Quer pedir um aumento salarial mas não sabe como? Nós ajudamos

Acha que está na altura de pedir um aumento? Chegou àquele ponto na sua vida profissional em que sente que o valor do cheque mensal não faz justiça a todo o seu esforço e trabalho? Então, está na hora de falar.

Vivemos numa sociedade onde falar sobre dinheiro é ainda considerado tabu. Como resultado, muitas pessoas sentem-se desconfortáveis em pedir por mais dinheiro, mesmo que acreditem profundamente que assim o merecem.

Negociar um salário pode ser algo bastante intimidante. Não queremos cair no erro de parecer que estamos a pedir demasiado, a soar ingratos ou a descordar com o nosso patrão. Para evitar este cenário assustador, deve preparar-se antes de ter esta conversa. O seu objetivo é expressar-se da melhor forma possível e apresentar razões válidas que sustentem o seu desejo. Assim, reunimos algumas dicas quanto ao que deve e não deve fazer quando está a tentar negociar um salário.

O que deve ter em consideração?

Só deve pedir um aumento salarial se realmente achar que o merece. Pode parecer algo óbvio, mas muitas vezes as pessoas precipitam-se e assumem que devem ganhar mais apenas porque sim.

É importante ter vários fatores em conta, designadamente:

  • O facto de já não receber um aumento há muito tempo ou de nunca ter recebido um;
  • Há quanto tempo trabalha na empresa;
  • O bom desempenho que tem mostrado e o valor que tem acrescentado;
  • O cumprimento dos objetivos estabelecidos;
  • Aumento de responsabilidades ou novas funções;
  • Envolvimento num grande projeto para a empresa;
  • Elogios ao seu trabalho.

O que fazer antes de pedir um aumento?

Se vai pedir um aumento, não se esqueça de preparar o que vai dizer.

Se chegou à conclusão de que um aumento salarial é algo merecido, então chegou a hora de pensar nos passos a dar de forma a melhor abordar o assunto com as suas chefias.

Pedir um aumento após uma conquista

Não é regra geral, mas pedir um aumento depois de alcançar um grande marco, por exemplo ter acabado com sucesso um projeto importante, não é de todo má ideia. Aproveite a oportunidade!

Preparar a conversa e pensar num número

Numa situação como esta, é recomendado que tenha todos os seus argumentos na ponta da língua. Se quer realmente mostrar que merece este voto de confiança, tem de mostrar ao seu superior que há muitas, e boas, razões que justifiquem o aumento.

Faça uma lista de todas as razões pelas quais deve receber um aumento e antecipe possíveis questões como “qual o salário que acha que deve receber?”. Pense num número que ache justo, tendo em conta todo o seu trabalho e outras questões laborais, mas também considere o lado do patrão: até que ponto é exequível para ele(a), e para a empresa como um todo, atribuir-lhe o aumento que quer. E quais seriam os benefícios para ele(a)? Seja razoável e tenha em mente as ambas as partes. 

Não tenha receio de mostrar o que fez

Enumere todos os contributos que deu à empresa com exemplos concretos. Se foi responsável pelo aumento de vendas no semestre passado, mencione a taxa de crescimento desse aumento. Indique o número de clientes novos que conseguiu adquirir e o que poderá acrescentar à equipa assim que receber o aumento. Essencialmente, mostre que o seu contributo é uma mais valia.

Relembre o seu patrão das suas capacidades, do quão produtivo é, da rapidez e eficácia com que realiza as tarefas, da boa relação que possui com os colegas de trabalho, etc. Não tenha medo de mostrar o seu valor. Se não acreditar em si mesmo, então mais ninguém irá.

Caso receba um não, proponha outras alterações

Ninguém quer ouvir um não como resposta, mas da rejeição pode surgir uma oportunidade para fazer outras propostas. Sempre quis trabalhar a partir de casa, mas nunca teve coragem de pedir? Precisa de um novo computador para o trabalho? Vai acontecer alguma conferência ou outro tipo de evento em que gostaria de participar? O seu patrão pode estar mais aberto a conceder um “favor” mais pequeno após rejeitar um pedido maior.

O que evitar se vai pedir um aumento?

Há algumas coisas que deve evitar se vai pedir um aumento do salário.

Não peça o aumento por email ou chamada

Claro que seria mais fácil fazer um pedido tão intimidante sem ter de dar a cara. Contudo, se assim o fizer não será levado tão a sério. Se realmente quer este aumento, terá de tratar a situação com alguma seriedade e profissionalismo. Esconder atrás de um ecrã não é a solução. Agendar uma reunião é a melhor opção.

Não peça o aumento em alturas complicadas

Se o seu patrão estiver a passar por uma situação stressante, quer na sua vida pessoal ou profissional, não aborde o assunto. Se a empresa estiver a enfrentar uma crise financeira ou de reputação, não aborde o assunto. Espere até as coisas acalmarem, pois o mais aprovável é arriscar e ouvir o tão indesejado não.

Seja profissional, não mencione razões pessoais

Idealmente, os argumentos que sustentam um pedido de aumento salarial têm como base o desempenho profissional da pessoa em causa e nada mais. A não ser que possua uma relação muito próxima com o seu patrão e esteja confortável para falar honestamente, não mencione as suas dificuldades financeiras.

A maior parte dos patrões pode ser solidário e sentir empatia por si, mas esses sentimentos não se sobrepõem às razões que realmente devem ser consideradas. Além disso, não quer que sintam pena de si. O aumento salarial deve ser uma recompensa pelo seu trabalho árduo e não uma demonstração de empatia pelas dificuldades que enfrenta.

Não use o salário dos colegas como desculpa

Este é provavelmente o pior argumento de sempre. Não se compare com os seus colegas. Mesmo se souber e não concordar com o facto de determinada pessoa receber o mesmo ou mais que você, não mencione. Seria uma reflexão evidente de falta de profissionalismo. Foque-se em si e no seu contributo para a empresa.

Como viu, há vários fatores a serem considerados no que toca a pedidos de aumentos salariais. Se realmente achar que chegou a hora de ser recompensado, pense bem nos seus argumentos, e mostre-se confiante no momento da conversa. Lembre-se que não deve exigir nada, mas sim pedir com respeito.  Se receber um não, continue a trabalhar e a demonstrar o que é capaz de fazer, eventualmente a oportunidade chegará. Se a resposta for sim, certifique-se de que vai fazer de tudo para honrar a decisão do seu patrão.

Esperamos que estas dicas tenham sido úteis. Boa sorte!

Catarina Fonseca

Desde cedo uma curiosa nata, decidiu seguir Ciências da Comunicação para desenvolver a sua paixão pelo jornalismo e pela escrita. Agora formada, gosta de se aventurar pelo mundo, conhecer novas pessoas e culturas, e leva sempre um caderno e câmara fotográfica às costas para eternizar as suas experiências.

Adicionar comentário