Entrevista de emprego por telefone? Não se preocupe, nós ajudamos

Muitas empresas dão início aos processos de recrutamento de novos funcionários através de telefone, em parte por considerarem que é uma boa forma de discutirem oportunidades de trabalho com os candidatos, de aferir se o seu perfil é adequado às posições em abert e de perceber se estão realmente interessados.

Apesar de serem uma boa forma de poupar custos e tempo em deslocações, este tipo de entrevistas são de uma natureza muito impessoal. Em alguns casos, nem sequer terá de falar com um representante da empresa, pois podem pedir-lhe apenas para gravar um vídeo respondendo a uma lista de perguntas previamente elaboradas. Mais tarde, as suas respostas serão avaliadas por um superior, e com base nas mesmas poderá ser admitido ou dispensado de imediato, ou então poderá prosseguir para outra fase do recrutamento.

Evidentemente, este formato de entrevistas tem os seus desafios. Através de uma entrevista por telefone, não poderá mostrar a sua língua corporal ou expressões faciais que frequentemente permitem dar a conhecer um pouco mais a pessoa interrogada. Além disso, em vez do que se passa na comunicação via email, em que pode verificar e reler o que escreveu antes de enviar, por telefone não consegue reformular os seus pensamentos, sendo-lhe, por isso, exigida alguma preparação.

Tendo em conta estes desafios, decidimos juntar algumas dicas para que tenha uma entrevista por telefone bem-sucedida.

Antes da entrevista de emprego

Por vezes, as entrevistas por telefone são um pouco desvalorizadas, sendo vistas como menos importantes do que as tradicionais entrevistas cara a cara. Contudo, pelo contrário, estas deviam ser alvo de uma atenção acrescida por parte dos candidatos, pois torna-se muito mais difícil causar uma boa impressão quando a única coisa que pode dar a conhecer é a sua voz e os seus pensamentos ambulantes. Por isso é que a preparação é muito importante nestes casos:

  1. Faça uma pesquisa sobre o seu potencial empregador e local de trabalho. Tente descobrir há quanto tempo trabalha na empresa e quais os valores cruciais que esta promove. É importante que faça isto até mesmo para perceber se se identifica com a empresa e se gosta do tipo de funções que viria a desempenhar;
  2. Confirme o tempo que a entrevista pode demorar. Não agende nada para perto da suposta hora de entrevista. Assim, terá tempo suficiente para seguir com a entrevista caso esta se prolongue;
  3. Certifique-se que consegue comunicar o que quer de forma eficaz. Evite falar muito rápido e usar bengalas linguísticas como “humm” ou “ahhh”. Pode praticar falar com um amigo ao telefone ou até mesmo gravar-se a si mesmo;
  4. Prepare perguntas para fazer ao recrutador no final da entrevista. É uma excelente forma de mostrar curiosidade e interessado pelo trabalho, bem como de aferir algumas reações do recrutador;
  5. Pratique as respostas a perguntas frequentes em entrevistas por telefone. Como, por exemplo, quais são os seus interesses, o que gosta de fazer no tempo livre, etc. Estas são questões importantes porque deixam que o empregador o conheça além das suas aptidões profissionais. Deixamos-lhe alguns exemplos de perguntas frequentes nas entrevistas por telefone:
    • Fale-nos um pouco sobre si
    • Por que razão o deveríamos contratar?
    • Quais são as suas expectativas salariais?
    • Qual a razão para querer trabalhar connosco?
    • Caso seja contratado, quando poderá começar?
    • O que espera que a empresa lhe possa acrescentar?
    • Qual a sua disponibilidade para uma entrevista presencial?
    • Por que razão procura um novo desafio nesta fase da sua vida?
    • Estaria disposto a mudar-se para um local mais perto do trabalho?

No dia da entrevista

  • Acorde com pensamento positivo. Lembre-se que vai correr tudo bem, pois treinou muito nos últimos dias;
  • Coloque música alegre e motivacional logo pela manhã. É impressionante os efeitos que a música positiva e motivadora tem nos indivíduos – também estes se sentem mais otimistas e confiantes: os sentimentos ideais para quem vai ter uma entrevista de trabalho;
  • Verifique que tem rede telefónica e bateria para que não haja nenhuma interrupção da sua parte;
  • Esteja preparado 15 minutos antes da entrevista;
  • Escolha um espaço sem ruído para não ser perturbado.

Durante a entrevista

  • Atenda o telefone formalmente e tente manter um tom de voz profissional ao longo da chamada;
  • Tenha por perto toda a informação que vai precisar como o currículo, lista de competências e conquistas, etc;
  • Ajuste a linguagem corporal, pois o simples facto de estar sentado com as costas direitas já ajuda na melhoria de projeção de voz;
  • Para concluir, realce o seu interesse pela posição oferecida e agradeça o tempo disponibilizado pelo recrutador.

Após a entrevista de emprego

Já não há muito a fazer nesta fase além de aguardar por feedback. Tente apenas manter o telefone por perto durante os próximos dias ou semanas. Independentemente da decisão do recrutador, mantenha sempre o tom profissional e agradeça a oportunidade, mesmo que não tenha sido a pessoa escolhida para o cargo.

Mais uma vez, é importante realçar que, apesar dos desafios adjacentes às entrevistas por telefone, há sempre formas de se preparar e causar uma boa impressão. Não deixe que este formato de entrevista o intimide e certifique-se que se prepara tão bem ou ainda melhor do que se prepararia para uma entrevista cara a cara. Boa sorte!

Catarina Fonseca

Desde cedo uma curiosa nata, decidiu seguir Ciências da Comunicação para desenvolver a sua paixão pelo jornalismo e pela escrita. Agora formada, gosta de se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, e leva sempre um caderno e câmara fotográfica às costas para eternizar as suas experiências.

Adicionar comentário