Quais os melhores programas de faturação?

Os programas de faturação são alternativas ao papel

Se possui um negócio, compreende certamente a importância de ter um bom programa de faturação. Este tipo de software permite, entre outros, a emissão de documentos e facilita a gestão da sua empresa, impedindo a adulteração das faturas e assegurado o cumprimentos das suas obrigações legais.

Existem vários programas de faturação disponíveis no mercado, cabendo-lhe a si escolher o que mais se adequa às suas necessidades e o que fornece os melhores benefícios para o seu negócio.

Neste artigo, apresentamos-lhe alguns destes programas para que consiga tomar uma decisão mais informada no momento da escolha. Boa leitura!

Os programas de faturação são obrigatórios?

De acordo com a legislação, estão obrigados a emitir faturas através de programas de faturação certificados pela Autoridade Tributária e Aduaneira os sujeitos passivos com sede, estabelecimento estável ou domicílio em território nacional e outros sujeitos passivos cuja obrigação de emissão de fatura se encontre sujeita às regras estabelecidas na legislação nacional, sempre que:

  • Tenham tido, no ano civil anterior, um volume de negócios superior a 50 mil euros;
  • Utilizem programas informáticos de faturação;
  • Sejam obrigados a dispor de contabilidade organizada ou que por esta tenham optado.

Qual a importância de um programa de faturação?

De acordo com o Portal das Finanças, em agosto de 2022 eram 2964 os programas de faturação certificados em Portugal. Este vasto leque de opções não existira se a procura não fosse elevada.

Para além do cumprimento das obrigações legais, matéria que abordamos no ponto anterior, os programas de faturação permitem identificar dados importantes, entre os quais:

  • Quem vende?
  • Por quanto vende?
  • Quem compra?
  • Por quanto compra?
  • Quais os impostos a pagar ao Estado?
  • Quais os clientes em dívida?
  • Quanto tem em stock?
  • Quanto tem em caixa?

Assim, estes programas permitem gerir o seu negócio de forma eficaz e registar todos os movimentos devidamente, o que para efeitos fiscais, é igualmente positivo. As falhas na emissão correta de faturas podem causar incumprimentos e, consequentemente, multas indesejadas.

Como escolher o melhor programa de faturação?

Como já mencionado, a oferta de programas de faturação é imensa, portanto, de modo a reduzir a sua busca, tente procurar programas que respondam aos seguintes elementos:

  • Certificado pela Autoridade Tributária e Aduaneira (AT);
  • Apresenta as funcionalidades que precisa (por exemplo, gestão de stocks ou possibilidade de identificar devedores);
  • Adaptação aos seus equipamentos;
  • Fácil utilização e rápida adaptabilidade;
  • Boa relação preço/qualidade;
  • Possibilidade de imprimir documentos a partir de impressoras;
  • Possibilidade de migrar dados.

Se tiver dúvidas, saiba que muitos dos programas de faturação no mercado oferecem um período experimental gratuito, precisamente para o cliente verificar se se adequam às suas necessidades.

Quais os melhores programas de faturação?

De seguida, reunimos alguns dos melhores e mais comuns programas de faturação em Portugal. Antes de mais, talvez seja importante fazer uma lista com as funcionalidades que procura neste tipo de programas, e depois, verificar quais as opções que melhor respondem às suas necessidades. Aqui ficam alguns exemplos de programas que pode escolher:

1. PHC GO (recomendado!)

O PHC GO é um dos melhores programas de faturação

O PHC GO é o software de gestão na cloud mais completo para pequenas empresas, desenvolvido pela PHC Software, e que permite fazer a gestão completa das empresas, desde a faturação à tesouraria.

Entre outros, possibilita também a automatização de tarefas e processos – como o envio do SAF-T para o contabilista ou as reconciliações bancárias – libertando tempo para outras tarefas.

Tem ainda dashboards e análises de negócio intuitivos que permitem aferir como está o estado das vendas, das compras e dos clientes, por exemplo, em segundos e em tempo real.

Destaca-se por ser um software não apenas intuitivo e rápido, como também devidamente preparado para acompanhar a evolução da empresa e cumprir com todas as obrigações legais, sem complicações.

A versão base tem um custo de 10€ por mês, e inclui a capacidade de integração com milhares de aplicações externas, lojas online e add-ons de gestão que complementam o software e permitem uma melhor adaptação às especificidades de cada negócio.

2. Moloni

Trata-se de um dos programas de faturação mais comuns em Portugal, tendo como clientes alguns nomes sonantes, entre os quais a MEO, a Carris, L’Oréal ou o Sport Lisboa e Benfica. A sua popularidade justifica-se devido à rapidez e segurança que proporciona, características destacadas pelos seus clientes.

Quanto aos planos de subscrição, recomendamos o plano flex, por 9.90€ por mês, que oferece ferramentas úteis como referências multibanco, integração e-commerce, entre outros. Este programa destina-se a qualquer área de negócio.

3. Vendus

A Vendus é uma boa alternativa no que toca a programas de faturação, disponibilizando uma versão totalmente gratuita para o utilizador. Contudo, no plano sem custos associados, apenas poderá usufruir da emissão de 12 faturas anuais. Assim, recomendamos aderir ao plano superior por apenas 4€, já que apresenta um leque muito mais vasto de funcionalidades. Este é um programa simples e acessível, estando mais direcionado para áreas como retalho, restaurantes, sapatarias, etc.

4. InvoiceExpress

Este programa de faturação oferece planos básicos económicos (4€), sendo um dos mais baratos do mercado. No entanto, este plano mais económico permite apenas 5 documentos por mês. Desta forma, talvez seja necessário considerar os planos superiores para aceder a mais ferramentas.

Esta plataforma é bastante intuitiva e ajuda os utilizadores a navegarem na mesma através de tutoriais gratuitos disponíveis. No entanto, este não é dos programas mais seguros, portanto se esse for um fator muito importante para si, talvez seja melhor procurar outras opções.

5. Magnifinance

Este programa de faturação é famoso pela sua associação à UBER, já que todos os motoristas desta empresa recorrem ao seu software. Esta pequena curiosidade acaba por atribuir grande credibilidade à Magnifinance, que viu o seu número de aderentes crescer após esta parceria com a tão famosa multinacional.

Este programa destaca-se da concorrência principalmente devido ao seu preço mais elevado. Pode contar com pagar 18.90€ + IVA para usufruir desta plataforma. Além da sua solidez, segurança e vasta gama de ferramentas, a Magnifinance é também muito conhecida por permitir integração com lojas online – outro fator positivo. Portanto, apesar de mais dispendiosa, esta opção oferece uma excelente qualidade a nível dos seus serviços.

6. B-Online

Muito semelhante à Vendus, o B-Online oferece também um plano completamente gratuito, mas evidentemente com funcionalidades limitadas. Por mais 5 euros mensais, pode usufruir de um leque de funcionalidades mais variado, incluindo 120 documentos por ano. No entanto, a nível do design e facilidade de utilização, esta opção perde para as anteriores.

7. Billomat

A Billomat é o sistema de faturação mais vendido na Alemanha, conferindo-lhe, inevitavelmente, um elevado grau de credibilidade. O seu software é conhecido por fornecer ferramentas vastas e uma grande performance. Além disso, é bastante intuitivo, proporcionando ao cliente uma utilização simplificada.

O plano mais barato, “Solo”, custa 6€ por mês, permitindo apenas 30 documentos mensais e apresentando ainda outras limitações. Se preferir usufruir de mais funcionalidades, pode escolher entre os outros planos disponíveis, sendo que um custa 16€ e o outro 39€.

8. Sage One

O Sage One é um dos programas de faturação mais conhecidos por fornecer relatórios rapidamente aos seus clientes, bem como faturas com retenção de fonte, por exemplo. Oferece dois planos diferentes e com alguns dos preços mais baixos do mercado.

O plano básico tem um custo de 1.06€ e o standard 5.99€, sendo que a diferença mais significativa entre ambos consiste no facto de o segundo permitir documentos de venda de forma ilimitada. Esta é uma solução simples, intuitiva e com um design apelativo.

Os programas de faturação são essenciais para garantir a transparência do seu negócio. Portanto, certifique-se de que escolhe um software certificado e capaz de responder às suas necessidades. Esperamos ter ajudado!

Catarina Fonseca

Desde cedo uma curiosa nata, decidiu seguir Ciências da Comunicação para desenvolver a sua paixão pelo jornalismo e pela escrita. Agora formada, gosta de se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, e leva sempre um caderno e câmara fotográfica às costas para eternizar as suas experiências.