Respostas para as perguntas mais frequentes em entrevistas de emprego

Caso já tenha ido a mais do que uma entrevista de emprego certamente sabe que existem perguntas das quais muito dificilmente conseguirá escapar. Na generalidade das situações estas são “perguntas de enquadramento”, permitindo que o recrutador afira como lida com perguntas genéricas e sem uma resposta perfeita.

Tendo isso em consideração, recomendamos que antes de qualquer entrevista prepare respostas tipo a este conjunto de questões. Embora não haja respostas ideais é sempre melhor estar preparado para perguntas que o podem colocar numa posição de algum desconforto.

As questões mais frequentes numa entrevista

Para o ajudar, decidimos partilhar as 12 perguntas que consideramos mais comuns numa entrevista de emprego, bem como exemplos de respostas que acreditamos serem adequadas:

1. Fale-me sobre si

A melhor forma de se preparar para esta questão é fazendo um breve resumo da sua vida pessoal e carreira para que o recrutador tenha uma ideia do indivíduo e profissional que é. Não mencione demasiados detalhes, até porque sendo normalmente esta a primeira pergunta da entrevista, terá ainda muitas oportunidades para se dar a conhecer melhor. Assim, recomendamos que fale brevemente sobre o seu percurso académico e profissional e como chegou até aquele momento.

Exemplo de resposta:

“Tenho uma licenciatura em Gestão e mestrado em Finanças. Sou gestora há mais de 10 anos, tendo já passado por 3 empresas (referir quais) e desempenhado funções na área de finanças e consultoria. Entretanto, surgiu a oportunidade de trabalhar aqui e decidi que era um ótimo passo na minha carreira.”

2. Porque quer trabalhar nesta empresa?

Nesta resposta, poderá mencionar de que forma esta nova posição se encaixa no seu percurso profissional, mas também deve fazer referência à empresa propriamente dita e quais os fatores que o levaram a candidatar-se a um cargo na mesma. Além disso, é importante mostrar que fez a devida pesquisa e que está familiarizado com a visão e objetivos da empresa.

Exemplo de resposta:

“Sinto que preciso de trabalhar num local que me dê espaço para crescer e progredir na carreira e após pesquisar sobre esta empresa verifiquei que me identifico muito com os seus valores e que este é definitivamente um local que coloca o bem-estar e interesses dos funcionários em primeiro lugar.”

3. Quais são os seus pontos fracos?

Pode responder a esta questão de duas formas diferentes: pode começar por tornar um defeito seu em algo positivo e pode (e deve) mencionar que está consciente das suas fraquezas e que trabalha para se tornar melhor a cada dia.

Exemplo de resposta:

“Sou muito atento a pequenos detalhes, o que faz com que esteja constantemente preocupado e a pensar sobre a mesma coisa durante demasiado tempo. No entanto, esta característica tem um impacto positivo no meu trabalho porque garanto sempre que todos os projetos que faço estão perfeitamente estruturados.”

4. Quais são os seus pontos fortes?

Cuidado com esta questão! Deve mencionar características positivas, no entanto procure assegurar que a sua resposta é suficientemente equilibrada de forma a não que se está simplesmente a gabar.

Exemplo de resposta:

“A minha maior qualidade é a minha determinação. Quando quero algo, faço de tudo até tornar o meu desejo realidade. Além disso, sou também muito comunicativo e observador, o que definitivamente me ajuda no meu trabalho.”

5. Como lida com o stress?

Esta é uma questão importante para o recrutador perceber se consegue tomar decisões adequadas em situações de pressão, ou se é uma pessoa que lida naturalmente e calmamente com circunstâncias inesperadas. O melhor conselho que podemos dar é que seja honesto.

Exemplo de resposta:

“Não é o meu ponto mais forte porque tendo a ficar um pouco ansioso, mas estou a conseguir lidar melhor com o stress a cada dia, até porque estou a implementar técnicas como a meditação que me ajudam a relaxar e a olhar para o problema com outros olhos.”

6. Relate-nos uma experiência negativa e como a ultrapassou

Mais uma vez, a sua capacidade de reação a circunstâncias difíceis e inesperadas é colocada em questão. Tente pensar numa situação que tenha experienciado e foque-se no lado positivo da mesma.

Exemplo de resposta:

“Numa das empresas onde trabalhei, o meu patrão não tinha as melhores atitudes e acabava por descarregar as suas frustrações em mim. Tentei falar com ele para expressar a minha opinião, mas foi em vão. Depois, decidi contactar os recursos humanos e, como resultado, mudei de departamento e continuei a trabalhar no local sem quaisquer problemas.”

7. Qual é a sua maior conquista?

Recomendamos que mencione um objetivo profissional que tenha alcançado, como uma promoção ou o desenvolvimento e sucesso de um determinado projeto. Aqui não interessa mencionar a sua vida pessoal.

Exemplo de resposta:

“Criei campanhas publicitárias tão bem-sucedidas que angariei para a empresa mais 20% de clientes. Foi um grande orgulho!”

8. Porque é que o devemos contratar?

Esta é a sua oportunidade para “se vender”. Mencione as suas qualidades, competências profissionais e a forma como estas podem acrescentar valor à empresa à qual se está a candidatar. Mostre confiança e assertividade.

Exemplo de resposta:

“Sou uma pessoa muito determinada e focada. Nunca falho nos meus compromissos e dou sempre o meu melhor para o bem da empresa e dos meus colegas…”

9. Quais são os seus objetivos para o futuro?

A partir desta pergunta, o recrutador pretende saber se é uma pessoa ambiciosa e com objetivos, e poderá verificar ainda se a empresa está disposta a dar-lhe exatamente o que deseja.

Exemplo de resposta:

“Pretendo continuar a trabalhar nesta área porque é realmente aqui onde me sinto realizada, mas quero continuar a evoluir na minha carreira e a envolver-me em projetos com um impacto positivo na sociedade…”

10. Onde se vê daqui a cinco anos?

Mais uma vez, o recrutador pretende saber se é uma pessoa com grandes objetivos para o seu futuro e, mais importante ainda, se se vê a si mesmo a continuar a trabalhar na empresa à qual se está a candidatar.

Exemplo de resposta:

“Espero continuar a fazer o que gosto e, se tudo correr bem, continuar a evoluir nesta empresa e contribuir para o alcance dos objetivos da mesma”.

11. Quais são as suas expetativas salariais?

Recomendamos que forneça uma ideia do valor que espera e não um número em concreto. Além disso, tenha em conta os salários normais para o seu cargo e os anos de experiência, de modo a não pedir um número desajustado ao que realmente merece.

Nota: não apresente um intervalo muito grande entre os números para não lhe calhar um salário muito inferior ao que esperava.

Exemplo de resposta:

“Tenho a expetativa de auferir entre os 2.500€ a 3.000€ por mês. Creio ser um valor adequado, tendo em consideração os meus 10 anos de experiência, bem como o facto de estes valores estarem dentro da média salarial para o meu cargo/posição. No entanto, estou aberto a negociar.”

12. Tem alguma questão que quer colocar?

Tenha sempre pelo menos uma ou duas questões a fazer, pois caso contrário, vai parecer desinteressado na posição. Quanto mais mostrar o seu entusiasmo e conhecimento, melhor!

Exemplo de resposta:

“Têm alguma flexibilidade quanto aos horários? Se sim, seria possível trabalhar um dia por semana em casa? Com que frequência costumam dar feedback aos funcionários?”

Estas são apenas algumas das questões mais comuns, por isso tenha em conta que é possível ser confrontado com outro tipo de perguntas. De qualquer das formas, recomendamos a fazer a devida pesquisa, a realizar pequenas listas com os pontos que achar mais relevantes para abordar, e mostre confiança ao longo da entrevista. Boa sorte!

trabalhador.pt

Adicionar comentário