o consumo moderado deste alimento proporciona ao organismo, entre as principais, benefícios à saúde cardiovascular. Quando somos privados de hidratos de carbono, colocamos em risco não só a função vascular, mas também a circulação; por isso, não o exclua da sua dieta, opte por consumir com parcimónia.
  • Entenda de uma vez por todas que a culpa do aumento de peso não é do pão: Como pôde perceber, o pão engorda apenas quando não é consumido em quantidades adequadas. Além disso, muitas vezes são mais saudáveis e engordam menos que biscoitos sou bolachas. Considerando que consuma a mesma quantidade de ambos, na generalidade das vezes os biscoitos e bolachas apresentam uma menor quantidade de fibras e maior quantidade de gordura, além do pão saciar mais. Quando o assunto é calorias, uma baguete equivale, em média, a 5 unidades de bolachas de água e sal. Portanto, não se engane: opte por opções mais saudáveis, pois assim não será necessário retirar da sua dieta este alimento que faz parte, há milênios, dos nossos hábitos alimentares. Cuide-se!

Luana Castro Alves

Licenciada em Letras e Pedagogia, redatora e revisora, entusiasta do universo da literatura, sempre à procura das palavras. "Não se pode escrever nada com indiferença." (Simone de Beauvoir)