Araçá: conheça os benefícios deste pequeno fruto exótico

O araçá é um fruto exótico com um aspeto muito semelhante ao de uma mini goiaba. Mas não só no aspeto, também o sabor é muito parecido, sendo doce embora um pouco mais ácido que a goiaba. Se nunca experimentou, acreditamos ser muito provável não se arrepender quando o fizer.

Quando maduro, o araçá possui uma cor avermelhada por fora, e uma casca dura e uma polpa branca, saborosa e macia. Este é um fruto da família das mirtáceas, a mesma que a da goiaba e da jabuticaba, não muito comuns na alimentação portguesa. O araçá possui diferentes variações, nomeadamente o araçá-vermelho, o araçá-do-campo, o araçá-verde, entre outras.

O nome araçá é original do tupi-guarani – um grupo linguístico indígena que conta com mais de 20 línguas, sendo o mais importante da América do Sul. Araçá significa “fruto que tem olhos”, devendo-se o nome ao facto de ser um “fruto aberto”, fazendo com se assemelhe a um olho.

O araçá é um fruto nativo do Brasil, no entanto, que pode ser cultivado nas mais diversas regiões do mundo, inclusive em Portugal.

O que é um araçazeiro?

Fonte: Wikipedia

Trata-se de uma árvore de pequeno porte de onde provêm o araçá. Pelo seu porte diminuto (3 a 6 metros de altura) pode ser plantada em praças, pomares, quintais ou até mesmo num vaso. As folhas desta arvoré possuem uma textura grossa e brilhante. Regra geral, o tronco é liso e descamante (tal e qual a goiabeira), e a sua madeira é resistente e muito pesada. O período de frutificação ocorre na primavera e no verão.

As raízes e folhas desta arvoré possuem propriedades diuréticas que podem ser usadas também no tratamento de doenças relacionadas com o trato intestinal. Já as cascas do araçá podem ser utilizadas na produção de couro e a madeira na fabricação de engradados, lenha e carvão.

As flores e frutos do araçazeiro são comestíveis, muito ricos em vitaminas e podem auxiliar no combate à gripe, resfriados e até no tratamento da ansiedade. No Brasil, a árvore do araçá é ainda utilizada para o reflorestamento de áreas devastadas, dado o seu rápido crescimento.

No que concerne à composição deste fruto, o araçá tem na sua composição: água, sais minerais, celulose, retinol, tiamina, riboflavina, niacina, cálcio, fósforo, ferro, carotenoides e fibras. Além destes, o araçá é muito rico em vitamina C e pode conter um teor até quatro vezes superior desta vitamina na laranja. Possui ainda compostos fenólicos com uma forte ação antioxidante e antigripal.

Quais os benefícios do araçá?

Fonte: Wikipedia

Por ser uma fruta rica, o araçá tem várias vantagens para o corpo humano, trazendo muitas melhorias para a nossa saúde. Em seguida, abordamos alguns desses benefícios:

1. Fortificação dos ossos

O araçá apresenta na sua composição uma grande quantidade de minerais, e entre eles o cálcio. O consumo regular de araçá pode aumentar a força e a densidade dos ossos. Com isso, o araçá pode ser utilizado como um forte aliado na prevenção e tratamento da osteoporose e de outras doenças dos ossos.

2. Fortalecimento da imunidade

Uma das principais características do araçá é ser um fruto rico em antioxidantes e vitamina C, atuando diretamente no fortalecimento da imunidade e ajudando a prevenir as mais diferentes doenças, sobretudo aquelas que causam inflamações.

Outro ponto a assinalar é que o araçá é um fruto antimicrobiano, trazendo benefícios ao sistema imunológico e fortalecendo o corpo humano. A isso ascresce que por conta da vitamina C, o araçá pode também auxiliar no tratamento de doenças infeciosas, como por exemplo as gripes.

3. Melhora do trato intestinal

As fibras são um dos elementos em abundância do araçá, e por isso, este fruto ajuda a acelerar e tratar o funcionamento intestinal. Graças às suas fibras, o araçá ajuda a tratar a prisão de ventre, ajudando também na sensação de saciedade, auxiliando aqueles que querem emagrecer e “reeducar-se” em termos alimentares.

4. Melhora o estado da pele

Ainda pela presença de vitamina C, o araçá auxilia a pele no combate às rugas e às linhas de expressão. Através dessa vitamina, o fruto elimina a ação dos radicais livres (moléculas liberatadas pelo metabolismo do corpo), causadores de envelhecimento da pele.

5. Alívio do stress e da ansiedade

O araçá contém muitas propriedades calmantes, que ajudam a aliviar o mal causado pelo stress, pela ansiedade e pela depressão. Além disso, o araçá traz uma sensação de vitalidade e disposição, combatendo os sintomas de cansaço e fadiga.

6. Outros benefícios

Além de todos os benefícios previamente referidos, o araçá ajuda também a tratar outras doenças, tais quais o escorbuto (falta de vitamina C), o excesso de ácido úrico, inflamações, retenção de líquidos, entre outros.

Como pode o araçá ser consumido?

Assim como a maioria das frutas, o araçá pode ser consumido de diversas formas, desde ser consumido no seu estado puro, até se utilizado na confeção de compotas, geleias, doces, gelados e sumos.

Como poderá ter constatado no presente artigo, o araçá é um fruto rico que pode trazer inúmeros benefícios para sua saúde. Por ser uma fruta nativa de outro país, encontrar araçá não é propriamente uma tarefa fácil, não obstante, existem alguns mercados em Portugal onde é comercializado. Caso contrário, poderá sempre comprar sementes de araçazeiro e fazer a sua própria plantação.

Esperamos que este artigo lhe tenha sido útil para compreender os benéficios do araçá! Se ainda não o provou, talvez esteja na altura!

A redação do trabalhador.pt